A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
17 pág.
teoria geral da investigação e pericia

Pré-visualização | Página 3 de 5

século XVIII, porém as provas possuíam valores pré definidos, o que não se coaduna mais com o ordenamento atual que prevê a livre valoração da prova pelo juiz
	
	
	Uma forma política de relação de busca por conhecimento e uma relação entre luta e de poder e de dominação.
	
	 
	Atualmente, no século XXI, a verdade que se busca é a qualquer custo, ou seja, é a busca da verdade real ou absoluta.
	
	
	A verdade é limitada atualmente, sendo a prova disso a proibição das probas a qualquer custo com a vedação das provas obtidas por meios ilícitos.
	
		1.
		A respeito do estudo da teoria geral da prova, podemos afirmar que:
	
	
	
	
	 
	São instrumentos de produção da prova para levar o fato ao conhecimento do órgão para a demonstração de um saber.
	
	
	São instrumentos de coleta de informações por meio da confissão como mecanismo mais seguro em busca da aplicação da lei penal.
	
	
	Nenhuma das afirmativas está correta.
	
	
	Os meios de prova são mecanismos de convencimento do julgador, cuja regra aplicada é a confissão como objetivo final.
	
	
	São ferramentas jurídicas desprovidas de regras, podendo a investigação buscar as informações a qualquer custo em busca da verdade real.
	
	
	
		2.
		A respeito do estudo sobre as provas é correto compreender:
	
	
	
	
	 
	O sujeito da prova pode ser classificado como imediato, quando a prova de relaciona ao convencimento do julgador.
	
	
	O sujeito da prova pode ser classificado como imediato, quando a prova de relaciona ao convencimento do promotor.
	
	
	O sujeito da prova pode ser classificado como mediato, quando a prova de relaciona ao convencimento da vítima.
	
	
	O sujeito da prova pode ser classificado como imediato, quando a prova de relaciona ao convencimento do defensor.
	
	
	O sujeito da prova pode ser classificado como imediato, quando a prova de relaciona ao convencimento da vítima.
	
	
	
		3.
		A respeito dos estudos das provas ou elementos informativos produzidos na investigação criminal, assinale a opção correta:
	
	
	
	
	
	Nenhuma das afirmativas está correta.
	
	
	No julgamento pelo juiz as provas cautelares, não repetíveis e antecipadas não precisam ser submetidas ao contraditório e ampla defesa.
	
	
	Não há exceções para julgamento, pelo juiz, em caráter exclusivamente com base nos elementos colhidos na investigação criminal.
	
	
	O juiz pode utilizá-las como únicas provas para condenar o investigado, sem necessidade de contraditório e ampla defesa.
	
	 
	O juiz formará sua convicção pela livre apreciação da prova produzida em contraditório judicial, não podendo fundamentar sua decisão exclusivamente nos elementos informativos colhidos na investigação.
	
	
	
		4.
		A respeito do estudo sobre as provas é correto compreender:
	
	
	
	
	
	O objeto da prova é somente o investigado no inquérito policial
	
	
	O objeto da prova é o réu
	
	 
	O objeto da prova é o fato relevante ao processo
	
	
	O objeto da prova é somente o réu do processo
	
	
	O objeto da prova é o investigado
	
	
	
		5.
		A respeito do estudo sobre as provas é correto compreender:
	
	
	
	
	
	O sujeito da prova pode ser classificado como mediato, quando a prova de relaciona ao convencimento da vítima.
	
	
	O sujeito da prova pode ser classificado como mediato, quando a prova de relaciona ao convencimento do julgador.
	
	
	O sujeito da prova pode ser classificado como imediato, quando a prova de relaciona ao convencimento da vítima.
	
	
	O sujeito da prova pode ser classificado como imediato, quando a prova de relaciona ao convencimento do promotor.
	
