BIOESTATISTICA_Vol_01
420 pág.

BIOESTATISTICA_Vol_01


DisciplinaBioestatística I3.153 materiais29.079 seguidores
Pré-visualização50 páginas
BIOESTATÍSTICA
Aplicada à Pesquisa Experimental
BIOESTATISTICA_Vol_01.indb 1 25/06/12 17:11
BIOESTATISTICA_Vol_01.indb 2 25/06/12 17:11
M A U R O J O S É F O N T E L L E SDoutor em Cirurgia pela Faculdade de Ciências Médicas da UnicampProfessor das Disciplinas de Anatomia Humana e Bioestatísca da Universidade do Estado do Pará (UEPA).Membro Titular do Colégio Brasileiro de Cirurgiões (TCBC).Membro da Associação Brasileira de Educação Médica (ABEM).Membro da Associação Brasileira de Médicos Escritores (SOBRAMES).
BIOESTATÍSTICA
Aplicada à Pesquisa Experimental
VOLUME 1
BIOESTATISTICA_Vol_01.indb 3 25/06/12 17:11
Copyright © 2012 Editora Livraria da Física
1a edição
 Direção editorial José Roberto Marinho
 Editor-assistente Victor Pereira Marinho
 
 Capa Ana Maria Hitomi/Typodesign
 Projeto gráfico e diagramação Typodesign
Edição revisada segundo o Novo Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa
Dados Internacionais de Catalogação na Publicação (CIP)
(Câmara Brasileira do Livro, SP, Brasil)
Fontelles, Mauro José
Bioestatística aplicada à pesquisa experimental: volume 1/
Mauro José Fontelles. \u2013 São Paulo: 
Editora Livraria da Física, 2012.
Bibliografia
ISBN 978-85-7861-137-8
 
1. Bioestatística 2. Pesquisa - Experiências I. Título.
12-01763 CDD-570.15195
Índice para catálogo sistemático
1. Bioestatística e pesquisa experimental: 
Ciências biológicas 570.15195
 
Todos os direitos reservados. Nenhuma parte desta obra poderá ser reproduzida 
sejam quais forem os meios empregados sem a permissão da Editora.
Aos infratores aplicam-se as sanções previstas nos artigos 102, 104, 106 e 107 
da Lei no 9.610, de 19 de fevereiro de 1998
 
