A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
47 pág.
Aula 03

Pré-visualização | Página 5 de 13

Aula 3 
ADMINISTRAÇÃO GERAL EM EXERCÍCIOS 
AUDITOR FISCAL DA RECEITA FEDERAL DO BRASIL 
PROFa. LILIAN LIMA QUINTÃO 
 
Prof
a
. Lilian Lima Quintão www.pontodosconcursos.com.br 15 de 47 
Os indicadores estratégicos são os que acompanham a informação do quanto a 
organização se encontra na direção da consecução de sua Visão. 
Os indicadores operacionais refletem o avanço, ou as discrepâncias entre o 
planejado e o executado, dos processos operacionais, subordinados a determinado 
macroprocesso. 
Os indicadores de capacidade medem a capacidade de resposta de um processo 
por meio da relação entre as saídas produzidas por unidade de tempo. 
Gabarito: letra C 
 
 
15. (ESAF/ CGU/ AFC – AUDITORIA E FISCALIZAÇÃO/ 2006) Correlacione a 
coluna A com a coluna B e escolha a opção correta. 
 
 
 
 
 
Comentários: 
Aula 3 
ADMINISTRAÇÃO GERAL EM EXERCÍCIOS 
AUDITOR FISCAL DA RECEITA FEDERAL DO BRASIL 
PROFa. LILIAN LIMA QUINTÃO 
 
Prof
a
. Lilian Lima Quintão www.pontodosconcursos.com.br 16 de 47 
Seguem algumas definições importantes: 
Organização é um grupo de pessoas que se constitui de forma organizada para 
atingir objetivos comuns. Incluem-se nesta definição as empresas, universidades, 
hospitais, escolas, creches, associações culturais, entre outros. 
Administração, em sua conceituação tradicional, é definida como um conjunto de 
princípios e normas que tem por objetivo planejar, organizar, dirigir, coordenar e 
controlar os esforços de um grupo de indivíduos que se associam para atingir um 
resultado comum. 
Eficiência é a capacidade do administrador de obter bons produtos como 
produtividade e desempenho, utilizando a menor quantidade de recursos 
possíveis, como tempo, mão de obra e material, ou mais produtos utilizando a 
mesma quantidade de recursos. 
Eficácia é a capacidade de fazer aquilo que é preciso, que é certo para se 
alcançar determinado objetivo, escolhendo os melhores meios de produzir um 
produto adequado ao mercado. 
A eficiência envolve a forma com que uma atividade é feita, a eficácia se refere ao 
resultado da mesma. 
Efetividade diz respeito à capacidade de se promover resultados pretendidos. 
Gabarito: letra A 
 
 
16. (ESAF/ CGU/ AFC – AUDITORIA E FISCALIZAÇÃO/ 2006) Escolha a opção 
que completa corretamente a frase a seguir: 
Falar em eficiência no âmbito do modelo gerencial da administração pública 
significa ............ 
a) centrar esforços na avaliação de resultados das políticas públicas. 
b) centrar esforços na participação do cidadão que define metas de ação. 
c) centrar esforços na diminuição de custos, de modo a produzir mais com 
menos. 
d) centrar esforços na motivação dos funcionários e agentes públicos. 
e) centrar esforços na transparência da administração perante os cidadãos. 
 
Comentários: 
Eficiência é a capacidade do administrador de obter bons produtos como 
produtividade e desempenho, utilizando a menor quantidade de recursos 
possíveis, como tempo, mão de obra e material, ou mais produtos utilizando 
a mesma quantidade de recursos. 
Gabarito: letra C 
 
 
17. (ESAF/ CGU/ AFC – AUDITORIA E FISCALIZAÇÃO/ 2006) A constatação do 
problema tem como origem a perspectiva de prejuízo, a percepção de diferença 
entre a situação ideal e a real. 
Aula 3 
ADMINISTRAÇÃO GERAL EM EXERCÍCIOS 
AUDITOR FISCAL DA RECEITA FEDERAL DO BRASIL 
PROFa. LILIAN LIMA QUINTÃO 
 
Prof
a
. Lilian Lima Quintão www.pontodosconcursos.com.br 17 de 47 
Comentários: 
Alternativa correta. Uma das etapas do processo decisório é a identificação de 
sintomas e sinais que indicam existência de problemas a ser resolvido ou 
oportunidade a ser aproveitada. 
Gabarito: CERTO 
 
