GABARITO Introdução à Administração FGV   GabigolUNISUAM
5 pág.

GABARITO Introdução à Administração FGV GabigolUNISUAM

Disciplina:Introdução à Administração11.196 materiais475.841 seguidores
Pré-visualização2 páginas
1 - Pela origem da palavra estratégia, a literatura a relaciona com situações políticas, guerras ou jogos. Aliás, dessa perspectiva é fácil compreender uma característica da estratégia em qualquer campo – alcançar um determinado desempenho competitivo. Para Mintzberg, a estratégia é considerada uma perspectiva quando vista como:
R: uma visão de negócio em termos de interação com o cliente, ou as maneiras como bens e serviços serão oferecidos ao mercado.

2 - A empresa Gama trabalha um cenário ou uma perspectiva. Acima dos objetivos da empresa, uma imagem é projetada para o longo prazo e deve ser compartilhada e apoiada por todos os funcionários. Tomando por base o texto, o conceito trabalhado pela empresa Gama é o seguinte:
R: VISÃO
3 - O papel da análise do ambiente interno e externo varia de acordo com a metodologia de planejamento estratégico adotada. Todas as metodologias apresentam a análise do ambiente como uma das etapas iniciais do planejamento estratégico – sempre anterior à formulação estratégica de ação. A avaliação estratégica realizada a partir da matriz SWOT compreende a análise de:
R: forças, fraquezas, oportunidades e ameaças.
4 - Os mesmos fatores econômicos básicos que criam barreiras de entrada podem – de modo mais generalizado – funcionar como barreiras de mobilidade, ou seja, impedem os movimentos de empresas de uma posição estratégica para outra. Podemos citar como principais fontes de barreiras de mobilidade de grupos estratégicos:
R: os custos de mudança, as vantagens no custo e o acesso aos canais de distribuição.

5 - O comprador, antes de comprar um produto ou lote de produto, passa a não consumir mais outros produtos até o final do tempo normal de reposição do produto e os produtos não se revezam na preferência do consumidor, ao final do tempo de reposição. Esse tipo de característica está relacionado à seguinte força competitiva:
R: produtos substitutos.

6 - O plano de ação serve como referência às decisões, permitindo que seja feito o acompanhamento do desenvolvimento da Gestão Estratégica Competitiva. Sobre o processo de formulação do plano de ação, afirmamos que seu objetivo é:
R: elaborar a matriz SWOT, determinando a diagnose da situação analisada.

7 - O conceito de estratégia teve várias fases e significados, evoluindo de um conjunto de ações e manobras militares para uma disciplina de gestão empresarial. Mintzberg aborda o significado de estratégia a partir dos chamados 5 Ps. Compõem os 5 Ps os seguintes conceitos – plano, padrão, posição, perspectiva e estratagema. Podemos definir estratagema como:
R: uma manobra específica para vencer, com astúcia, um oponente ou concorrente.
8 - O papel principal da elaboração do plano de ação não é só o comprometimento da alta administração, mas o envolvimento de todos os colaboradores com o intuito de conseguir alguns resultados. Podemos citar como alguns desses resultados o aprimoramento:
R: contínuo de processos, produtos, serviços, o estabelecimento de indicadores e a definição de estratégia e metas.

9 - Traçar estratégias significa o processo de entrelaçamento de tudo o que é preciso para administrar uma organização. Neste novo século, torna-se essencial que as empresas focalizem as estratégias nas competências essenciais. Para acrescentar novos elementos de reflexão e ação continuada nas organizações, a fim de avaliar a situação, elaborar projetos de mudanças e acompanhar e gerenciar os passos da implementação, a empresa deve ter o seguinte tipo de gestão:
R: ESTRATÉGICA.

10 - A estratégia de custo mínimo consiste em atingir a liderança no custo total por meio da atuação em um alvo estratégico referenciado na indústria como um todo. Consiste ainda na busca da vantagem estratégica na posição de baixo custo e em um conjunto de ações voltadas para esse objetivo. Nesse caso, o baixo custo em relação aos concorrentes torna-se tema central de toda a estratégia, exigindo algumas medidas, como a:
R: construção de instalações em escala eficiente e minimização do custo em áreas como P&D, assistência, publicidade e vendas.

