Resumo   Organização de Computadores
32 pág.

Resumo Organização de Computadores


DisciplinaOrganização de Computadores6.089 materiais112.127 seguidores
Pré-visualização6 páginas
Organização de Computadores
Aula 01 \u2013 Princípios de Funcionamento de um Computador
Em primeiro lugar, é importante nos familiarizarmos com alguns conceitos de processamento de dados. Você saberia dizer o que é um computador, um hardware ou um software? Não se preocupe. Vamos aos jargões da área computacional.
Computador:  É uma máquina capaz de sistematicamente tratar e fornecer os resultados derivados do processamento dos dados com um ou mais objetivos. Podemos dizer que a sua função é transformar dados em informações.
Os componentes físicos de um computador são chamados de hardware e o  programa responsável pela utilização do hardware é denominado software.
Computador: Podemos dizer que a sua função é transformar dados em informações. 
Dado é a matéria prima obtida na etapa de coleta (entrada). 
Informação é o resultado obtido pelo tratamento destes dados (saída). 
Etapas básicas de processamento: DADOS (entrada), PROCESSAMENTO e INFORMAÇÃO (saída). 
Etapas básicas de processamento:
DADOS (entrada)           PROCESSAMENTO         	INFORMAÇÃO (saída)
Um computador é constituído por diversos componentes visíveis  tais como monitor, teclado, mouse e por outros menos visíveis tais como processador e memória que ficam embutidos em um gabinete. Para que este conjunto de componentes funcione para a execução de uma tarefa, é necessária a existência de uma sequência de instruções denominada programa.
Processador: O primeiro componente a ser estudado será o Processador. Ele é responsável pela execução de operações definidas por uma instrução de máquina. Também é chamado de UCP (Unidade Central de Processamento) ou CPU (Central Processing Unit). É constituído de milhões de componentes eletrônicos cujas funções básicas são ler, interpretar instruções e realizar operações matemáticas.
FUNÇÕES BÁSICAS:
- Ler
- Interpretar instruções
- Realizar operações matemáticas
Processador: funções básicas são ler, interpretar instruções e realizar operações matemáticas. 
Memória: Sistema de armazenamento e recuperação de dados. Cada dispositivo de memória possui características diferentes.
A memória principal é dividida em partes endereçáveis (endereços) onde as informações estão armazenadas e de onde podem ser recuperadas.
Memória: Sistema de armazenamento e recuperação de dados. Cada dispositivo de memória possui características diferentes. A memória principal é dividida em partes endereçáveis (endereços) onde as informações estão armazenadas e de onde podem ser recuperadas.
Dispositivos de entrada e Saída: Permite a comunicação entre o sistema de computação e o meio exterior convertendo a linguagem utilizada pelo sistema em linguagem do mundo exterior e vice -versa. 
Permite a comunicação entre o sistema de computação e o meio exterior convertendo a linguagem utilizada pelo sistema em linguagem do mundo exterior e vice-versa.
Os seres humanos entendem símbolos enquanto os computadores entendem sinais elétricos.
Barramento: Conjunto de fios que conduz sinais elétricos entre os componentes. Um barramento pode ser composto por um ou mais fios em função da quantidade de bits que irá transportar. Um barramento é constituído de uma parte para endereço, uma para dados e outra para controle. 
Conjunto de fios que conduz sinais elétricos entre os componentes.
Um barramento pode ser composto por um ou mais fios em função da quantidade de bits que irá transportar.
Um barramento é constituído de uma parte para endereço, uma para dados e outra para controle.
Fundamentos da Programação: Qualquer processamento de dados requer a execução de uma série de etapas que podem ser realizadas por um computador. Estas etapas ordenadas são denominadas algoritmos. O computador possui uma linguagem própria (linguagem binária) para receber ordens. No entanto, programar em linguagem binária é insano, pois utilizam apenas dois caracteres: 0 e 1. Todas as informações e todos os dados coletados são representados por sequências de 0 e 1, que são conhecidos como bits. O termo bit é formado pelas duas primeiras letras da palavra BInary e da última letra da palavra digiT. 
Qualquer processamento de dados requer a execução de uma série de etapas que podem ser realizadas por um computador. Estas etapas ordenadas são denominadas algoritmos.  
 Para que um algoritmo seja executado por um computador, é necessário que o processador entenda o que está sendo solicitado. Cada passo do algoritmo será, então, correspondente a uma instrução e o conjunto de instruções utilizadas irá constituir um programa.
O computador possui uma linguagem própria (linguagem binária) para receber ordens. No entanto, programar em linguagem binária é insano, pois utilizam apenas dois caracteres: 0 e 1. 
 
