APOL   Fundamentos e Metodologias Para Aquisição da Linguagem Oral e Escrita
6 pág.

APOL Fundamentos e Metodologias Para Aquisição da Linguagem Oral e Escrita

Pré-visualização2 páginas
Fundamentos e Metodologias Para Aquisição da Linguagem Oral e Escrita
Questão 1/5 - Fundamentos e Metodologias Para Aquisição da Linguagem Oral e Escrita
Leia atentamente o trecho de texto a seguir: 
\u201cÀ medida que a média de palavras por expressão aumenta, a complexidade da gramática que gerencia essas palavras torna-se mais complexas, no entanto, continua sendo deficiente em relação à dos adultos (crianças de dois e três anos). O discurso das crianças dessa idade é descrito como discurso telegráfico, omitindo pequenas palavras como determinantes e preposições\u201d.
Após esta avaliação, caso queira ler o texto integralmente, ele está disponível em: APOSO, Renato; VAZ, Francine. Aquisição da linguagem. Mestrado de informática aplicada à educação. GINAPE, Núcleo de Computação Eletrônica, UFRJ, 2002. <http://www.nce.ufrj.br/ginape/publicacoes/trabalhos/t_2002/t_2002_renato_aposo_e_francine_vaz/aquisicao.htm>. Acesso em 11 jul. 2017.
Conforme os conteúdos do texto-base O desenvolvimento da linguagem sobre a aquisição e o desenvolvimento da linguagem, assinale a alternativa correta:
	
	A
	A oração de duas palavras surge quando a criança tem entre sete e oito meses.
	
	B
	A fala da criança pequena é incoerente no estágio da palavra-frase, pois não é possível compreendê-la quando essa faz uso 
de apenas uma palavra para formar uma frase completa.
	
	C
	Logo no início do desenvolvimento da fala, as crianças utilizam mais os verbos do que os substantivos, pois expressam 
vontades, como quero e coloque.
	
	D
	As crianças com um ano de idade já são capazes de flexionar os verbos e substantivos em suas frases.
	
	E
	O processo de aquisição da língua falada dura vários anos e depende muito do ambiente. As formas difíceis tardam mais: 
conjunções, preposições e numerais, inclusive.
Questão 2/5 - Fundamentos e Metodologias Para Aquisição da Linguagem Oral e Escrita
Considere o excerto de texto a seguir: 
\u201c[Para os gerativistas, a] gramática universal pressupõe que os sujeitos falantes são aptos para desenvolver a gramática de uma língua porque todas as línguas têm um sistema numérico e que eles têm a capacidade de memória, ou seja, a produção de vários enunciados de acordo com o conhecimento adquirido ao longo da interação com outros sujeitos falantes\u201d. 
Após esta avaliação, caso queira ler o texto integralmente, ele está disponível em: BATISTA, Marília C.; DAMACENO, Narciza; ALARCÓN, Yeris G. L. Competência e Desempenho: Armadilhas da comunicação? Revista Desempenho, Programa de Pós-graduação em linguística aplicada da Universidade de Brasília, n. 16, 2011. <periodicos.unb.br/index.php/rd/article/download/16396/11676>. Acesso em: 05 jul. 2017. p. 3-4.
De acordo com os conteúdos do texto-base O desenvolvimento da linguagem sobre competência e desempenho em relação à linguagem, analise as afirmativas a seguir:
Ter competência linguística é dominar as regras gramaticais de uma língua subjacentes em todos os falantes nativos de qualquer língua humana.
As regras da gramática estão internalizadas na cabeça do locutor e fornecem a base para a sua compreensão nas relações linguísticas.
III. É possível avaliar a competência de uma criança pequena quando ela começa a falar as primeiras palavras, pois, nessa fase, ela pode formular julgamentos gramaticais, já que domina a sua língua-mãe. 
Está correto apenas o que se afirma em:
 
