A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
3 pág.
TCC projeto nota 100

Pré-visualização | Página 1 de 1

CENTRO UNIVERSITÁRIO INTERNACIONAL UNINTER 
 
IDENTIFICAÇÃO 
 
Nome: Vania Caldas de Sousa
RU: 1296682
 
1 TEMA 
 Atuação do Pedagogo em espaços educativos não escolares.
1.1 DELIMITAÇÃO DO TEMA 
A importância do pedagogo em ambientes não escolares
2 PROBLEMATIZAÇÃO 
De que maneira o pedagogo pode atuar fora do espaço escolar, sem deixar de exercer seu papel na área educacional?
3 JUSTIFICATIVA
A cada dia que passa o pedagogo ganha mais espaço na sociedade, seja no meio formal, informal, escolar ou não, ele estar presente, garantindo o reconhecimento, que tempos atrás estava voltada apenas para educação infantil. Atualmente está adquirindo, mas espaço, proporcionando exercer sua profissão em vários setores da sociedade, como por exemplo no meio empresarial, ambiental, social, hospitalar, ONGS, igrejas e outros. 
4 OBJETIVOS 
4.1 OBJETIVOS GERAL
Analisar a importância do pedagogo fora do ambiente escolar.
4.2 OBJETIVOS ESPECIFICOS
- Apresentar o tema: A importância do pedagogo em ambientes não escolares;
- Demonstrar a importância do pedagogo fora do ambiente escolar;
- Aumentar de atividades educativas fora do âmbito escolar;
5 FUNDAMENTAÇÃO TEÓRICA 
Atualmente podemos perceber que são diversas as possibilidades de inserção do profissional pedagogo, não se limitando, apenas a sala de aula ou, ainda, ao trabalho pedagógico na escola, mas, sobretudo vão, além disso, podem atuar em gestão de hospitais, assistência social, fábricas, enfim em diversas áreas que necessitam de seus conhecimentos, intervenções pedagógicas e de seus serviços sociais oferecidos para pessoas em situação de vulnerabilidade social no sistema de proteção social básico e especial. A atuação profissional funciona conforme explicita MOURA e SUCHETTI (2006) com complemento da educação formal, na qual sua atuação está engajada em direcionar ações de intervenções para o público alvo dos espaços de intervenção.
Pensar e atuar no campo da educação, como atividade social prática de humanização das pessoas, implica a responsabilidade social e ética de dizer não apenas porque fazer, mas o que e como fazer. Isso envolve necessariamente uma tomada de posição pela pedagogia, na qualidade de dispositivo teórico e prático de viabilização das práticas educativas. (LIBANEO. P.16). 
Como hoje o Pedagogo, está sendo inserido num mercado de trabalho cada vez mais diversificado e amplo, nossas discussões tem se direcionado para compreender a dinâmica que levou a sociedade a chegar onde estamos hoje, com um discurso voltado para a inclusão social, para o voluntariado, para projetos de pesquisas, para educação formal, não formal e informal, observando o processo de ensino-aprendizagem não somente como processo para dentro da escola, da sala de aula ou do cotidiano escolar, mas um processo que acontece em todo e qualquer segmento da sociedade, seja ele qual for. 
Estamos estudando também como o Pedagogo se insere neste novo contexto social, percebendo a sua relação em diferentes espaços. “... verifica-se hoje, uma ação pedagógica múltipla na sociedade. O pedagógico perpassa toda a sociedade, extrapolando o âmbito escolar formal, abrangendo esferas mais amplas da educação informal e não-formal” (Libâneo, 2002, p.28).
Segundo afirma Veiga (1994) a prática pedagógica é uma prática social orientada por objetivos, finalidades e conhecimentos, e inserida no contexto da prática social. A prática pedagógica é uma dimensão da prática social que pressupõe a relação teoria-prática, e é essencialmente nosso dever, como educadores, a busca de condições necessárias à sua realização (p.16).
6 METODOLOGIA
Nos procedimentos práticos, este é um estudo bibliográfico sobre: a atuação do pedagogo fora do espaço escolar. A pesquisa será realizada por meio de leituras, a partir de livros, sites, artigos e fontes eletrônicas que tratam sobre o tema pesquisado. 
Analisar as ideias de alguns pensadores e filósofos sobre o tema levando em conta a importância do profissional que exerce a formação pedagógica.
REFERENCIAS
MOURA, Eliana e ZUCHETTTI, Dionora T. Explorando outros cenários: educação não escolar e pedagogia social. Revista Educação Unisinos, 109(3): 228- 236, setembro/dezembro de 2006. 
LIBÂNEO, José Carlos. Organização e Gestão da Escola: Teoria e Prática. Pedagogia e pedagogos para quê? São Paulo, Cortez, 2002.
GOHN, Maria da Glória. Educação não-formal e educador social: atuação no desenvolvimento de projetos sociais. São Paulo: Cortez, 2010. (Coleção questões da nossa época, v.1).
VEIGA, Ilma Passos Alencastro. A prática pedagógica do professor de Didática. 2. Ed. Campinas, Papirus, 1994.