Todas as informações e todos os dados coletados são representados por sequências de 0 e 1, que são conhecidos como bits. O termo bit é formado pelas duas primeiras letras da palavra BInary e da última letra da palavra digiT.
Linguagens de Programação: Para tornar a programação possível, foram desenvolvidas linguagens de um nível mais alto, ou seja, mais próximas do entendimento humano chamadas genericamente de linguagens de programação. Ex: Java, C, C++, Cobol e Delphi. 
Para tornar a programação possível, foram desenvolvidas linguagens de um nível mais alto, ou seja, mais próximas do entendimento humano chamadas genericamente de linguagens de programação.
O código escrito (editado) em uma linguagem de alto nível deve, então, ser convertido em linguagem binária para que possa ser executado. Essa conversão se dá através de compiladores e ligadores (link editor ou linker).
Função dos compiladores: 
Converter um programa escrito em uma linguagem de alto nível em código binário. O arquivo resultante é chamado código objeto.
 Conversão
Função dos ligadores: 
Agregar módulos em um único programa, inserindo informações de  relocação de endereços e referência entre os módulos. O arquivo resultante é chamado código executável.
Função dos compiladores: Converter um programa escrito em uma linguagem de alto nível em código binário. O arquivo resultante é chamado código objeto. 
Função dos ligadores: Agregar módulos em um único programa, inserindo informações de relocação de endereços e referência entre os módulos. O arquivo resultante é chamado código executável. 
Sistema Operacional: Conjunto de programas que permite a interação entre o usuário e o computador. Ex: Linux, Windows XP, Windows Vista, Windows 7. 
Conjunto de programas que permite a interação entre o usuário e o computador.
Fornece um ambiente onde o usuário possa executar programas, garantindo uma utilização segura e eficiente do hardware.
Funções básicas:
1- Interface com o usuário
Acessar o sistema \u2013 segurança de acesso
Criar e gerir diretórios, arquivos e programas
Executar programas
Acessar dispositivos de entrada e saída (E/S)
Acessar conteúdo de arquivos
2- Gerência de recursos 
Tempo de Processador (CPU)
Espaço em Memória
Espaço para armazenamento de arquivos
Acesso a dispositivos de entrada e de saída (E/S)
Programas Utilitários e aplicativos
Bibliotecas de Funções \u2013 DLLs 
Rotinas de Serviço
Programas de Interface com Dispositivos \u2013 Drivers 
3- Proteção
Funções avançadas:
1- Segurança de acesso
2-  Auditoria
3- Gerência de usuários
Conjunto de programas que permite a interação entre o usuário e o computador.
Fornece um ambiente onde o usuário possa executar programas, garantindo uma utilização segura e eficiente do hardware.
Aula 02 \u2013 Unidades de Armazenamento de Dados
Nesta aula, iremos apresentar a forma de representação das informações em um computador e aprender a trabalhar com as unidades de armazenamento.
Estes conceitos são fundamentais para o cálculo de espaço de armazenamento e para o entendimento dos limites impostos por uma determinada arquitetura.
A fluência no tratamento de números expressos em potências da base pode poupar muito tempo, por exemplo, em provas e concursos públicos.
As Unidades de informação