Relatório Parcial Prointer I Empreendedorismo
19 pág.

Relatório Parcial Prointer I Empreendedorismo


DisciplinaProinter708 materiais3.535 seguidores
Pré-visualização4 páginas
ANHANGUERA EDUCACIONAL \u2013 CENTRO DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA
Unidade de Apoio Presencial \u2013 Polo Novo Hamburgo/RS
 Curso de Tecnologia em Gestão Pública
Maikel Lucimar Simon \u2013 RA 5339636282
Projeto Interdisciplinar Aplicado aosCursos Superiores de Tecnologia I (PROINTER I):1
Relatório Parcial
Tutor EAD: RodrigoShimasaki
Tutor Presencial: Frederico Monberger Neto
NOVO HAMBURGO
2017
Projeto Interdisciplinar Aplicado ao Curso Superior de
 Gestão Pública - Prointer I
Projeto Interdisciplinar apresentado ao curso de Tecnologia de Gestão Pública da Universidade Anhanguera como requisito parcial à obtenção de nota para aprovação da disciplina de Projeto Interdisciplinar aplicado aos cursos de Tecnologia I.
Tutor Eletrônico:RodrigoShimasaki
Tutor (a) de Sala:Frederico Monberger Neto
 NOVO HAMBURGO
 2017
SUMÁRIO
1 INTRODUÇÃO	4
2 DESENVOLVIMENTO	5
2.1 DESCRIÇÃO DA EMPRESA ESTUDADA	5
2.2 ENTREVISTA COM EMPREENDEDOR/ QUESTIONÁRIO	6
2.2.1 Análise da Entrevista	10
3 PLANO DE NEGÓCIOS	12
3.1 SUMÁRIO EXECUTIVO	12
3.2 APRESENTAÇÃO DO NEGÓCIO	13
3.2.1 Apresentação dos sócios	13
3.3 DEFINIÇÃO DO NEGÓCIO	13
3.3.1 Mercado Potencial	14
3.3.2 Diferencial da empresa	14
3.3.3 A empresa	15
3.3.4 A equipe	15
4 MATRIZ SWOT	15
4.1 DEFINIÇÃO DA MATRIZ SWOT	15
4.2 MODELO DE MATRIZ SWOT DO NEGÓCIO	16
4.2.1 Análise ambiental	16
4.2.1.1 Forças	16
4.2.1.2 Fraquezas	17
4.2.1.3 Oportunidades	17
4.2.1.4 Ameaças	18
CONCLUSÕES	18
REFERÊNCIAS	19
1INTRODUÇÃO
Na prática o empreendedorismo costuma ser definido como o processo pelo qual as pessoas iniciam e desenvolvem seus próprios negócios (OLIVEIRA, 2012). Entretanto, ser empreendedorismo compreende uma atividade complexa que envolve diversos aspectos como planejamento, gestão, análise de riscos, detecção de oportunidade de mercado, entre outros. Logo, é notável o grande número de empreendedores que vêm seus negócios encerarem as atividades em um curto período de tempo em conta de um planejamento insatisfatório. Por outro lado, muitos são os casos que pessoas criam produtos ou serviços que geram valor mercadológico e são bem sucedidos.
Hoje em dia o empreendedorismo é um fenômeno global, o qual ganha ênfase nos grupos de investimento, governos centrais e regionais, universidades e instituições publicas e privadas empenhadas em desenvolver novas atividades que gerem riquezas. No Brasil o termo Empreendedorismo eclodiu na década de 1990 atendendo as necessidades de multiplicação, compactação e segmentação dos negócios em conta das profundas mudanças na economia (ANGELO, 2003). 
Visto isso, ao decidir iniciar um novo negócio é fundamental conhecer o produto ou serviço que se pretende trabalhar. Entretanto, apenas isso não basta, é necessário muito estudo, análise e planejamento a fim de detectar e minimizar possíveis riscos para o empreendimento. Por tanto, a elaboração de um Plano de Negócio é tarefa essencial, somente assim será possível obter o conhecimento detalhado do empreendimento, clientes, fornecedores, concorrência, das tendências de mercado, da situação financeira e principalmente, do caixa.
Por isso, nos capítulos subsequentes será apresentada uma entrevista com um empreendedor, em seguida a mesma será analisada e confrontada com conceitos teóricos de autores. Após isso, será construído um plano de negócios de uma empresa fictícia, bem como a matriz SWOT do negócio. E, por fim, apresenta-se a conclusão do estudo. 
