DESIGUALDADE DE GÊNERO
27 pág.

DESIGUALDADE DE GÊNERO

Pré-visualização9 páginas
do processo de 
ensino e aprendizagem dos estudantes e do próp rio professor [\u2026] Considerando o texto e 
os conteúdos abordados no livro da disciplina, acerca da relação entre a educação e o 
processo de socialização: 
(V) É p or meio da educação que as construções cultu rais e políticas são repassadas a os 
sujeitos. 
(V) A ed ucação é responsável também pelo desenvolvimento social e construção da 
cidadania. 
(F) Transmissão d e conhecimento e formação par ao trabalho são os dois eixos que a 
educação deve promover aos sujeitos. 
(V) O respe ito pelas dimensões locais, regionais e globa is de u ma sociedade são 
transmitidas, pela educação, além do processo efetivo de convívio social. 
Agora, marque a sequência correta: 
I. F \u2013 F \u2013 V \u2013 V 
II. F \u2013 V \u2013 F \u2013 V 
III. V \u2013 F \u2013 V \u2013 F 
IV. V \u2013 V \u2013 F \u2013 V Você acertou! (p. 38) 
 
 
Q/52 \u201cWeber já enfatizava a importância do sentimento (de pertencimento) nas 
representações sobre a comun idade nacional e a comunidade étnica, usando a noção de 
vida em comum, de habitus.\u201d 
Se é correto afirmar que a identidade étnica só se define em relação ao outro, é co rreto 
afirmar também que: 
I. Quanto m ais isolado de terminado grupo étnico, maior será a ciência que possui de suas 
particularidades. 
II. Quanto maior o contato entre grupos étnicos, maior a necessidade de estabelecimento de fronteiras identitárias para preservação de suas particularidades culturais. Você 
acertou! (p. 119) 
III. A existência de u ma ide ntidade cu ltural é um processo ligado a natureza de um povo e 
não a sua cultura. 
IV. Sociedades estratificadas geram grupos étnicos diferentes em seu interior. 
V. Sentimento de pertencimento e identidade construída a partir da diferença em relação a 
outros grupos étnicos são formas contraditórias de explicar a identidade étnica. 
 
 
Q/53 \u201cDesde o início de sua carreira, Agassiz buscava enc on trar o plano de criação do 
mundo a partir d as ob servações sobre a distribuição dos peixes nos mares e rios, 
inclusive os pe ixes fósseis. Um grand e problema para os n ão -evolucionistas da é poca era 
explicar por que os anima is fó sseis são diferentes dos atu ais. (...) Deus teria recriado 
várias vezes os animais e plantas.\u201d Além de teorias que contestavam a evolução das 
espécies, Louis Agassiz era também um representante da escola etnológica -biológica na 
explicação das \u201craças\u201d. Assinale a f rase que contém uma ide ia correspondente com o 
pensamento desta escola: 
 
I. A mistura das raças poderia gerar um homem superior. 
II. O mulato seria o vetor de uma civilização melhorada geneticamente. 
III. Os traços físicos determinam a moral dos indivíduos. Você acertou! (p. 102-103.) 
IV. Não acreditava-se na superioridade da \u201craça\u201d branca. 
V. O Brasil seria o grande exemplo de sociedade que caminha para a perfeição racial. 
 
 
Q/54 \u201c(...) a maioria das estudiosas e estudiosos considera que a sexualidade supõe ou 
implica mais do que corpos, que nela e stão envolvidos fantasias, valores, linguagens, 
rituais, comportamentos, representações mobilizados ou postos em ação para expressar 
desejos e prazeres.\u201d Os estudos sob re a sexualidade tiveram um impulso no Brasil a partir 
de um fato específico. Qual foi este fato? 
I. O aparecimento dos primeiros casais homossexuais. 
II. A epidemia de Aids. Você acertou! (P. 89) 
III. O surgimento da pílula anticoncepcional. 
IV. A aprovação da lei que permitiu o divórcio. 
V. A proliferação da prostituição. 
 
