A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
16 pág.
Aulão Prova MBI 100 Prova 3

Pré-visualização | Página 3 de 4

rutura da membrana ou da parede celular; antagonismo químico: ocorre quando um antagonista com afinidade química combina-se com uma enzima de determinado microrganismo, impedindo o desenvolvimento da reação apropriada
- Metodos de controle microbianos: Fisicos (T, radiação, filtração, desidratação), Químicos desinfetantes e antissepticos, conservantes, quimioterápicos (agentes químicos,)
- Calor: Umido (desnaturação de proteínas) pasteurização, fervura, autoclave
- Calor seco (fluidez de membrana, oxidação de compostos orgânicos) estufa e incineração. 
- Tratamento térmico: Importante Tempo X Temperatura. Pasteurização lenta (63º, 30min) e rápida (72º, 15 s).
-Radiação ionizante: raios gama, X, ionização de moleculas com formação de radicais reativos, alta energia. Ex: equipamentos cirurgicos, descartaveis plasticos, drogas e vacinas.
- Radiação não ionizante: Luz UV, baixo poder de penetração. Excitação dos eletrons. Ex: esterilização de superficies e ar.
- filtração: remoção dos micro. Ex: estações tratamento agua.
-Inibição de crescimento: T baixa e desidratação
Temperaturas baixas- refrigeração e congelamento. Redução ou paralização da atividade biológica
Desidratação ou Dessecação: Princípio: redução da água disponível • Métodos: Secagem ou adição de sal ou açúcar • Liofilização: desidratação rápida sob baixa temperatura e vácuo
Endosporos: Estrutura de resistência melanisada, temperatura não consegue afetar as estruturas internas, pq estão protegidos.
-Microbiocida ou microbiostáticos (Bacteriostáticos e Bacteriocida)
Agente quimico antimicrobiano, caracteristicas ideais: amplo espectro em baixas concentrações, toxicidade seletiva, solubilidade, estabilidade, poder de penetração, eficiência (amplo espectro de ação), estabilidade, homogeneidade, perde minima de atividade.
- Agentes antimicrobianos utilizados in vivo • Conceito: Agentes microbicidas ou microbiostáticos de utilidade clínica que devem reduzir ou impedir o crescimento microbiano, sem causar qualquer dano à célula hospedeira. • Principal propriedade: toxicidade seletiva, isto é, ser tóxico para o patógeno e não afetar o hospedeiro. • Podem ser agentes quimioterápicos sintéticos ou naturais (antibióticos). 
- antibióticos São compostos químicos produzidos por micro‐organismos (fungos e bactérias) que inibem ou matam outros micro‐organismos.
(cuidado com a resistência com o uso excessivo)
- Resistência às drogas antimicrobianas
• Práticas humanas que resultam na seleção de micro‐organismos resistentes
a antibióticos: – Uso extensivo e errôneo de antibióticos – Uso de antibióticos na nutrição animal • Soluções: – Uso racional de antibióticos no ambiente hospitalar, na prática médica e na nutrição animal – Desenvolvimento de novas drogas e terapias alternativas.
Assinale V ou F sobre o controle microbiano
(F	 ) Cladogramas são usados para identificação de microrganismos
(F	 )o RNA ribossomal é um dos melhores cronometros evolutivos pois apresentam regioes com taxas de evolução constantes
(F	 ) radiações não ionizantes (UV) podem ser empregadas para esterilização de vacinas, plastico
(F	 ) os metodos de pasteurização lenta (63º, 30 min) e rápida (71,8º, 15 seg) não apresentam tratamento equivalente, pois tem mesmo efeito em tempos e temperatura diferentes. 
(F	 ) A microbiota normal de uma animal exerce através do comensalismo proteção contra patogenos.
(F	 ) os antibióticos são produzidos por síntese química e tem toxidade-seletiva.
(V	 ) a facilidade de troca de material genético em bactérias pelos processos de conjugação, transformação e transdução explica o aumento de patogenos mutiresistentes a drogas.
(V	 ) o grafico de efeito bactericida sobre cultura bacteriana em crescimento exponencial mostra uma diferença entre o numero de células viáveis em relação ao numero de células totais apos aplicação do agente.