2DESENVOLVIMENTO
2.1 DESCRIÇÃO DA EMPRESA ESTUDADA
A empresa em qual foi realizada a pesquisa chama-se Vidraçaria Ferrabrás ME, esta localizada na Rua Rolante 761 em Sapiranga \u2013 Rio Grande do Sul. As atividades exercidas pela empresa estão relacionadas ao comércio de vidros através de vendas e instalações de box de vidro, espelhos, vitrines, portas e janelas de vidro, corrimões, entre outros.
A Vidraçaria Ferrabrás possui atualmente dezesseis anos de história e conta com um quadro de cinco funcionários. O entrevistado foi Eduardo Quadros, o sócio fundador da empresa. Atualmente, ele realiza atividades de gestão do negócio, bem como de contabilidade dos lucros. 
2.2 ENTREVISTA COM EMPREENDEDOR/ QUESTIONÁRIO
A seguir apresentam-se as questões respondidas pelo entrevistado na integra:
(a) Que fatores o influenciaram a se tornar um empreendedor? 
Os fatores que mais influenciaram foram o desejo de ter meu próprio negócio, aumentar minha renda, o surgimento de um bom projeto na época e o fato de que eu disponibilizava do capital inicial necessário no momento da implementação do projeto, não pensei duas vezes resolvi abrir meu próprio negócio.
(b) Existem outros casos de empreendedores em sua família?
Existem outros casos na minha família sim. Tenho uma tia que possui uma loja de roupas fazem anos. 
(c) Sua idéia empreendedora nasceu durante seu período de estudos no colégio ou faculdade? 
Infelizmente não foi no período dos estudos, pois após concluir o ensino médio ainda tive mais alguns anos de experiência no ramo de vendas, em seguida começou a surgir estáideia e vontade de ter meu próprio negócio.
(d) Qual foi a sua educação formal? Foi relevante para o negócio?
Por enquanto tenho somente o ensino médio completo. Acredito que foi relevante sim, pois tive o privilégio de concluir o ensino médio com técnico em Contabilidade, o que me ajuda muito quando optei por abrir a empresa, pois assim tinha noções mais amplas do negócio. 
(e) Porque muitos profissionais têm medo de se arriscar em um empreendimento? 
Em minha opinião, vejo que muitos não querem sair da sua zona de conforto, pois como empregados tem seus direitos e salário garantidos. Entendo que é uma decisão bem difícil a se tomar, ainda mais quando se tem uma família que depende de você. Por outro lado, muitos têm esse sonho de ter o seu próprio negócio, mas não arriscam em meio a tantas dúvidas. Além disso, atualmente o mercado retrai um pouco os empreendedores.
(f) Como este futuro projeto poderá trazer independência ao profissional, impulsionando sua carreira e possibilitando o alcance de seus objetivos profissionais e pessoais? 
Acredito que somente após firmar este projeto no mercado, ou seja, estar com a marca bem fidelizada e estável perante meus clientes e com a garantia de produtividade e estabilidade nos serviços ofertados, então, a partir disso vou obter tanto satisfações pessoais quanto profissionais. 
(g) De que forma na teoria e na pratica a ética e as relações humanas no trabalho irão contribuir para o sucesso de um empreendimento? 
Contribuirá sim e muito para um ambiente de trabalho mais sociável e humano. Cada indivíduo é único, cada um com sua personalidade própria e quando se convive com uma ou mais pessoas é necessário respeitá-las e também ser respeitado, contribuindo assim para a realização de um bom trabalho em equipe. E a ética no trabalho é requisito básico para que seja um empreendimento de sucesso. Através dela ganhamos confiança e respeito de superiores, clientes, colegas de trabalho e funcionários. 
(h) Como você encontrou a oportunidade de empreender? 
Foi apresentando minha idéia para um amigo, o qual me propôs uma sociedade. A partir disso começamos a idealizar e viabilizar o negócio. 
(i) Como você avaliou esta oportunidade? 
Gostei muito da idéia de trabalhar com meu amigo, mas tive muitas duvidas, pois não sabia muito sobre o assunto, pois nunca tinha empreendido antes. 
(j) Você já tinha um plano de negócios? Se não, fez algum tipo de planejamento? Explique. 
Um plano de negócio nós nunca fizemos, simplesmente íamos trabalhando e todo valor que entrava se pagava as contas e o que sobrava era dividido entre nós. Desde o começo fui o responsável pela contabilidade da empresa, passamos por vários momentos de dificuldades por não termos nada planejado,