BIZELLI, José Luis   Inovação   limites e possibilidades para aprender na era do conhecimento

BIZELLI, José Luis Inovação limites e possibilidades para aprender na era do conhecimento


DisciplinaInovação328 materiais1.328 seguidores
Pré-visualização48 páginas
6 jan. 2011.
______. Decreto n.4.901, de 26 de novembro de 2003. Institui o 
Sistema Brasileiro de Televisão Digital e dá outras providên-
cias. Diário Oficial da União, Brasília, n.231, p.7, 27 nov. 2003. 
Seção 1. Disponível em: <https://www.planalto.gov.br/cci-
vil_03/decreto/2003/D4901.htm>. Acesso em: 6 jan. 2011.
______. Lei Complementar número 101, de 4 de maio de 2000. Es-
tabelece normas de finanças públicas voltadas para a responsa-
bilidade na gestão fiscal e dá outras providências.Diário Oficial 
da União, Brasília, n.86-E, p.1, 5 maio 2000a. Seção 1. Dispo-
180 JOSÉ LUIS BIZELLI
nível em: <http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/LCP/
Lcp101.htm>. Acesso em: 6 jan. 2011.
______. Lei n.10.098, de 19 de dezembro de 2000. Estabelece nor-
mas gerais e critérios básicos para a promoção da acessibilidade 
das pessoas portadoras de deficiência ou com mobilidade redu-
zida, e dá outras providências. Diário Oficial da União, Brasília, 
n.244-E, p.2, 20 dez. 2000b. Seção 1. Disponível em: <http://
www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/L10098.htm>. Acesso 
em: 6 jan. 2011.
______. Emenda Constitucional 19, de 4 de junho de 1998. Modi-
fica o regime e dispõe sobre princípios e normas da Administra-
ção Pública, servidores e agentes políticos, controle de despesas 
e finanças públicas e custeio de atividades a cargo do Distri-
to Federal, e dá outras providências. Diário Oficial da União, 
Brasília, n.106-E, p.1, 5 jun. 1998. Seção 1. Disponível em: 
<http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/constituicao/Emen-
das/Emc/emc19.htm>. Acesso em: 6 jan. 2011.
______. Lei n.9.394, de 20 de Dezembro de 1996. Estabelece as 
diretrizes e bases da educação nacional. Diário Oficial da União, 
Brasília, n.248, p.27833, 23 dez. 1996. Seção 1. Disponível em: 
< http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/L9394.htm >. 
Acesso em: 6 jan. 2011.
______. Constituição (1988). Constituição da República Federativa 
do Brasil: promulgada em 5 de outubro de 1988. Brasília, DF, 
Senado, 1998.
BRESSER\u2013PEREIRA, L. C.; GRAU, N. C. (Org.). O público não 
estatal na reforma do Estado. Rio de Janeiro: Ed. FGV, 1999.
BRUCE, C.S. Las siete caras de la alfabetización en información 
en la enseñanza superior. Annales de documentación,Murcia, 
n.6, p.289-294, 2003.
BUCKINGHAM, D. Media education: literacy, learning and con-
temporary culture.Cambridge: Polity Press, 2003.
CALISIR, F.; CALISIR, F. The relation of interface usability cha-
racteristics, perceived usefulness, and perceived ease of use to 
end-user satisfaction with enterprise resource planning (ERP) 
INOVAÇÃO 181
systems. Computers in Human Behavior, Amsterdam, v.20, n.4, 
p.505-515, 2004.
CAMUS, A. O mito de Sísifo: ensaio sobre o absurdo. Tradução de 
Ari Roitman e Paulina Watch. Rio de Janeiro: Record, 2010.
______. A peste. Tradução de Ersílio Cardoso. Lisboa: Edição Livros do 
Brasil, [19-].
CASTELLS, M. A sociedade em rede. Tradução de Roneide Venan-
cio Mayer com colaboração de Klauss Brandini Gerhardt. São 
Paulo: Paz e Terra 1999a. (A era da informação: economia, so-
ciedade e cultura, 1).
______. O poder da identidade. Tradução de Klauss Brandini 
Gerhardt. São Paulo: Paz e Terra, 1999b. (A era da informação: 
economia, sociedade e cultura, 2).
______. Fim de milênio. Tradução de Klauss Brandini Gerhardt e 
Roneide Venancio Majer. São Paulo: Paz e Terra, 1999c. (A era 
da informação: economia, sociedade e cultura, 3).
______. Hacia el Estado Red?: Globalizacion economica e institucio-
nes politicas en la era de la información. São Paulo: Ministério da 
Administração Federal e Reforma do Estado, República Federa-
tiva do Brasil, 1998.
CASTORIADIS, C. As encruzilhadas do labirinto. Tradução de 
Carmen Sylvia Guedes e Rosa Maria Boaventura. Revisão téc-
nica de Denis Rosenfield; tradução de Jose Oscar de Almeida 
Marques; revisão técnica de Renato Janine. Rio de Janeiro: Paz 
e Terra, 1987. 2 v.