11 - A competitividade tem sido uma das grandes questões empresariais brasileiras na atualidade. Dessa forma, a organização pode ajustar seu foco no mercado e desenvolver seu diferencial competitivo, orientando seu posicionamento estratégico. A definição do negócio permite o desenvolvimento de:
R: uma visão estratégica do que estamos fazendo para atender a nossos clientes.
12 - Os gestores – verdadeiros responsáveis pela performance das empresas – devem estar preparados para gerenciar mudanças, aprimorando, cada vez mais, suas habilidades para atuarem em um ambiente de negócios diferente e complexo que, em muitos aspectos, ainda não existe. Segundo Mintzberg, podemos afirmar que a estratégia é um Posicionamento quando tem:
R: uma localização de determinados produtos ou serviços, da organização, em determinados mercados.

13 - As organizações buscam posicionar-se, constantemente, na fronteira da produtividade, o que não traz uma vantagem competitiva sustentável. Para Porter, a vantagem competitiva sustentável derivará, portanto, de um posicionamento estratégico que seja único. Os posicionamentos fundamentais são três e são baseados em:
R: variedade, necessidades e acesso.

14 - A intensidade da concorrência em uma indústria não é uma questão de coincidência ou de má sorte. Ao contrário, a concorrência em uma indústria tem raízes em sua estrutura econômica básica e vai bem além do comportamento dos atuais concorrentes. O grau de concorrência em uma indústria depende de um conjunto de forças competitivas. Ao definir seu modelo de análise da indústria, Porter propõe algumas forças competitivas, as quais são o poder de barganha dos:
R: LETRA D
clientes, o poder de barganha dos fornecedores, o grau de rivalidade entre as empresas, a ameaça dos novos entrantes potenciais e a ameaça dos produtos substitutos

15 - Com uma população global que já ultrapassou os sete bilhões de habitantes, teremos de refletir cada vez mais sobre a relação demanda versus oferta de bens e serviços. O cenário atual impõe a necessidade de as empresas tratarem, estrategicamente, suas opções, visando enfrentar as turbulências ambientais com proatividade e vigor. A definição de estratégia é uma questão fundamental que os pensadores do campo da gestão empresarial buscam resolver. Podemos definir estratégia como:
R: um caminho a ser seguido para levar a organização de um estado atual para um estado futuro desejado.

16 - Segundo Porter, saber onde e como competir são as duas questões-chave para a formulação da estratégia competitiva. Uma estratégia competitiva assume uma ação ofensiva ou defensiva, de modo a criar uma posição favorável. No modelo Porter, temos as seguintes estratégias competitivas:
R: LIDERANÇA DE CUSTOS, DIFERENCIAÇAO E ENFOQUE

17 - Quando a diferenciação é alcançada, a organização pode obter retornos acima da média do setor, pois ela possibilita a criação de uma posição defensável para enfrentar as cinco forças competitivas. Em alguns casos, no entanto, esse posicionamento dificulta a obtenção de uma alta parcela de mercado. Tais defesas podem ocorrer com a:
R: rivalidade dos concorrentes, nos compradores mais fortes, nos fornecedores poderosos, nos possíveis entrantes e na ameaça de substituição.

18 - A competência essencial pode ser definida como o conjunto de habilidades ou tecnologias que a organização domina e que lhe serve de base para a geração de benefícios para os clientes. Para que uma capacidade seja, realmente, uma competência essencial, ela precisa ser:
R: valiosa, rara, difícil de imitar e insubstituível.

19 - Traçar estratégias significa o processo de entrelaçamento de tudo o que é preciso para administrar uma organização. Neste novo século, torna-se essencial que as empresas focalizem as estratégias nas competências essenciais. Para acrescentar novos elementos de reflexão e ação continuada nas organizações, a fim de avaliar a situação, elaborar
matheus rodrigues fez um comentário
  • Ai toma cu site
    0 aprovações
    Gabigol 11 fez um comentário
  • putzz Amanda, nao consegui todas as questões, desculpa ;/
    2 aprovações
    AmandaCosta fez um comentário
  • O cenário atual impõe a necessidade de as empresas tratarem estrategicamente suas opções, no sentido de enfrentar as turbulências ambientais com proatividade e vigor no seu processo de administração estratégica. Nesse contexto, Igor Ansoff impõe-se como um dos principais pensadores da administração estratégica. Na visão de Ansoff, a administração estratégica tem desafios que se caracterizam pela:... Veja mais
    3 aprovações
    Carregar mais