18. (ESAF/ CGU/ AFC – AUDITORIA E FISCALIZAÇÃO/ 2006) Por decisão se 
entende a escolha de alternativas para solucionar o problema com base em 
avaliação, julgamento e comparação. 
Comentários: 
Decisão, segundo Chiavenato, é o processo de análise e escolha entre as 
alternativas disponíveis de cursos de ação que a pessoa deverá seguir. 
Gabarito: CERTO 
 
 
19. (ESAF/ CGU/ AFC – AUDITORIA E FISCALIZAÇÃO/ 2006) Escolha a opção 
que se refere corretamente a decisões programadas. 
a) Aplicam-se a problemas repetivos e não familiares. 
b) Aplicam-se a problemas repetivos que exigem as mesmas decisões e soluções. 
c) Aplicam-se a problemas estratégicos que dizem respeito a atividades 
funcionais. 
d) Aplicam-se a problemas não familiares próprios do nível operacional. 
e) Aplicam-se a problemas administrativos não sujeitos a manualização. 
 
Comentários: 
Decisões programadas são as que ocorrem com certa frequência, recorrentes e 
rotineiras. São mais fáceis de serem tomadas, uma vez que tendem a ser 
repetitivas e numerosas. 
Gabarito: letra B 
 
 
20. (ESAF/ STN/ AFC/ 2005) Assinale a opção que apresenta incorretamente 
pelo menos um elemento que constitui o processo de tomada de decisão. 
a) A pessoa que faz uma escolha entre várias alternativas, a estratégia e 
aspectos do ambiente, alguns fora do controle do decisor. 
b) O curso de ação escolhido para atingir os objetivos, a situação e o resultado 
de uma dada estratégia. 
c) Os critérios que o tomador de decisão usa para fazer suas escolhas, a 
estrutura organizacional e o estilo gerencial a ser adotado. 
d) Os objetivos a serem alcançados entre várias alternativas, as preferências e 
o curso de ação escolhido para atingir os objetivos. 
e) Aspectos do ambiente, alguns fora do controle do decisor, o tomador de 
decisão e o resultado de uma dada estratégia. 
 
Aula 3 
ADMINISTRAÇÃO GERAL EM EXERCÍCIOS 
AUDITOR FISCAL DA RECEITA FEDERAL DO BRASIL 
PROFa. LILIAN LIMA QUINTÃO 
 
Prof
a
. Lilian Lima Quintão www.pontodosconcursos.com.br 18 de 47 
Comentários: 
Decisão, segundo o autor Chiavenato, é o processo de análise e escolha 
entre as alternativas disponíveis de cursos de ação que a pessoa deverá seguir. 
 
Toda decisão envolve seis elementos: 
• Tomador de decisão – pessoa que faz a escolha entre várias alternativas 
• Objetivos que pretende alcançar 
• Preferências – são os critérios usados na escolha 
• Estratégias – é o curso de ação que o tomador escolhe para atingir seus 
objetivos 
• Situação – são os aspectos do ambiente que envolve o tomador de decisão, 
alguns deles fora do seu controle e que afeta sua escolha 
• Resultado – consequência de uma dada estratégia 
 
A alternativa C está errada por citar a estrutura organizacional como elemento da 
decisão. 
Gabarito: letra C 
 
 
21. (ESAF/ STN/ AFC/ 2005) Há dois modelos básicos que identificam o 
comportamento adotado em um processo de tomada de decisão. Indique a 
opção que identifica corretamente os dois modelos. 
a) O comportamento racional é o que segue um processo não totalmente 
consciente e se baseia na sensibilidade e percepção enquanto que o 
comportamento intuitivo é o que segue uma ordem lógica e se baseia 
totalmente em informações. 
b) O comportamento racional aplica-se a ambientes complexos e dinâmicos, 
onde as informações são limitadas enquanto que o comportamento intuitivo se 
aplica a ambientes simples e estáveis, onde há grande disponibilidade de 
informações. 
c) O comportamento racional é o que segue uma ordem lógica e se baseia na 
sensibilidade e percepção enquanto que o comportamento intuitivo se aplica a 
ambientes complexos e dinâmicos onde há grande disponibilidade de 
informações. 
d) O comportamento racional aplica-se a ambientes simples e estáveis, onde as 
informações são limitadas enquanto que o comportamento intuitivo é o que 
segue uma ordem lógica e se baseia totalmente em informações. 
e) O comportamento racional é o que segue uma ordem lógica e

Crie agora seu perfil grátis para visualizar sem restrições.