CASTRO, C. EAD e TV Digital: A coautoria na aprendiza-
gem. In: INSTITUTO EUVALDO LODI. NÚCLEO 
CENTRAL. TV Digital: Qualidade e Interatividade. Bra-
sília: IEL/NC, 2007. p.121-138. Disponível em: <http://
arquivos.portaldaindustria.com.br/app/conteudo_24/201
2/07/06/15/20120706173612130204u.pdf>. Acesso em: 6 
jan. 2011.
CERRONI, U. Otimismo e pessimismo. Disponível em: <http://
www.acessa.com/gramsci/?page=visualizar&id=656>. Acesso 
em: 30 out. 2012. 
182 JOSÉ LUIS BIZELLI
CHAVES, E. C. O. Tecnologia e educação: o futuro da escola na so-
ciedade da informação. Campinas: Mindware, 1999.
CHAVES, E. O. C; SETZER, V. W. O uso de computadores em esco-
las: fundamentos e críticas. São Paulo: Ed. Scipione, 1988.
CHEVITARESE, A. L. Fronteiras internas atenienses no período 
clássico: (re) definindo conceitos e propondo instrumentais teó-
ricos de análise. Phoînix, Rio de Janeiro, ano 10, p.63-76, 2004.
CITELLI, A. Comunicação e educação: a linguagem em movimen-
to. São Paulo: Senac, 2004.
COLANGELO FILHO, L. Implantação de sistemas ERP. São 
Paulo: Atlas, 2001.
COMISIÓN ECONÓMICA PARA AMÉRICA LATINA 
[CEPAL]. La hora de la igualdad: brechas por cerrar, caminos 
por abrir. Santiago: CEPAL, 2010. Disponível em: <http://
www.eclac.cl/publicaciones/xml/0/39710/100604_2010-
114-SES.33-3_La_hora_de_la_igualdad_doc_completo.pdf>. 
Acesso em: 6 jan. 2011.
CONSTANT, B. Da liberdade dos antigos comparada à dos mo-
dernos. In: ZARKA, C. (Org.). Filosofia política. São Paulo: 
L&MP, 1985. p.9-25.
CROCOMO, F. TV Digital e produção interativa: a comunidade 
manda notícias. Florianópolis: Ed.UFSC, 2007. 
DAGNINO, R. et al. Metodologia de análise de políticas públicas. 
Gestão estratégica da inovação: metodologias para análise e im-
plementação. Taubaté: Cabral Universitária, 2002.
DAMÁSIO, M.; QUICO, C. T\u2013Learning and interactive television 
edutainment: the Portuguese case study. In: WORLD CONFE-
RENCE ON EDUCATIONAL MULTIMEDIA, HYPER-
MEDIA AND TELECOMMUNICATIONS, 2004, Chesa-
peak. Proceedings... Chesapeak: Media, 2004. p.4511-4518.
DELEUZE, G.; GUATTARI, F. O anti-édipo: capitalismo e es-
quizofrenia. Tradução de Joana Moraes Varela e Manuel Maria 
Carrilho. Lisboa: Assírio & Alvim, 1972.
DOSI, A.; PRARIO, B.New frontiers of t\u2013learning: the emergen-
ce of interactive. Digital broadcasting learning services in Eu-
INOVAÇÃO 183
rope.In: WORLD CONFERENCE ON EDUCATIONAL 
MULTIMEDIA, HYPERMEDIA AND TELECOMMU-
NICATIONS, 2004, Chesapeak. Proceedings... Chesapeak: 
Media, 2004. p.4831-4836.
DOWBOR, L. Democracia econômica: alternativas de gestão social. 
Petrópolis: Vozes, 2008.
DUPAS, G. A lógica econômica global e a revisão do Welfare Sta-
te: a urgência de um novo pacto social. Estudos avançados, São 
Paulo, v.12, n.33, maio/ago. 1998.p.171-183. Disponível em: 
<http://www.scielo.br/pdf/ea/v12n33/v12n33a13.pdf>. 
Acesso em: 6 maio 2011.
ENGELS, F. A situação da classe trabalhadora na Inglaterra. Tradu-
ção B. A. Schumann. Supervisão, apresentação e notas de José 
Paulo Netto. São Paulo: Boitempo, 2008.
ESPING\u2013ANDERSEN, G.The three worlds of welfare capitalism. 
Princeton: Princeton University Press, 1990.
FARIAS, M. C. Q. O padrão de televisão digital nacional. In: 
ALENCAR, M. S. (Org.). Televisão digital. São Paulo: Érica, 
2007. p.237-266.
FERNSTROM, J. Commercial graphical user interface for digital 
TV, Stockholms, 2004. 38f. Thesis (Master\u2019s in Human Com-
puter Interaction) - Royal Institute of Technology.Disponível 
em: <http://cid.nada.kth.se/pdf/252.pdf>. Acesso em: 30 
out. 2012. 
FERRER, F.; SANTOS, P.; QUEIROGA, A. (Org.). E-government: 
o governo eletrônico no Brasil. São Paulo: Ed. Saraiva, 2004.
FERRAZ, C. Análise e perspectivas da interatividade na TV Digital. 
In: SQUIRRA, S.; FECHINE, Y. (Ed.). Televisão digital: desa-
fios para a comunicação. Porto Alegre: Sulina, 2009. p.15-43.
FIGUEIREDO, R.; LAMOUNIER, B. As cidades que dão