A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
47 pág.
Aula 03

Pré-visualização | Página 7 de 13

decisões a serem tomadas é chamado incerteza. 
Aula 3 
ADMINISTRAÇÃO GERAL EM EXERCÍCIOS 
AUDITOR FISCAL DA RECEITA FEDERAL DO BRASIL 
PROFa. LILIAN LIMA QUINTÃO 
 
Prof
a
. Lilian Lima Quintão www.pontodosconcursos.com.br 22 de 47 
Comentários: 
A condição mais difícil sob a qual tomar decisões é a incerteza, situação na qual os 
tomadores de decisão não dispõem de informações suficientes para ter clareza 
sobre as alternativas ou calcular o seu risco. Dessa forma, os tomadores decisão 
confiam em sua intuição ou criatividade. 
 
 
As decisões podem ser tomadas dentro de três condições: 
• Incerteza – nas situações de decisão sob incerteza, o tomador de decisão tem 
pouco ou nenhum conhecimento ou informação para utilizar como base na 
atribuição de probabilidade a cada estado da natureza ou a cada evento futuro. 
Em casos extremos de incerteza não é possível estimar o grau de probabilidade 
com que o evento venha a ocorrer. É a situação típica com a qual se defronta o 
nível institucional das empresas, exigindo um planejamento contingencial que 
permita alternativas variadas e flexíveis. 
• Risco – nas situações de decisão sob risco, o tomador de decisão tem 
informação suficiente para predizer os diferentes estados da natureza. No 
entanto, a qualidade dessa informação é a sua interpretação pelos diversos 
administradores são capazes de variar amplamente e cada administrador pode 
atribuir diferentes probabilidades conforme sua crença ou intuição, experiência 
anterior, opinião, entre outros. 
• Certeza – nas situações sob certeza, o administrador te completo conhecimento 
das consequências ou dos resultados das várias alternativas de cursos de ação 
para resolver o problema. É a decisão mais fácil de ser tomada, pois cada 
alternativa pode ser associada com os resultados que pode produzir. Mesmo 
que o administrador não tenha condições de investigar todas as alternativas 
disponíveis, ele pode escolher a melhor das alternativas consideradas. Esta é 
uma situação excepcional e não a regra. 
 
Gabarito: CERTO 
 
28. (CESPE/ PGE – PA/ TÉCNICO EM PROCURADORIA – ADMINISTRAÇÃO/ 
2007) Se, ao constatar que um produto foi entregue com defeito, o 
responsável pelo setor de material convoca o fornecedor para efetuar a 
substituição, é correto afirmar que, nessa situação, ocorreu uma decisão do 
tipo programada. 
Comentários: 
A alternativa está errada porque as decisões programadas são as rotineiras e 
repetitivas. Já as decisões não programadas são aquelas que não ocorrem com 
frequência e, por causa de variáveis diversas, exigem uma resposta separada 
cada vez que ocorrem, como é o caso do produto comprado com defeito. 
Gabarito: ERRADO 
 
Aula 3 
ADMINISTRAÇÃO GERAL EM EXERCÍCIOS 
AUDITOR FISCAL DA RECEITA FEDERAL DO BRASIL 
PROFa. LILIAN LIMA QUINTÃO 
 
Prof
a
. Lilian Lima Quintão www.pontodosconcursos.com.br 23 de 47 
29. (UFF/ ASSISTENTE ADMINISTRATIVO/ 2009) O uso de uma metodologia 
que permita atingir mais rapidamente um determinado objetivo é uma questão 
de: 
a) Eficácia; 
b) Eficiência; 
c) Efetividade; 
d) Produtividade; 
e) Qualidade. 
 
Comentários: 
Eficácia é a capacidade de fazer aquilo que é preciso, que é certo para se alcançar 
determinado objetivo, escolhendo os melhores meios de produzir um produto 
adequado ao mercado. 
Gabarito: LETRA A. 
 
30. (FCC/ TRF – 2 REGIÃO/ ANALISTA JUDICIÁRIO – ÁREA ADMINISTRATIVA/ 
2012) Indicador de desempenho estratégico que mede o grau de satisfação, o 
valor agregado e os impactos gerados pelos produtos/serviços, processos ou 
projetos no contexto em geral: 
a) Economicidade. 
b) Execução. 
c) Eficiência. 
d) Efetividade. 
e) Excelência. 
 
