A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
145 pág.
AV1 AV2 AV3 Fisiopatologia da nutrição e dietoterapia

Pré-visualização | Página 9 de 23

A dieta liquida completa inclui somente alimentos moídos e em forma de purê ou pastas, modificados por cocção e fracionamento.
		
	
	
	 2a Questão (Ref.: 201402481108)
	Pontos: 0,1  / 0,1
	A Avaliação do Estado Nutricional (AEN) de indivíduos hospitalizados é fundamental para a definição dos compartimentos corporais e para a avaliação da ingestão alimentar, frente às necessidades nutricionais. Com relação a AEN, pode-se afirmar:
		
	
	O paciente R.P.T., sexo masculino, 32 anos, apresenta CB (circunferência do braço)=17 cm e PCT (prega cutânea tricipital)=8 mm, consequentemente a sua CMB (circunferência muscular do braço)= 13,8 cm.
	
	Todas as afirmativas anteriores estão corretas.
	
	Um paciente com albumina sérica de 2,0 g/ dL apresenta depleção grave da reserva muscular.
	 
	Na semiologia nutricional, a bola de bichart representa a reserva de gordura.
	
	A AEN deve ser realizada até o 15º dia de internação do paciente.
		
	
	
	 3a Questão (Ref.: 201402484637)
	Pontos: 0,1  / 0,1
	Como poderia ser explicado valores dentro dos limites aceitáveis de albumina sérica em estágios avançados de desnutrição?
		
	
	Pela diminuição das perdas gastrointestinais;
	 
	Pela desidratação;
	
	Pela infecção associada;
	
	Pelo dano hepático severo.
	
	Pela presença de doença articular associada;
		
	
	
	 4a Questão (Ref.: 201402485199)
	Pontos: 0,0  / 0,1
	O marasmo está relacionado a uma deficiência energética que na infância tem como consequência:
		
	
	Edema generalizado
	
	Querotomalácia
	 
	Atraso no crescimento
	 
	Baixo nível de proteína plasmática;
	
	Infiltração gordurosa no fígado;
		
	
	
	 5a Questão (Ref.: 201402630066)
	Pontos: 0,0  / 0,1
	Com relação à desnutrição é correto afirmar:
		
	 
	A alimentação qualitativamente deficiente não é uma causa de desnutrição se, quantitativamente, estiver sendo atendida.
	
	Dados relacionados com a prevalência da desnutrição em um país não são indicativos da situação social e econômica deste.
	
	O marasmo é caracterizado, principalmente, pela presença de anasarca.
	
	A Kwashiorkor é causada pela deficiência na ingestão energética e caracterizada por perda de peso e preservação dos níveis sanguíneos de proteínas viscerais.
	 
	Desmame precoce e aspectos sócios econômicos e culturais são fatores de risco para a desnutrição.
		
	 1a Questão (Ref.: 201402481215)
	Pontos: 0,0  / 0,1
	O ajuste da densidade calórica é uma prática comum na terapia de nutrição enteral. Uma dieta com densidade calórica igual a 1,3 e com 1350 mL oferece um aporte calórico de:
		
	 
	1755 kcal
	
	1038 kcal
	
	1350 kcal
	
	2700 kcal
	 
	1353 kcal
		
	
	
	 2a Questão (Ref.: 201403038641)
	Pontos: 0,1  / 0,1
	Em um paciente desnutrido devemos:
		
	
	Dar preferência às fórmulas lácteas para nutrir o enterócito
	
	Iniciar a terapia nutricional enteral sempre associada a NPT
	
	Utilizar exclusivamente a NPT para recuperar estado nutricional do paciente.
	 
	Iniciar a terapia nutricional enteral ofertando 1/3 a 1/5 do valor calórico total e aumento gradativamente a oferta de nutrientes
	
	Iniciar uma terapia nutricional agressiva o mais precoce possível
		
	
	
	 3a Questão (Ref.: 201402481197)
	Pontos: 0,0  / 0,1
	Uma carga osmolar adequada garante a tolerância da terapia nutricional, independente do seu acesso e permite o sucesso do plano dietoterápico. O ideal é utilizar uma dieta enteral isosmolar, ou seja, com a osmolaridade próxima a do plasma, que é de aproximadamente:
		
	
	610-620 mOsm/ L
	
	330-340 mOsm/ L
	
	480-490 mOsm/ L
	 
	420-430 mOsm/ L
	 
	280-290 mOsm/ L
		
	
	