(V	 ) pelo fato de os virus animais utilizarem as vias metabolicas e estruturas da celula hospedeira, as drogas antivirais são geralmente toxicas para celulas eucarioticas tipicas
(V	 ) camaras de oxido de etileno são utilizadas para esterilização a frio de equipamento Cirurgico e materiais de plastico descartáveis
(V	 ) metais pesados como prata e mercurio apesar de ter ação microbiana, tem seu usos limitado por não apresentar toxicidade seletiva não resultam na esterilização, pois os Microrganismos presentes nos materiais mantem viabilidade.
(V	 ) a refrigeração e a desidratação são metodos qu não resultam na esterilização pois os MO presentes nos materiais mantem viabilidade.
Marreta
Porque penicilinas apresentam toxicidade seletiva? Pq agem inibindo a sintese do peptideoglicano que não é encontrado nas células hospedeiras (eucariotos).
Porque o espectro de ação dos antibioticos que inibem sintese do peptideoglicano pode ser considerado menor comparado com antibioticos inibidores da sintese proteica? Pq no primeiro caso agem sobre bacterias gram positivas devido a maior quantidade de peptideoglicano na parede celular e não sobre gram negativas que o peptideoglicano constitui 10-20% da parede. Os antibioticos inibidores de sintese proteica agem tanto sobre gram positivas como negativas pois atuam sobre a sintese proteica, que é comum aos 2 tipos de bacterias.
A microbiota normal de humanos exerce função de proteção contra a infecção por patogenos? Sim, por exemplo, o pH ácido do estomago já mata várias bacterias.
Cite 4 mecanismos de ação de agentes microbianos: 1- inibição da sintese de parede celular. 2- inibição da enzima DNA girase bacteriana. 3- analogo do substrato de via biossintetica de uma vitamina. 4- inibição da sintese proteica por interação com os ribossomos.
Pq importante manter a carga microbiana baixa num alimento antes do tratamento para controle? Para que consgiga eliminar a pop, que o agente tenha efeito em toda população, Exponencial.
Aula 15- Mecanismos microbianos de patogenicidade
- Microbiota normal: micro que estabelecem residencia mais ou menos permanente, isto é, colonizam pele ou mucosas mas que não produzem doença em condições normais.
- Relação entre a microbiota normal e o hospedeiro: antagonismo (proteção do hospedeiro por competição entre os microrganismos ou antibiose.
-comensalismo: é uma das relações entre organismos de espécies diferentes que se caracteriza por ser benéfica para uma espécie, não causando prejuízo para a outra espécie.O conceito estendeu-se para qualquer relação para além da estritamente alimentar (por exemplo, de proteção ou de transporte), na qual uma espécie se beneficia sem prejudicar a outra, sendo assim consideradas uma relação harmônica
- Sinergismo: sintrofismo, as duas espécies são beneficiadas. Ex: bacterias e ruminamtes
-parasitismo: doenças, interação negativa.
- Postulados de Kock: requerimentos experimentais para determinação da etiologia das doenças infecciosas.
Associação entre o patógeno e o hospedeiro>> Isolamento em cultura pura>> reinoculação no hospedeiro >>> observação dos mesmos sintomas
Etapas da infecção: Exposição> Aderencia > Penetração> Colonização e crescimento> Toxicidade> Danos
- Aderencia:mediada por adesinas ou ligantes localizadas em estruturas da superfície da célula (glicocálice, cápsula, fímbrias etc.). Principais fatores de patogenicidade envolvidos na penetração e evasão das defesas do hospedeiro: capsulas, componentes da parede celular e enzimas.
-Toxinas: Exotoxinas (produto do metabolismo, excretada, produzidas no interior de gram positivas como parte de seu crescimento e metabolismo e liberadas no meio circundante.) Ex: citoxinas, neurotoxinas, enterotoxinas.
 Endotoxinas (faz parte da estrutura da bacteria, parte da porção externa da parede celular ou do lipideo A de gram negativas. As endotoxinas são liberadas quando a bacteria morre ou a parede celular se rompe. Podem ser liberadas pela ação de células fagocitárias e antibióticos bacterioliticos. Ex: causa febre, fraqueza e até morte.
 
- plasmideos: