A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
203 pág.
Guia de Bolso de Procedimentos de Enfermagem

Pré-visualização | Página 25 de 29

DEFINIÇÃO 
Permite a mudança de roupa enquanto a pessoa permanece na cama. O 
objectivo é proporcionar uma cama confortável e limpa. 
 
FUNDAMENTAÇÃO 
Uma cama limpa, fresca e confortável é muito importante para as pessoas 
que têm de passar muito tempo nela. Uma cama confortável é fisicamente 
relaxante e prevenir serias complicações. Se não for dada a devida 
atenção à cama e roupa, podem ocorrer problemas, tais como: 
• Irritação da pele devida aos corantes e branqueadores da 
roupa; 
• Pele esfolada nos calcanhares por esfregar nos lençóis, 
especialmente nas costuras; 
• Úlceras de pressão por estar deitado em lençóis enrugados; 
• Irritação da pele e desconforto devido a lençóis húmidos. 
 
A avaliação de enfermagem determina se a pessoa deve permanecer na 
cama ou pode levantar-se enquanto a roupa é mudada. Algumas pessoas 
devem permanecer na cama porque estão com restrições da mobilidade, 
ou por vezes, há indicação para estar em repouso na cama. Nestes casos 
a cama tem que ser mudada estando ocupada. 
 
Ter cuidado especial quando se posiciona pessoas com queimaduras, 
doença vascular periférica ou problemas ortopédicos. Quando um doente 
tem uma tracção, esta deve ser mantida continuamente. Para os doentes 
com queimaduras são necessários lençóis esterilizados. Deve-se evitar 
sacudir os lençóis para diminuir a propagação de bactérias. 
 
 
 
170 
OBJECTIVOS 
• Promover conforto do doente; 
• Prevenir complicações resultantes da imobilidade. 
 
 
AVALIAÇÃO INICIAL 
• Verificar se há roupa disponível na unidade. 
• Tomar nota da roupa limpa necessária. 
• Identificar os artigos especiais necessários (Cobertor extra). 
• Avaliar as capacidades da pessoa para ajudar e compreender 
as orientações. 
• Avaliar as necessidades de ajuda suplementar. 
 
PREPARAÇÃO da PESSOA e da UNIDADE 
• Explicar como é que a pessoa pode ajudar. 
• Explicar a sequência das actividades 
• Afastar da cama a mobília. 
• Assegurar a privacidade. 
• Retirar a campainha se estiver presa à roupa da cama. 
• Colocar ao alcance da mão a roupa limpa e o saco para a roupa 
suja. 
• Baixar as grades da cama. 
• Colocar a cama a uma altura adequada ao trabalho. 
 
 
MATERIAL 
Lavar as mãos antes de ir buscar a roupa. 
• Fronha da almofada. 
• Colcha (se necessário). 
• Cobertor (se necessário). 
• Lençol de cima. 
 
171 
• Resguardo. 
• Lençol de baixo. 
• Protector de colchão (se necessário). 
• Toalha de banho. 
• Saco de roupa suja. 
• Cesto da roupa. 
• Cadeira ao lado da cama para colocar a roupa. 
• Luvas (se a cama estiver suja ou molhada). 
 
 
 
 
INTERVENÇÕES DE ENFERMAGEM 
Intervenções Justificação 
→ Remover a roupa de cima. 
� Desentalar a roupa de cima. 
� Baixar a grade do seu lado. 
� Remover a colcha e cobertor 
e dobrar separadamente. 
� Deixar o lençol de cima 
sobre a pessoa ou se o 
retirar cobrir com a toalha de 
banho. 
 
 
� Permite um melhor acesso 
ao doente. 
 
� Mantém a privacidade e 
calor. 
→ Empurrar o colchão para a 
cabeceira da cama se 
necessário. Requer duas 
pessoas. 
� Agarrar o colchão pelas asas 
ou lados laterais. Pedir ao 
doente para agarrar a 
cabeceira da cama e referir 
→ O colchão tem tendência 
para deslizar para baixo 
quando a cabeceira está 
levantada. 
� Obter ajuda do doente. 
 
 
 
 
172 
quando deve fazer força. 
� Com as pernas afastadas, 
transportar o peso do corpo 
de uma perna para a outra, 
dobrando os joelhos, ao 
mesmo tempo que puxa o 
colchão para cima, no 
momento em que contar até 
três. 
 
� Usar os músculos das 
pernas como força motriz 
poupa energia e previne 
lombalgias de esforço. 
→ Posicionar o doente no lado 
mais afastado da cama, em 
decúbito lateral com as costas 
voltadas para si. Reposicionar a 
almofada debaixo da cabeça. 
→ Proporciona espaço para 
colocar a roupa lavada. O 
doente deve utilizar a grade 
da cama para se voltar. 
 
