Perfil Constitucional dos Impostos - Resumo
3 pág.

Perfil Constitucional dos Impostos - Resumo


DisciplinaDireito Tributário I16.057 materiais261.135 seguidores
Pré-visualização3 páginas
1
Perl Constitucional dos Impostos
Impostos federais
Imposto de Exportação:
Extrascal.
Intervir em situações sociais e econômicas.
A ideia é desonerar os produtos que saem e onerar os que estão entrando no Brasil.
O seu Fato Gerador é, então, a saída da mercadoria do território nacional.
Imposto de Importação:
Extrascal.
Fato gerador a entrada de mercadoria estrangeira no território nacional.
Para determinar a entrada da mercadoria no Brasil, foi criada uma cção jurídica
para se ter maior precisão desse momento. O Fato Gerador, então, vai ser considera-
do no dia do registro da declaração da importação.
Imposto sobre Operações Financeiras:
Extrascal.
Incide sobre cinco operações: crédito; câmbio; seguros e títulos; valores mobiliários
e ouro como ativo nanceiro ou instrumento cambial (IOF Ouro).
Imposto sobre Produtos Industrializados:
Extrascal.
Incide sobre o processo de industrialização e atualmente ele tem grande importância
arrecadatória.
É um imposto indireto.
Direito Constitucional Tributário
Direito Tributário
2
Imposto de Renda:
Incide sobre a renda e proventos de qualquer natureza.
É progressivo. uma graduação de alíquotas conforme a capacidade contributiva
da pessoa.
Imposto sobre Propriedade Territorial Rural:
A base de cálculo do ITR é o valor da terra nua.
Não tem como nalidade principal a arrecadação. As suas alíquotas são xadas de
forma a desestimular a manutenção de propriedades improdutivas.
Imposto sobre Grandes Fortunas:
Até hoje não foi criado.
Se ele for criado em algum momento, deverá ser por meio de lei complementar e a
competência é federal.
Impostos estaduais
Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços:
Abrange os serviços de transporte interestadual e intermunicipal e os de comunica-
ção. Ademais, para ser reconhecida como mercadoria ensejadora de incidência do
ICMS, é preciso que haja habitualidade acrescida de volume a m de que se permita
a aferição do interesse comercial.
Imposto sobre Transmissão Causa Mortis e Doação:
Incide sobre a aquisição de bens.
Os herdeiros e legatários, e o doador e donatário, guram como sujeito passivo a
depender do que a lei estadual venha a dispor.
Sujeito ativo: Se for bem imóvel, o sujeito ativo será o Estado onde se localiza o imó-
vel. Já se for bem móvel, o pagamento de ITCMD deve ser ao Estado do domicílio do
doador ou do último domicílio do de cujus.
Imposto sobre Propriedade de Veículo Automotor:
Fato gerador: ser proprietário ou possuidor com ânimo de domínio de veículo auto-
motor terrestre.
Não existe uma lei complementar de normas gerais regulamentando o IPVA, até
agora. Então, enquanto ela não vem, os estados tem competência estadual legisla-
tiva plena.
Base de cálculo: o valor venal do veículo.
3
Impostos municipais
Imposto sobre Serviços de Qualquer Natureza:
Base de cálculo: é o preço do serviço.
Sujeito passivo: é o prestador do serviço.
Perl denido pela LC 116 de 2003. Os serviços tem que estar elencados na lista
em anexo da LC. Essa lista seleciona os mercados autônomos , e não os serviços
autônomos.
Imposto sobre Transmissão de Bens Imóveis:
Incide sobre a transmissão de bens imóveis, inter vivos, de forma onerosa.
Sujeito passivo: depende da lei local para sua denição.
Sujeito ativo: Município onde se localiza o imóvel.
Imposto sobre Propriedade Predial e Territorial Urbana:
Fato gerador: propriedade, domínio útil ou posse de bem imóvel por natureza ou
acessão física, localizado em zona urbana.
Base de cálculo: valor venal do imóvel.
A zona urbana precisa estar demarcada pela Lei de Zoneamento e também ter que,
pelo menos, dois melhoramentos urbanos, que estão lá no art. 32 do CTN.