	 4a Questão (Ref.: 201402481224)
	Pontos: 0,1  / 0,1
	O binômio tempo x temperatura também deve ser controlado no momento da administração da dieta enteral. A administração da nutrição enteral deverá ser planejada de uma maneira tal que cada frasco contendo a dieta enteral manipulada não fique exposto por mais do que:
		
	
	12-16 horas
	 
	4-6 horas
	
	1-2 horas
	
	18-24 horas
	
	10-12 horas
		
	
	
	 5a Questão (Ref.: 201402484648)
	Pontos: 0,0  / 0,1
	Um paciente P.L., 66 anos, sexo masculino, peso atual de 53 Kg e estatura de 1,50 m. Nestas condições, determine, respectivamente, o seu aporte calórico; protéico e a velocidade de infusão da dieta deste paciente. Considerar a administração contínua com descanso fisiológico em 4 etapas de 4 horas e dieta enteral com densidade calórica=1.
		
	
	1855 calorias; 53 g/ dia; 99 mL/ h
 
	 
	1855 calorias; 53 g/ dia; 116 mL/ h
	
	1855 calorias; 63,6 g/ dia; 99 mL/ h
	 
	1590 calorias; 53 g/ dia; 99 mL/ h
 
	
	1590 calorias; 63,6 g/ dia; 116 mL/ h
 
	 1a Questão (Ref.: 201402484658)
	Pontos: 0,1  / 0,1
	Após aferir peso e estatura você encontrou índice de massa corpórea de 38Kg/m2. Este paciente pode ser classificado, segundo este parâmetro, pela Organização Mundial de Saúde, como:
		
	
	Não é possível classificar o estado nutricional considerando apenas o índice de massa corpórea;
 
	
	O paciente apresenta obesidade grau I;
 
	
	O paciente apresenta obesidade grau III,
 
	
	O paciente apresenta-se emagrecido;
	 
	O paciente apresenta obesidade grau II;
		
	
	
	 2a Questão (Ref.: 201402483646)
	Pontos: 0,0  / 0,1
	MSC, sexo feminino, 49 anos, 84Kg e IMC = 32kg/m2 relata ter grande apetite e muita dificuldade para emagrecer. Informa estar engordando desde a gravidez (20 anos), já fez a dieta das proteínas e utilizou em duas ocasiões moderadores do apetite. O recordatório de 24h evidencia um VET de 2700kcal (58% CHO, 33% gorduras e 9% proteínas), com evidência de um restritivo consumo de frutas e verduras. Veio à consulta nutricional com o objetivo de ser encaminhada para uma cirurgia bariátrica. A abordagem desta paciente deve incluir:
		
	 
	Dieta com redução do consumo de alimentos de alta densidade calórica e redistribuição qualiquantitativa dos alimentos.
	
	Dieta de muito baixa caloria como medida drástica para a redução rápida e eficaz do peso corporal e encaminhamento ao médico.
	 
	Perda de peso rápida, com a finalidade de promover a adesão da paciente ao tratamento, além de encaminhamento para apoio psicoterápico.
	
	Dieta hipocalórica associada a medicação para redução do apetite no pré-operatório e atividade física aeróbica orientada por profissional graduado.
	
	Orientações para perda de peso e encaminhamento para médico especialista em cirurgia para redução do estômago.
		
	
	
	 3a Questão (Ref.: 201402486936)
	Pontos: 0,0  / 0,1
	Com relação aos métodos de diagnóstico da obesidade estão corretos os itens:
A - A relação circunferência abdominal-quadril (RCQ) é a medida mais comumente usada para obesidade central. Pode ser utilizada como um dos critérios para caracterizar a síndrome metabólica, com um valor de corte de 0,90-1,0 para homens e 0,8-0,85 para mulheres.
B - A medida da circunferência abdominal reflete o conteúdo de gordura visceral.
C - A tomografia computadorizada é o método de imagem considerado mais preciso para quantificar o tecido adiposo intra-abdominal.
D - A ressonância magnética por ser um método não invasivo e que não expõe o paciente à radiação, pode ser utilizado para diagnóstico e acompanhamento da gordura visceral em indivíduos com alto risco e que estejam em tratamento para a perda de peso. Seu alto custo, no entanto, não permite a possibilidade seu uso na rotina.
		
	
	A, C e D.
	 
	A e B.
	
	A, B e C.
	
	A e D.
	 
	A,B,C e

Crie agora seu perfil grátis para visualizar sem restrições.