Comentários: 
Efetividade diz respeito à capacidade de se promover resultados pretendidos. Está 
vinculada ao grau de satisfação dos clientes e ao valor agregado do produto ou 
serviço. 
Resumidamente: 
Eficácia - relação objetivo x resultado. 
Eficiência - utilização dos recursos de maneira econômica. 
Efetividade - relação resultado x impacto. 
Gabarito: LETRA D 
 
Aula 3 
ADMINISTRAÇÃO GERAL EM EXERCÍCIOS 
AUDITOR FISCAL DA RECEITA FEDERAL DO BRASIL 
PROFa. LILIAN LIMA QUINTÃO 
 
Prof
a
. Lilian Lima Quintão www.pontodosconcursos.com.br 24 de 47 
31. (FCC/ TRF – 2 REGIÃO/ ANALISTA JUDICIÁRIO – PSICOLOGIA/ 2012) A 
tomada de decisão em grupo depende da tarefa e do grupo e pode assumir 
várias formas. Em uma decisão por consenso, todos os membros 
a) votam individualmente, após a exposição dos motivos de todos. 
b) recebem autoridade para tomar decisão por si mesmos. 
c) oferecem suas opiniões para que o líder do grupo decida. 
d) votam anonimamente em alternativas do grupo. 
e) concordam com a decisão do grupo. 
 
Comentários: 
A característica principal é que a decisão em consenso ocorre quando todos os 
participantes da equipe reunidos apoiam a decisão do grupo. Portanto, a 
alternativa correta é a letra E. Nesse tipo de decisão os membros não votam 
sozinhos nem recebem autoridade para tomar a decisão individualmente. 
Gabarito: letra E 
 
32. (FCC/ COPERGÁS/ ANALISTA ADMINISTRADOR/ 2011) No contexto da 
globalização, são forças desencadeadoras de MUDANÇAS organizacionais 
fatores como 
(A) a ambição e a competição entre os funcionários. 
(B) o planejamento estratégico situacional. 
(C) o conflito entre trabalhadores e patrões. 
(D) a redução de níveis hierárquicos. 
(E) a inovação tecnológica e choques econômicos. 
 
Comentários: 
Dentre as alternativas, a que gera impacto nas organizações e que demandam 
mudanças para que se enquadre à nova realidade, são a inovação tecnológica e os 
choques econômicos. Observe que esses são fatores relacionados ao ambiente 
externo da empresa. 
Gabarito: letra E 
 
33. (FCC/ COPERGÁS/ ANALISTA ADMINISTRADOR/ 2011) Uma decisão é 
tomada em condições de risco quando 
(A) pode acarretar danos irreparáveis aos estados de natureza que são objetos 
da ação. 
(B) as estratégias e os estados da natureza são determinados pela ação de dois 
ou mais competidores. 
(C) é desconhecida a probabilidade associada aos eventos, pois não se conhece 
o total de estados da natureza possíveis. 
(D) há pleno conhecimento de todos os estados da natureza. 
(E) as probabilidades associadas a cada um dos estados de natureza são 
conhecidas, podendo variar de 0% a 100%. 
 
Comentários: 
Aula 3 
ADMINISTRAÇÃO GERAL EM EXERCÍCIOS 
AUDITOR FISCAL DA RECEITA FEDERAL DO BRASIL 
PROFa. LILIAN LIMA QUINTÃO 
 
Prof
a
. Lilian Lima Quintão www.pontodosconcursos.com.br 25 de 47 
Segundo Chiavenato, uma decisão pode ser tomada: 
 
• Decisões sob certeza - as variáveis são conhecidas e a relação entre as 
ações e suas consequências é determinística. 
• Decisões sob risco – as variáveis são conhecidas e a relação entre a 
consequência e a ação é conhecida em termos probabilísticos. 
• Decisões sob incerteza – as variáveis são conhecidas, mas as 
probabilidades para avaliar a consequência de uma ação são desconhecidas ou 
não são determinadas com algum grau de certeza. 
 
A alternativa que responde adequadamente a pergunta é a letra E, pois as 
variáveis são conhecidas e podem variar em termos probabilísticos. 
Gabarito: letra E 
 
34. (FCC/ COPERGÁS/ ANALISTA ADMINISTRADOR / 2011) A afirmativa Difícil 
não é fazer o que é certo, é descobrir o que é certo fazer sintetiza o conceito 
de 
(A) eficácia. 
(B) eficiência. 
(C) flexibilidade. 
(D) efetividade. 
(E) produtividade. 
 
Comentários: 
“Difícil não é fazer o que é certo, é descobrir o que é certo fazer”. (Robert Henry 
Srour). Essa frase representa o conceito de efetividade que é a

Crie agora seu perfil grátis para visualizar sem restrições.