	 
	O sujeito da prova pode ser classificado como imediato, quando a prova de relaciona ao convencimento do próprio sujeito alcançado pela decisão judicial, ou seja, o réu.
	
	
	
		6.
		A respeito do estudo sobre a teoria geral da prova e os estudos das aulas desta disciplina, podemos identificar que as provas podem se classificar em:
	
	
	
	
	
	Prova relevante e prova útil.
	
	
	Prova importante e desinteressante.
	
	 
	Prova nominada e prova inominada.
	
	
	Prova relevante e prova inútil.
	
	
	Prova classificável e desclassificável.
	
	
	A respeito do exame pericial de local de crime, assinale a opção correta.
	
	
	
	
	
	Os vestígios extrínsecos podem ser representados pelo encontro de vômitos, manchas de sêmen e de sangue no cadáver.
	
	
	Vestígio é uma expressão genérica no meio jurídico que se refere a cada uma das informações (periciais ou não) relacionadas como crime.
	
	
	Indício é todo objeto ou material bruto constatado e/ou recolhido emlocal de crime.
	
	
	Evidência é o indício analisado e depurado, relacionado como crime por comprovação técnica e científica.
	
	 
	Os vestígios podem ser verdadeiros, ilusórios ou forjados.
	
	
	
		2.
		A respeito dos estudos das aulas sobre o conceito de perito no Código de Processo Penal assinale a opção mais adequada:
	
	
	
	
	
	pessoa especializada em determinada seara da ciência do conhecimento humano, que somada com o conhecimento jurídico é responsável pela demonstração da verdade, com o emprego de seus conhecimentos técnicos
	
	
	pessoa que possui conhecimento universal sobre a humanidade e que é convocada como qualquer do povo para exercer uma função de investigador
	
	
	pessoa especializada em determinada seara da ciência médica responsável por desvendar verdade da investigação criminal, orientando o delegado de polícia e o juiz na solução do caso concreto.
	
	 
	pessoa especializada em determinada seara da ciência do conhecimento humano distinta da jurídica, que contribui na demonstração da verdade, com emprego dos seus conhecimentos técnicos.
	
	
	pessoa muito religiosa que é capaz de aplicar os conhecimentos teológicos na investigação, que permita que todos os investigadores trabalhem em paz.
	
	
	
		3.
		A respeito das aulas sobre perícia assinale a alterativa que explique o significado de perícia:
	
	
	
	
	
	uma demonstração teórica por profissional capacitado, sobre os elementos materiais do fato criminoso, com o fim de demonstrar algo.
	
	
	uma análise técnica realizada por qualquer do povo, nomeado pelo juiz de direito, sobre os elementos materiais do fato criminoso, com o fim de demonstrar algo.
	
	
	uma análise superficial realizada por qualquer pessoa indicada pelo delegado de polícia, sobre os elementos materiais de qualquer fato.
	
	 
	uma análise técnica realizada por profissional capacitado, sobre os elementos materiais do fato criminoso, com o fim de demonstrar algo.
	
	
	uma análise técnica realizada por qualquer do povo nomeado pelo delegado de polícia, sobre os elementos materiais do fato criminoso, com o fim de demonstrar algo.
	
	
	
		4.
		Por disposição do Código de Processo Penal, o exame de ...................................... é indispensável quando a infração penal deixar vestígios, não podendo supri-lo(s) ............................................. Assinale a alternativa cujas palavras ou expressões completam corretamente as lacunas da frase acima.
	
	
	
	
	
	antecedentes ¿ as alegações da vítima
	
	
	histórico ¿ os depoimentos de terceiros
	
	 
	corpo de delito ¿ a confissão do acusado
	
	
	depoimentos ¿ os antecedentes do suspeito
	
	
	retrato falado ¿ o reconhecimento
	
	
	
		5.
		De acordo com Cavalcante (1985) a Criminalística apresenta os seguintes princípios: I ¿ Princípio da Intercomunicabilidade II ¿ Princípio da