 
Q/55 \u201cO foco Qu eer na heteronormatividade nã o e quivale a uma defesa de sujeitos não -
heterossexuais, po is ele é, an tes de m ais nada, definidor d o empreend imento 
desconstrutivista dessa corrente teórica com relação à ordem social e os pressupostos 
que emba sam toda uma visão de mundo, prática s e a té m esmo uma ep istemologia.\u201d A 
teoria Queer, como exemplo de construtivismo, está entre aquelas que a partir d os anos 
90, apresentam como novidade na discussão de gênero a ideia de que \u2026 
 
I. As mulheres são dominadas pelo homem. 
II. Mesmo a noção de sexos (masculino e feminino) é socialmente construída e não um dado biológico neutro e verdadeiro por si só. Você acertou (p. 59). 
III. O homem ocupa os espaços públicos da sociedade mais do que a mulher 
IV. Existe machismo na sociedade. 
V. Homens e mulheres são socializados de maneira diferente na sociedade
Q/56 (Caetano Veloso e Gilberto Gil \u2013 Haiti) A Letra de Haiti nos f ala sobre a 
desigualdade racia l, que é um tipo de desigualdade social. Sobre as caracterís ticas 
básicas das desigualdades sociais relacione os termos a seguir às suas características : 
(1) Desigualdade como fenômeno social 
(2) Desigualdade como fenômeno onipresente 
(3) Desigualdade como fenômeno de diferentes configurações 
(4) Desigualdade como fenômeno que influencia condições de vida 
 
(4) Potencializa conflitos entre pessoas e coletividades. 
(2) Está presente em todas as sociedades humanas. 
(1) Não têm origem em condições biológicas e naturais. 
(3) Muda de forma e conteúdo no espaço e no tempo. 
A ordem correta é: 
I. 2 \u2013 4 \u2013 3 \u2013 1 
II. 3 \u2013 2 \u2013 4 \u2013 1 
III. 4 \u2013 2 - 3 \u2013 1 
IV. 1 \u2013 3 \u2013 2 - 4 
V. 4 \u2013 2 \u2013 1 \u2013 3 (P 15) 
 
 
Q/57 \u201cDesde o f im do século XVIII, a na tureza feminina era asso ciada gradativamente aos 
órgãos reprodutivos. E ssa associação referendava o discurso médico e de au toridades 
acerca das limitações dos papéis das mulheres\u201d. A Mulher sempre teve seu lugar no 
mundo marcad a pela m aternidade e a reprodução. As m udanças nesta área significaram 
também uma mudança no lugar da mulher na sociedade. S obre a relação e ntre o avanço 
tecnológico no campo da reprodução e contracepção e a questão de gênero: 
 
 
I. As tecnologias de contracepção tiraram o poder da mulher de comandar seu próp rio 
corpo. 
II. As tecnologias de reprodu ção contribuíram para a submissão das mulheres aos 
homens. 
III. Mesmo com a s tecnologias a atividade sexual ainda é insubstituível ao menos para a 
reprodução. 
IV. As técnicas contraceptivas d eram à mulhe r a chance de controlar o momento deengravidarem, en quanto as técnicas reprodutivas possibilitaram que as mulheres façam isto sem o intercurso sexual. 
V. Essas técn icas, para e vitar e para ter f ilhos, diminuíram o papel da mulhe r na 
sociedade. 
 
 
Q/58 \u201c[...] o sistema de classes con stitui u ma hierarquia, podendo -se considerá-lo, como 
já sugerido inicialmente, uma forma h istórico-social de estratificação, distinta de outros 
tipos de estruturação societária (estamentos e castas).\u201d 
Relacione os sistemas de estratificação com suas características: 
(1) Escravidão 
(2) Casta 
 (3) Estamento 
(4) Classe Social 
 
(4) Corresponde à organização social do capitalismo. 
(3) Relaciona-se ao período do feudalismo europeu. 
(1) O estrato superior é composto por proprietários de outros indivíduos, os quais formam 
a força de trabalho. 
(2) Estratificação pela pureza étnica. 
A sequência correta da ordenação é: 
I. 1 \u2013 3 \u2013 2 - 4 
II. 3 \u2013 1 \u2013 4 - 2 
III. 4 \u2013 2 \u2013 1 \u2013 3 
IV. 2 \u2013 4 \u2013 3 \u2013 1 
V. 4 \u2013 3 \u2013 1 \u2013 2 (p. 30 e 31) 
 
 
Q/59 \u201cNos Estados Unidos da América a ação afirmativa surgiu após a Segunda Guerra 
Mundial no bojo do W elfare State (Estado de Bem -Estar Social) cuja orientação 
privilegiava a atuação d o Estado enquanto interventor na organização socioeconômica da 
sociedade.\u201d 
Sobre as po
Samuel
Samuel fez um comentário
Nossa nós salvou esse material
0 aprovações
Carregar mais