Rousseau - Ensaio sobre a origem das Línguas
47 pág.

Rousseau - Ensaio sobre a origem das Línguas


DisciplinaFilosofia Contemporânea259 materiais2.086 seguidores
Pré-visualização22 páginas
OS PENSADORES )!AN. ACQ1111/ ~MIAU
LIVRO SEGUNDO
CAPÍTULO I \u2014
CAPÍTULO II \u2014
CAPÍTULO III \u2014
CAPÍTULO IV
CAPÍTULO V \u2014
CAPÍTULO VI
CAPÍTULO VII
CAPÍTULO VIII
CAPÍTULO IX \u2014
CAPÍTULO X \u2014
CAPÍTULO XI 
legislação
CAPÍTULO XII
LIVRO QUARTO
85	 CAPÍTULO I \u2014 De como a vontade geral e
87	 indestrutível 	 199
91	 CAPÍTULO II \u2014 Dos sufrágios 	 203
95	 CAPÍTULO III \u2014 Das eleições 	 207
101	 CAPÍTULO IV \u2014 Dos comícios romanos 	 211
105	 CAPÍTULO V Do tribuna to 	 221
109	 CAPÍTULO VI Da ditadura 	 225
115	 CAPÍTULO VII Da censura 	 229
119	 CAPÍTULO VIII Da religião civil 	 233
123	 CAPÍTULO IX Conclusão 	 243
A soberania é inalienável 	
A soberania é indivisível 	
Se pode errar a vontade geral
\u2014 Dos limites do poder soberano
	
Do direito de vida e de morte 	
\u2014 Da lei 	
\u2014 Do legislador 	
\u2014 Do povo 	
Continuação 	
Continuação 	
Dos vários sistemas de
	 127
\u2014 Divisão das leis 	 131
LIVRO TERCEIRO
CAPÍTULO I \u2014 Do governo geral 	 135
CAPÍTULO II \u2014 Do princípio que constitui as várias
formas de governo 	 143
CAPITULO III \u2014 Divisão dos governos 	 147
CAPÍTULO IV \u2014 Da democracia 	 149
CAPÍTULO V \u2014 Da aristocracia 	 153
CAPÍTULO VI \u2014 Da monarquia 	 157
CAPÍTULO VII \u2014 Dos governos mistos 	 163
CAPÍTULO VIII \u2014 Que qualquer forma de governo
não convém a qualquer país 	
CAPÍTULO IX \u2014 Indícios de um bom governo 	
CAPÍTULO X \u2014 Dos abusos do governo e de sua
tendência a degenerar 	
CAPÍTULO XI \u2014 Da morte do corpo político 	
CAPÍTULO XII \u2014 Como se mantém a autoridade
soberana 	
CAPÍTULO XIII \u2014 Continuação 	
CAPÍTULO XIV \u2014 Continuação 	
CAPÍTULO XV \u2014 Dos deputados ou representantes 	
CAPÍTULO XVI \u2014 De como a instituição do governo
não é de modo algum um contrato 	
CAPÍTULO XVII \u2014 Da instituição do governo 	
CAPÍTULO XVIII \u2014 Meio de prevenir as usurpações
do governo 	
ENSAIO SOBRE A ORIGEM DAS LÍNGUAS
Introdução 	 247
1.Circunstâncias da composição 	 247
2.Fontes e influências 	 249
3.Resenha analítica 	 251
A. Origem da linguagem 	 251
B. Diferenciação das línguas 	 253
C.A questão da música 	 254
D. O capítulo final 	 255
ENSAIO SOBRE A ORIGEM DAS LÍNGUAS
165	 NO QUAL SE FALA DA MELODIA
171	 E DA IMITAÇÃO MUSICAL
CAPÍTULO I \u2014 Dos vários meios de comunicar nossos
173	 pensamentos 	 259
177	 CAPÍTULO II \u2014 De como a primeira invenção das
palavras não vem das necessidades, mas das
179	 paixões 	 265
181	 CAPÍTULO III \u2014 De como a primeira linguagem teve
183	 de ser figurada 	 267
185	 CAPÍTULO IV \u2014 Dos caracteres distintivos da primeira
língua e das mudanças que teve de sofrer 	 269
191	 CAPÍTULO V \u2014 Da escrita 	 273
193	 CAPÍTULO VI \u2014 Se é provável que Homero soubesse
escrever 	 279
195	 CAPÍTULO VII \u2014 Da prosódia moderna 	 281
- 335 -
OS PENSADORES
CAPÍTULO VIII \u2014 Diferenças geral e local na origem
das línguas 	 285
CAPÍTULO IX \u2014 Formação das línguas meridionais 	 287
CAPÍTULO X \u2014 Formação das línguas do norte 	 299
CAPÍTULO XI \u2014 Reflexões sobre essas diferenças 	 301
CAPÍTULO XII \u2014 Origem e relações da música 	 303
CAPÍTULO XIII \u2014 Da melodia 	 307
CAPÍTULO XIV \u2014 Da harmonia 	 311
CAPÍTULO XV \u2014 De como nossas mais vivas sensações
freqüentemente agem por meio de impressões
morais 	 315
CAPÍTULO XVI \u2014 Falsa analogia entre as cores
e os sons 	 319
CAPÍTULO XVII \u2014 Erro dos músicos, prejudicial à
sua arte 	 323
CAPÍTULO XVIII \u2014 De como o sistema musical
dos gregos não possuía relação alguma com
o nosso 	 325
CAPÍTULO XIX \u2014 Como degenerou a música 	 327
CAPÍTULO XX \u2014 Relação entre as línguas e o
governo 	 331
	Page 1
	Page 2
	Page 3
	Page 4
	Page 5
	Page 6
	Page 7
	Page 8
	Page 9
	Page 10
	Page 11
	Page 12
	Page 13
	Page 14
	Page 15
	Page 16
	Page 17
	Page 18
	Page 19
	Page 20
	Page 21
	Page 22
	Page 23
	Page 24
	Page 25
	Page 26
	Page 27
	Page 28
	Page 29
	Page 30
	Page 31
	Page 32
	Page 33
	Page 34
	Page 35
	Page 36
	Page 37
	Page 38
	Page 39
	Page 40
	Page 41
	Page 42
	Page 43
	Page 44
	Page 45
	Page 46
	Page 47