ED - TEORIA GERAL DO DIREITO CIVIL 2° Semestre UNIP
6 pág.

ED - TEORIA GERAL DO DIREITO CIVIL 2° Semestre UNIP


DisciplinaDireito Civil I57.217 materiais646.879 seguidores
Pré-visualização2 páginas
Conteúdo 2 
 
1. C - Esta é a alternativa correta, pois "direito" é realmente um termo com 
muitos significados, e de acordo com o conteúdo apresentado, este 
termo pode ser entendido como lei, ciência, justiça, faculdade e entre 
outros, dependendo da forma que for colocado em questão. 
 
2. A - Esta alternativa é a correta, afirmando que as duas afirmações são 
verídicas e que se justificam. As normas tem sempre uma sanção, 
mesmo não sendo jurídicas, pois de certa forma as sanções garantem 
que as normas sejam cumpridas, por causar no ser humano uma 
espécie de receio de ter que sofrer uma punição e por este motivo e 
para certificar a ordem e a paz que as frases se justificam. 
 
 
3. D - Esta é a alternativa correta, pois de acordo com o conteúdo 
apresentado a "norma agendi" é um termo usado pelo direito objetivo 
para embasar o vinculo da norma com uma sanção, a fim de obter o 
cumprimento da mesma. 
 
4. A - é a Alternativa Correta, pois as normas Coagentes são aquelas que 
interessam a sociedade e não apenas o indivíduo, e o regime de bens 
de um casamento só é de interesse das partes. 
 
5. D - Todas as afirmativas descrevem corretamente o que é e quais são 
as diferenças entre Direito Público e Direito Privado, de acordo com o 
conteúdo estudado em sala e apresentado pela disciplina. 
 
6. C- O Direito do trabalho não é um sub-ramo do direito público, pois ele 
cuida da relação empregado-empregador, que não é de interesse social 
e sim de cada indivíduo envolvido. 
 
Conteúdo 3 
 
1. C - Como explicado no Art. 2° do Código Civil, o nascituro, mesmo ainda 
não nascido, ele tem seus direitos resguardos, e os direitos 
extrapatrimoniais e materiais são exemplos dessas garantias. 
 
2. A - Esta afirmativa esta explícita no Art. 1° do C.C: "Art. 1° Toda pessoa 
é capaz de direitos e deveres na ordem civil." 
 
3. D - Pois no Art. 11° do C.C é explicado que os direitos de personalidade 
são intransmissíveis e irrenunciáveis, mesmo que o indivíduo possua 
inúmeras dívidas. 
 
4. A - Esta alternativa é a correta, pois os direitos de personalidades são 
tutelado pelo DIREITO, pelo fato de ser concebido naturalmente ao 
nascer com vida e usufruir eles durante a vida. 
 
5. C - Esta alternativa está incorreta conforme o Art. 2° do C.C, pois os 
direitos e a personalidade jurídica são apenas considerados a partir do 
NASCIMENTO COM VIDA, a exceção é apenas para resguardar alguns 
direitos. 
 
6. C- Esta alternativa é a incorreta, pois de acordo com os Art. 3° e 4° do 
C.C, os que não puderem exprimir sua vontade, ainda que por motivo 
transitório, são RELATIVAMENTE INCAPAZES. 
 
Conteúdo 4 
1. A- De acordo com o Código Civil no ART.5°, o jovem precisa ter 16 
anos para receber emancipação, pois com 18 o indivíduo já possui 
responsabilidade civil, sendo assim inviável uma emancipação. 
 
2. E - De Acordo com Art. 5° do código Civil e o conteúdo estudado as 
alternativas apresentadas são corretas. 
 
3. B - Esta alternativa é a correta, pois segundo o conteúdo, entre 
parentes não há a transferência de bens entre parentes. 
 
4. C - Esta alternativa é a correta, pois e acordo com o Art. 7° o Código 
Civil há a possibilidade e ser declarada morte presumida, SEM a 
decretação de Ausência. 
 
5. B - Pois de acordo com o Código civil, no Art. 6°, o Falecido produz 
efeitos jurídicos sim, através das sucessões. 
 
6. E-Todas as alternativas são verdadeiras de acordo com o 
conteúdo e com o o Art. 5° do Código Civil. 
 
 
Conteúdo 5 
 
1. B - Esta alternativa é a correta, simplesmente por ter sua base no 
Art. 1° do Código Civil que dita: 
 
"Art. 1°: Toda pessoa é capaz de direitos e 
deveres na ordem civil." 
 