Editora Livraria da Física
www.livrariadafisica.com.br
BIOESTATISTICA_Vol_01.indb 4 25/06/12 17:11
BIOESTATISTICA_Vol_01.indb 5 25/06/12 17:11
BIOESTATISTICA_Vol_01.indb 6 25/06/12 17:11
À querida esposa Marilda, companheira inseparável, que 
por sua dedicação incondicional à família, 
propiciou momentos tranquilos para que esta obra 
pudesse ser concluída.
Aos filhos Gustavo e Renata. 
Orgulhosos admiradores deste autor.
À minha mãe Celina, coração bondoso a perdoar 
os longos períodos de ausência do filho, não por falta 
de lembranças, mas escrever é preciso.
BIOESTATISTICA_Vol_01.indb 7 25/06/12 17:11
BIOESTATISTICA_Vol_01.indb 8 25/06/12 17:11
Prefácio
Quando fui gentilmente convidado para fazer o prefácio deste livro, senti-me pres-
tigiado e contente, mas, conhecendo na sua plenitude o que pretendia a referida obra, 
confesso que sofri. Uma vez que sempre enfrentei, de frente, as dificuldades da vida, e, 
se era este, um grande desafio, dispus-me a enfrentá-lo.
 A história deste livro teve início há muitos anos atrás, quando o Professor Mauro 
Fontelles veio até nós, na Universidade Estadual de Campinas, para realizar, sob minha 
orientação, suas teses de Mestrado e Doutorado, as quais foram concluídas e defendidas 
com raro brilhantismo. Como seu orientador, pude, de perto, acompanhar o interesse e 
a necessidade deste Professor em adquirir, em curto prazo, todo o aprendizado relativo 
à Bioestatística, o qual era exigido para os seus estudos, nas suas teses. A época, além 
de ter demonstrado ser um médico detentor de vasto conhecimento clínico, a par de 
suas excelentes qualidades como exímio cirurgião e pesquisador de mão cheia, dedi-
cou-se com muito afinco, adquirindo vasta experiência sobre o assunto, tornando-se, 
consequentemente, um especialista na área, o que lhe conferiu uma grande vanta-
gem sobre os estaticistas disponíveis. Com este cabedal, soube muito bem aplicar seus 
conhecimentos, quando, então, passou a oferecer uma análise crítica mais apurada 
e minuciosa em seus trabalhos de pesquisa. Assim, ao apreciarmos o vasto conteúdo 
desta obra, temos a certeza que será de grande valia para estudantes, professores e 
pesquisadores, pois, talvez nenhuma outra área do saber tenha expandido tanto seus 
horizontes quanto a Bioestatística, a qual tem sido amplamente empregada no campo 
da pesquisa e, em decorrência desta grande expansão e do intercâmbio com outras 
BIOESTATISTICA_Vol_01.indb 9 25/06/12 17:11
áreas de conhecimento, vem contribuindo de forma decisiva para tornar a rotina do 
pesquisador, através de leitura de livros como este que ora temos a rara oportunidade 
de apreciar, um trabalho mais produtivo e interessante.
 Desta forma, o valor altamente relevante desta obra é esclarecer dúvidas e apre-
sentar soluções que a pesquisa nos impõe, de modo a abrir um novo caminho que permita 
sua aplicação direta em estudos de campo ou laboratoriais, sejam clínicos ou experi-
mentais. Nesta atividade, ocorre um fato notório: quando os trabalhos de pesquisa são 
concluídos e, na ânsia de comunicar os seus resultados em congressos ou publicações, 
existe sempre a necessidade de divulgar estes achados com uma precisão estatística que 
permita avaliações mais acuradas e análises justas dentro da metodologia científica. 
Atualmente, em grande parte das publicações, a Bioestatística à disposição é muitas 
vezes aplicada por profissional não médico, o que, no entendimento do pesquisador, 
torna-a frequentemente confusa ou não expressa a grandeza da avaliação clínica ou 
experimental, daí a necessidade de respaldo de algo mais profundo, sendo esta a carac-
terística do livro em questão, o qual, dentro do espírito crítico do autor, passa a oferecer 
uma ótica diferente para o entendimento desta importante ferramenta de pesquisa.
 Portanto, trata a presente obra, de um livro muito bem planejado e bastante didá-
tico, pois aborda os aspectos da Bioestatística mais utilizados em projetos de pesquisa 
na área das Ciências da Saúde. Destarte, um de seus objetivos é fornecer ao pesquisador 
iniciante e alunos dos cursos de graduação e pós-graduação, um texto direto e de fácil 
compreensão, tornando o aprendizado desta importante ciência uma tarefa mais sim-
ples e de maior aplicação. Assim, o lançamento deste livro é a coroação dos esforços do 
autor para a aplicação prática da parte dos interessados pelo tema, sobre o qual tenho 
a certeza que alcançará todos os seus objetivos, de modo a contribuir para a formação 
dos profissionais dos cursos de graduação e como fonte de complementação de conheci-
mento das áreas da saúde e de outros profissionais de áreas correlatas, sendo, portanto, 
motivo de júbilo e muito orgulho para o autor, pois contribui de forma inegável para 
todos que se interessam pelo assunto por ele abordado.
 A todos e a todas, fica aqui o convite para que a leitura deste livro seja um 
estímulo à ação consciente que traduza o conhecimento, em resposta às necessidades 
acadêmicas do nosso país.
Dr. Mario Mantovani (in memorian).
Professor Titular do Departamento de Cirurgia da Unicamp.
BIOESTATISTICA_Vol_01.indb 10 25/06/12 17:11
SUMÁRIO
VOLUME I
INTRODUÇÃO .......................................................................................................... 15
1. Origem da estatística ............................................................................................ 15
2. Bioestatística ........................................................................................................ 17
3. Estrutura do livro ................................................................................................... 19
Parte I - O PLANEJAMENTO DA PESQUISA EXPERIMENTAL ................................. 25
1. As ciências e o conhecimento científico ................................................................. 27
1.1. As ciências ...................................................................................................
Elizeth
Elizeth fez um comentário
A amostragem estratificada deve ser utilizada quando se identifica subpopulações da população estudada. Isso significa dizer que a população estudada é:
1 aprovações
Carregar mais