→ Preparar a base da cama. 
� Desentalar o lençol debaixo 
do seu lado da cama, 
movendo-se da cabeça para 
os pés. 
� Dobrar, a todo o 
comprimento, a roupa 
debaixo (resguardo, lençol), 
tão perto da pessoa quanto 
possível 
 
� É mais eficiente 
completar um lado da 
cama antes de começar o 
outro. 
� Proporciona uma área de 
trabalho maior e maior 
conforto quando a pessoa 
mais tarde rolar de costas 
sobre a roupa. 
→ Fazer a base de um dos lados 
da cama. 
� Ajustar o lençol debaixo ao 
colchão do lado dos pés da 
cama. Manter a parte central 
dobrada, no meio do 
colchão. Abrir o lençol a todo 
 
 
173 
o comprimento. Dobrar em 
pregas planas no meio da 
cama 
� Entalar os cantos do lençol 
debaixo, em caixa, do lado 
da cabeceira da cama 
� Colocar resguardo se 
necessário. 
→ Ajude a pessoa a rolar para o 
lado voltado para si. 
� Subir a grade da cama. 
 
 
� Segurança e protecção. 
→ Mude a cadeira com o resto da 
roupa lavada, para o outro lado 
da cama, ao alcance fácil. 
→ Poupa tempo e energia. 
→ Fazer o outro lado da cama. 
� Esticar o lençol e o 
resguardo. 
� Enrolar a roupa suja e 
colocar aos pés da cama. 
� Esticar a roupa dobrada em 
pregas ate a borda da cama. 
Colocar a pessoa em 
decúbito dorsal. 
Reposicionar a almofada. 
� Seguir os mesmos passos 
descritos anteriormente. 
 
 
 
 
 
� Verificar se não ficam 
objectos juntos com a 
roupa suja. 
→ Colocar a roupa de cima. 
� Colocar o lençol de cima 
dobrado, com a dobra central 
ao meio da cama. Abrir da 
cabeça para os pés. Depois 
 
� Deixar roupa suficiente 
para fazer uma dobra à 
altura dos ombros. Parte 
mais macia voltada para o 
 
174 
desdobrar sobre a pessoa. 
� Pedir a pessoa para segurar 
a parte superior do lençol ou 
entala-lo debaixo dos 
ombros. 
� Agarrar o lençol e toalha de 
banho sujos e fazer 
escorregar ate aos pés da 
cama, ao mesmo tempo que 
se faz escorregar o lençol 
lavado. 
� Colocar o cobertor dobrado 
sobre a parte média do peito 
da pessoa. Abra-o sobre ela 
de um lado ao outro e depois 
da cabeça aos pés. 
doente. 
� Impede que a pessoa 
fique exposta. 
 
 
� Mantém privacidade. 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
� Colocar a colcha da mesma 
forma descrita com o 
cobertor. 
� Entalar a roupa de cima 
debaixo do colchão. Pedir ao 
doente par realizar a 
dorsiflexão antes de entalar 
a roupa de cima. Fazer os 
cantos às três camadas de 
roupa ao mesmo tempo. 
� Levantar as grades da cama. 
� Mudar-se para o outro lado, 
baixar a grade e realizar o 
canto como anteriormente. 
� Deixar colcha suficiente 
para cobrir os ombros. 
 
� Entalar as três camadas 
de roupa ao mesmo 
tempo. A roupa em cima 
muito apertada pode 
causar a queda do pé. 
→ Se necessário levantar a → Proporciona conforto 
 
175 
cabeceira da cama. 
 
enquanto muda a fronha da 
almofada. 
→ Mudar a fronha da almofada. 
� Retirar a fronha suja e 
colocar no saco de roupa 
suja. 
� Colocar a fronha limpa 
 
→ Ajuste a cama como for 
necessário. 
→ Promove o conforto e a 
segurança. 
 
 
ACTIVIDADES FINAIS 
 
• Colocar a campainha no local. 
• Levantar as grades da cama como necessário. 
• Voltar a colocar a cadeira e a mesa de refeições ao alcance 
da pessoa. 
• Dar destino adequado ao saco com a roupa suja, seguindo a 
politica da instituição para este caso. 
• Verificar o correcto alinhamento do corpo do doente. 
 
NOTAS: 
______________________________________________________ 
______________________________________________________ 
______________________________________________________ 
______________________________________________________ 
______________________________________________________ 
______________________________________________________

Crie agora seu perfil grátis para visualizar sem restrições.