	
	A
	I e III
	
	B
	II e III
	
	C
	I e II
	
	D
	I
	
	E
	II
Questão 3/5 - Fundamentos e Metodologias Para Aquisição da Linguagem Oral e Escrita
Considere a citação que segue: 
\u201cSão mais complexas as operações psicológicas das estruturas da linguagem, quando a criança consegue ter a ideia de planejar, prever, comparar e deduzir. Conforme Rego [...], \u2018ao aprender a usar a linguagem para planejar uma ação futura, a criança consegue ir além das experiências imediatas\u2019\u201d.
LEANDRO, Hugo a. T.; ARANTES, Taís T.; GOMES, Nataniel dos S. O processo de aquisição da linguagem oral e escrita: Um olhar sob a perspectiva pedagógica. Revista Ave Palavra - UNEMAT, Alto Araguaia, n. 15, jul. 2013. p. 7. <http://www2.unemat.br/avepalavra/EDICOES/15/artigos/turacanataniel.pdf>. Acesso em 04 jul. 2017.
Tomando por referência os conteúdos do texto-base O desenvolvimento da linguagem sobre o uso e as funções da linguagem, analise as afirmações a seguir: 
I. Na função da linguagem, é possível distinguir os seguintes usos: afetivo, lúdico, prático, representativo e dialético.
II. No desenvolvimento da linguagem da criança, vê-se que o uso afetivo é o mais primitivo, precedendo o uso lúdico, e este último precede o uso prático; o uso representativo se elabora a partir do uso prático, enquanto o dialético é o último a se manifestar.
III. Na linguagem constituída do adulto, o uso dialético predomina, enquanto o uso afetivo, aos poucos, com a maturidade, desaparece.
IV. Os usos da linguagem pertencem a níveis diferentes de evolução e, por isso, no adulto, não coexistem, pois há condições variáveis na fala de cada indivíduo.
Agora, assinale a alternativa que apresenta as afirmações corretas:
	
	A
	Somente I, II e III estão corretas.
	
	B
	Somente II e III estão corretas.
	
	C
	Somente III e IV estão corretas.
	
	D
	Somente I e II estão corretas.
	
	E
	Somente II e IV estão corretas.
Questão 4/5 - Fundamentos e Metodologias Para Aquisição da Linguagem Oral e Escrita
Atente para a seguinte citação: 
\u201c[Por meio] da linguagem, a criança tem acesso, antes mesmo de aprender a falar, a valores, crenças e regras, adquirindo os conhecimentos de sua cultura. À medida que a criança se desenvolve, seu sistema sensorial - incluindo a visão e audição - se torna mais refinado e ela alcança um nível linguístico e cognitivo mais elevado, enquanto seu campo de socialização se estende, principalmente quando ela entra para a escola e tem maior oportunidade de interagir com outras crianças\u201d.
Após esta avaliação, caso queira ler o texto integralmente, ele está disponível em: BORGES, Lucivanda C.; SALOMÃO, Nádia M. R. Aquisição da Linguagem: Considerações da Perspectiva da Interação Social. Universidade Federal da Paraíba. Psicologia: Reflexão e Crítica, 16 (2), 2003. p. 327-336. p. 327. <http://www.scielo.br/pdf/prc/v16n2/a13v16n2.pdf>. Acesso em 07 jul. 2017.
Considerando os conteúdos do texto-base O desenvolvimento da linguagem sobre a aquisição e o desenvolvimento da linguagem, analise as afirmações a seguir:
I. O desenvolvimento da linguagem da criança no curso do primeiro semestre do segundo ano de idade é lento, mas, ao fim desse mesmo ano, uma grande aceleração se registra quanto à aquisição de respostas verbais.
II. Quando a criança pequena começa a falar as primeiras palavras, ela utiliza primeiramente os verbos, depois os substantivos e adjetivos.
III. As primeiras palavras ditas pela criança pequena têm valor de sentença.
IV. Nos primeiros dois meses de vida, os nenês emitem todos os sons da linguagem humana. 
Agora, marque a alternativa que contém as afirmações corretas:
	
	A
	Somente III e IV estão corretas.
	
	B
	Somente II e III estão corretas.
	
	C
	Somente II e IV estão corretas.
	
	D
	Somente I, II e IV estão corretas.
	
	E
	Somente I, III e IV estão corretas.
Questão 5/5 - Fundamentos e Metodologias Para Aquisição da Linguagem Oral e Escrita
Atente para a citação a seguir: 
\u201c[Piaget] descreve como as discussões entre crianças dão origem às primeiras manifestações de reflexão lógica. Algo semelhante acontece, julgamos, quando a criança começa a conversar consigo própria, como se estivesse a falar com outrem. Quando as circunstâncias a obrigam a deter-se para pensar, o mais certo é começar a pensar em voz alta. O discurso egocêntrico, dissociado do discurso social geral, acaba com o tempo por conduzir ao discurso interior que serve simultaneamente o pensamento autístico e o pensamento lógico\u201d.
Após esta avaliação, caso queira ler o texto integralmente, ele está disponível em: MORES,