Resumo Filme Tempos Modernos
3 pág.

Resumo Filme Tempos Modernos


DisciplinaIntrodução à Administração26.243 materiais725.872 seguidores
Pré-visualização1 página
UNIVERSIDADE PAULISTA
ANTÔNIA MERILANE DE OLIVEIRA RODRIGUES
RESUMO DO FILME TEMPOS MODERNOS
SÃO PAULO
2017
ANTÔNIA MERILANE DE OLIVERIA RODRIGUES
RESUMO DO FILME TEMPOS MODERNOS.
Resumo do Filme Tempos Modernos, apresentado ao curso de graduação Gestão Financeira da Universidade Paulista.
Orientador: KATIE GRACIANO
Disciplina: Fundamentos da Administração
DI
SÃO PAULO
2017
RESUMO: FILME TEMPOS MODERNOS
Para agregar mais conhecimento, e entender melhor como funcionavam os conceitos da abordagem clássica, assisti o filme \u201cTempos Modernos\u201d que foi produzido no ano 1936 pelo o cineasta e protagonista Charlie Chaplin, que interpreta um trabalhador que tenta sobreviver ao poder da industrialização. O filme se passa na época da Revolução Industrial e retrata com clareza como os trabalhadores eram vistos, simplesmente como números, fazendo parte de uma engrenagem produtiva. Naquela época as empresas se preocupavam apenas em produzir e em vender. Quando o Dono da fábrica achava necessário aumentar a produtividade, dava a ordem para uma segunda pessoa que acionava a velocidade das esteiras, aumentando assim o trabalho de todos os operários, os obrigando a produzir exageradamente como máquinas, fazendo movimentos repetitivos durante toda sua jornada de trabalho.
Naquela época as empresas queriam que os funcionários produzissem cada vez mais, e por isso investiam na sistematização. E para melhor aproveitamento do tempo e da produtividade, e em uma tentativa frustrada, foi apresentada uma máquina cuja à função era dar refeição ao operário, sem que esse parasse o que estava fazendo, permitindo assim comer e produzir ao mesmo tempo. Fica claro também que a mão de obra especializada leva os operários a uma alienação, sabendo fazer uma única atividade e nada mais. O Filme fala sobre a trajetória de um desses operários da fábrica, esse operário é representado por Charlie Chaplin, que ao executar essa atividade repetitiva, acaba tendo uma crise nervosa. Ele fica internado, e ao sair se depara com o fechamento da fábrica e uma crise de desemprego que toma conta da época. Ocorre uma agitação por conta dos desempregados que fazem um movimento, e ele é confundido como líder e acaba sendo preso. 
 	Ao ser solto acaba conhecendo uma moça de família pobre, que vem passando por necessidades, pois seu pai também está desempregado. E os dois começam uma busca incessante pela sobrevivência nessa época difícil. Quando ele lê no noticiário que as fabricas vão reabrir, vai depressa para conseguir uma vaga, e logo começa a trabalhar como assistente de mecânico, e no mesmo dia ao final do expediente recebe a notícia que a fábrica está de greve. Voltando a busca por emprego.
 	Se fizermos uma comparação com os tempos atuais, ainda é perceptível que as indústrias buscam sempre produzir mais e com o menor desperdício possível. Porem com as leis trabalhistas atuais, muitas coisas que aconteciam naquela época, não são permitidos nos dias hoje, mas atualmente em muitas empresas os funcionários ainda são vistos como máquinas.