2. E - Esta alternativa é a correta, pois no Art. 62 do Código Civil, se 
encontra todas essas afirmações em seu Caput e em seus incisos. 
 
3. D - Esta é a incorreta, pois, a existência factual da pessoa jurídica se 
dá pelo inicio de suas atividades, segundo artigo 
 
4. C - Conforme o Art. 45 do Código civil, esta alternativa se confirma, 
pois só existe pessoa Jurídica se ela estiver registrada e possuir uma 
identificação, como por exemplo CNPJ. 
 
5. B - Esta alternativa é a correta, pois o Art. 46, inciso II do Código 
Civil, os representantes estarão inseridos no ato Registro. 
 
6. E - De acordo com o Conteúdo apresentado, esta é a alternativa 
correta. 
 
Conteúdo 6 
 
 
1- Alternativa C - A proposição III está incorreta, pois domicílio é o lugar 
onde a pessoa estabelece a sua residência com ânimo definitivo. 
 
2- Alternativa B - Domicílio do incapaz \u2013 é o do seu representante ou 
assistente. 
 
3- Alternativa A - a Lei permite a pluralidade de domicílio, bastando que a 
pessoa tenha várias residências onde alternadamente viva - art. 71, CC. 
 
4- Alternativa B - Está incorreta, pois se tratando da vontade do indivíduo 
não pode ser enquadrado, pois no caso do domicílio do preso (o lugar 
onde se encontra cumprindo sentença) ele não escolheu por vontade 
própria, e sim sofreu uma consequência de seus atos. 
 
5- Alternativa C - Está correta, pois como no caso de um agente 
diplomático brasileiro seja citado no estrangeiro e alegue 
extraterritorialidade sem designar onde tem domicílio, será demandado 
no Distrito Federal ou no último ponto do território brasileiro onde teve o 
seu domicílio. \u2013 art. 77, CC. 
 
6- Alternativa D - Todas as outras alternativas o indivíduo, que acionaria a 
união, poderia optar, a não ser o Município, de acordo com Art. 109, §2º, 
CF/88. 
 
Conteúdo 7 
 
1- Alternativa A - As duas afirmações são corretas, e a segunda 
completa a primeira, sendo assim justificada. 
 
2- Alternativa B - A proposição III está incorreta, pois A classificação 
visa compreender uma instituição jurídica, agrupando as várias 
espécies de um gênero, para aproximar as que apresentem um 
elemento comum, afastando as que não o apresentem. A inclusão de 
um bem em determinada categoria implica a aplicação de regras 
próprias e específicas, considerando que não se podem aplicar as 
mesmas regras a todos os bens. 
 
3- Alternativa C - Os bens fungíveis são todos aqueles que podem ser 
substituídos por outros de mesmo gênero ou espécie, quantidade e 
qualidade, conforme o disposto no artigo 85 do Novo Código Civil. 
 
4- E - Bens são coisas, mas nem todas as coisas são bens, e coisas 
podem ser objetos incorpóreos também, portanto, ambas as 
preposições estão incorretas. 
 
5- Alternativa C - São os únicos que são classificados no Código Civil. 
 
6- Alternativa A - A III está incorreta, porque tanto um quanto o outro 
integram o patrimônio da pessoa. 
 
 
Conteúdo 8 
 
1- Alternativa B - Bens imóveis por acessão artificial, industrial ou física \u2013 
art.1253 ao 1259, CC Considerando que acessão significa justaposição 
ou aderência de uma coisa a outra, acessão artificial é aquela produzida 
pelo trabalho do homem, ou seja, tudo o que for incorporado 
permanentemente ao solo, como a semente lançada a terra, os edifícios 
e as construções, de modo que não se possa retirar sem destruição, 
modificação, fratura ou dano. 
 
2- Alternativa B - O art. 1226, CC dispõe que a propriedade do solo 
abrange a do espaço aéreo e subsolo correspondente, em altura e 
profundidade, úteis ao seu exercício, não podendo o proprietário opor-se 
a atividades que sejam realizadas, por terceiros, a uma altura ou 
profundidade tais, que não tenha ele interesse legítimo algum em 
impedi-las. 
 
3- Alternativa D - É fácil perceber que a pertença é coisa acessória que, 
apesar de estar a serviço da coisa principal, tem existência 
independente. 
 
4- Alternativa A - Materiais que ainda não
Julia
Julia fez um comentário
Me ajudou bastante! Obrigada!
0 aprovações
Carregar mais