A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
2 pág.
AVALIANDO APRENDIZADO GESTAO DA QUALIDADE

Pré-visualização | Página 1 de 1

CAMYLLA RIBEIRO ROCHA201307398561       PARANGABA Voltar  
 
    GESTÃO DA QUALIDADE
Simulado: GST0134_SM_201307398561 V.1 
Aluno(a): CAMYLLA RIBEIRO ROCHA Matrícula: 201307398561
Desempenho: 0,4 de 0,5 Data: 13/04/2017 17:45:42 (Finalizada)
 
  1a Questão (Ref.: 201307483798) Pontos: 0,1  / 0,1
Com a necessidade de aumento na competitividade das empresas, face ao crescimento da competição no
mercado, muitas empresas adotaram a estratégia da horizontalização, entendido como:
  A estratégia de comprar de terceiros o maior número de itens que constituam o produto final ou
serviços que necessite.
A estratégia de comprar de terceiros o maior número de itens que constituem os serviços mantendo a
produção de todo o processo de transformação.
A estratégia de garantir a produtividade pela delegação das partes essenciais da produção de bens
mantendo a dos serviços.
A estratégia de garantir a produtividade por meio da concessão de serviços a terceiros e manutenção de
todas as atividades de transformação.
A estratégia de comprar de terceiros os insumos críticos e produzir apenas os insumos complementares
mantendo o controle do processo.
 
  2a Questão (Ref.: 201307704870) Pontos: 0,1  / 0,1
3. A aplicação da metodologia Kaizen  tem sido uma  ferramenta  importante na  identificação de oportunidades
para  eliminar  os  desperdícios, melhorar  a  produtividade  e  a  qualidade  dos  processos  este  objetivo  principal
indica:
a) reduzir a mão de obra no chão de fábrica.
  b) reduzir o estoque do setor de matérias.
d) reduzir o número de compras com os fornecedores.
c) reduzir as despesas com o transporte de mercadorias.
 
  3a Questão (Ref.: 201307511961) Pontos: 0,1  / 0,1
A Gestão da Qualidade Total (GQT) é uma opção para a reorientação gerencial das organizações. Tem como
pontos básicos:
foco no concorrente; trabalho em equipe permeando toda a organização; decisões baseadas em fatos e
boatos; e a busca constante da solução de problemas e da diminuição de erros.
foco no cliente; trabalho em equipe permeando toda a organização; decisões baseadas em boatos; e a
busca constante da solução de problemas e da diminuição de erros.
foco no concorrente; trabalho individual permeando toda a organização; decisões baseadas em fatos e
dados; e a busca constante da solução de problemas e da diminuição de erros.
  foco no cliente; trabalho em equipe permeando toda a organização; decisões baseadas em fatos e
dados; e a busca constante da solução de problemas e da diminuição de erros.
foco no cliente; trabalho em equipe permeando toda a organização; decisões baseadas em opiniões; e a
busca constante por problemas e da diminuição de erros.
 
  4a Questão (Ref.: 201307483368) Pontos: 0,0  / 0,1
Garvin classificou a qualidade em cinco abordagens distintas, quais sejam: transcendental, baseada no produto,
baseada no usuário, baseada na produção e baseada no valor. Considerando a abordagem transcendental, que
é a qualidade inata, pode­se considerar, dentro dessa categoria, que a qualidade é:
I ­ É uma variável subjetiva
II ­ É uma variável precisa e mensurável
III ­ É sinônimo de excelência inata
IV ­ É absoluta e universalmente reconhecível
Estão corretas APENAS as afirmativas:
  I e III
I, III e IV
I, II, e III
II, III E IV
  III e IV
 
  5a Questão (Ref.: 201307510581) Pontos: 0,1  / 0,1
A qualidade e estatística está uma para outra assim como o queijo para a goiabada em Minas. Pensar em
qualidade significa pensar estatisticamente em controle de fenômenos que afetem a manutenção de padrão
implantado, sendo, portanto, necessário um estudo distribuído da seguinte forma:
  Definir o problema ou oportunidade; planejamento; coleta de dados; apuração e apresentação dos
dados; análise e interpretação dos dados;
Definir os funcionários envolvidos; planejamento; coleta das informações; análise e interpretação das
decisões;
Decidir estatisticamente os operários mais faltosos; estabelecer ações corretivas e punitivas;
desenvolver ações motivacionais; aumentar o nível de controle pessoal;
Definir o problema; controle do pessoal; coleta de dados; apuração e apresentação dos dados; análise e
interpretação da tomada de decisão dos membros;
Decidir as principais mudanças; estabelecer os métodos de avaliação dos operários; levantar dados
sobre a participação de cada operário; punir os faltosos;