LISTA 2

LISTA 2


DisciplinaQuímica Analítica Quantitativa397 materiais3.361 seguidores
Pré-visualização2 páginas
1.Barrilha, que é carbonato de sódio impuro, é um insumo básico da indústria química. 
Uma amostra de barrilha de 10 g foi totalmente dissolvida em 800 mL de ácido clorídrico 0,2 molL-1.
 O excesso de ácido clorídrico foi neutralizado por 250 mL de NaOH 0,1 molL-1. Qual é o teor de carbonato de sódio,
 em porcentagem de massa, na amostra da barrilha? R = 71,55%
NaOH + HCl -->NaCl + H2O
Base
m = n/V --> 0,1=n/0,25
n = 0,025mol
NaOH + HCl
1mol 1mol
0,025mol x
x = 0,025mol
Acido inicial
m=n/v -> 0,2=n/0,8
n = 0,16mol
Acido que reagiu
n+ = 0,16 - 0,025 = 0,135mol
Na2CO3+2HCl ->2NaCl +CO2 + H2O
106g 2mol
x 0,135mol
7,15g
10g ---100%
7,16g--x
x = 71,55%
2.1,24g de ferro impuro foi dissolvido em 20 mL de HCl 3 mol L-1, produzindo cloreto ferroso e hidrogênio.
 Após essa reação, o excesso de HCl foi neutralizado por 10 mL de NaOH 2 mol L-1. Qual é a porcentagem de pureza
 do ferro analisado? 
R = 90,32% 
Base
NaOH + HCl -->NaCl + H2O
m= n/v --> 2=n/0,01 = 0,02mol
NaOH + HCl
1mol 1mol
0,02 x
x = 0,02mol (acido em excesso)
ACIDO INICIAL
m = n/v = 3=n/0,02 ==> n = 0,06 mols
ACIDO QUE REAGIU
n= 0,06 - 0,02 = 0,04 mols
2HCl + Fe^2+ --> FeCl2 + H2 (seta indicando para cima)
2mols 55,8g
0,04mols x
 x= 1,12
1,12g ---x
1,24g ---100%
x = 90%
3.O rótulo de um produto de limpeza diz que a concentração de amônia (NH3) é de 9,5 g/L. 
Com o intuito de verificar se a concentração de amônia corresponde à indicada no rótulo, 5 mL desse produto 
foram titulados com HCl 0,1 mol L-1. Para consumir toda a amônia dessa amostra, foram gastos 25 mL do ácido.
 Qual a concentração, em g/L, da solução, calculada com os dados da titulação?
R = 8,5 g L-1
NH3 + HCl --> NH4Cl
Acido
m= n/v
0,1= n/0,025 --> n=0,0025mol
DO NH3
m = n/V ==> m=0,0025/0,0005
n= 0,5mol/L
C =m x MM ==> C= 0,5 x 17 = 8,5g/L
4.25g de NaOH impuro são dissolvidos em água suficiente para 500 mL de solução. Uma alíquota de 50 mL dessa solução gasta,
 na titulação, 25 mL de H2SO4 1 molL-1. Qual é a porcentagem de pureza do hidróxido de sódio? 
R = 80%
H2SO4 + 2NaOH --> Na2SO4 + 2H2O
Acido
m = n/v
1= n/0,025
n= 0,025mols
2NaOH + H2SO4
2mols 1mol
x 0,025mol
x = 0,05mols
0,05mols --50mL
x --500mL
x = 0,5mols de NaOH
n= m/MM --> 0,5= m/40 ==> m = 20g de NaOH
25g ----100%
20g ----x
x = 80%
5.O metal X reage com ácido clorídrico de acordo com a equação balanceada: 
X + 3HCl --> X+3 + 3Cl- + 3/2H2
Considerando que 500 mL de uma solução 3 molL-1 de HCl reagem, completamente, com 26,0 g desse metal, 
calcule a massa atômica de X.
R = 52 g
X + 3 HCl --> x^+3 + 3Cl- + 3/2H2
m= n/v --> 3=n/0,5 --> n= 1,5mols
x+ 3 HCl
x------3mols
26g----1,5mols 
x = 52g
6.Uma amostra impura de KOH, com massa igual a 16,8 g foi dissolvida em água até obter-se 300 mL de solução.
 Uma amostra de 250 mL desta solução foi neutralizada totalmente por 50 mL de H2SO4 2 molL-1. Admitindo que as 
 impurezas não reagem com ácido, determine a molaridade da solução de KOH e o teor de pureza do hidróxido de potássio.
R = 80%
2KOH + H2SO4 --> K2SO4 + 2H2O
ACIDO
m= n/v --> 2=n/0,05
n = 0,1mol
2 KOH + H2SO4
2mols 1mol
x 0,1mol
x= 0,2 mols
0,2 mol ----250 mL
x ---------300mL
x = 0,24 mol
n = m/MM --> 0,24= m/56 ==> m = 13,44g
13,44g ----x
16,8g ----100%
x = 80%
7.Uma amostra de um metal bivalente, pesando 0,195 g, foi dissolvida em 10 mL de ácido sulfúrico 0,50 molL-1. O excesso
 de ácido foi neutralizado com 16 mL de hidróxido de potássio 0,25 mol L-1. Calcule a massa atômica do metal.
R = 65 g
2KOH + H2SO4 --> K2SO4 + 2H2O
V = 16mL
M = 0,25 molar
M = n1/v --> 0,25=n1/0,016
n1= 0,004mol
2KOH + H2SO4 ---> K2SO4 + 2H2O
2mol -----1mol
0,004mol---x
x = 0,002mol (acido em excesso)
M= n1/V --> 0,50 = n1/0,01 ==> n1 = 0,005mol (acido inicial)
ACIDO QUE REAGIU
0,005-0,002 = 0,003mols
Me + H2SO4 ---> MeSO4 + H2 (seta para cima)
0,195mol ---0,003mol
z-----------1mol
z = 65u
8.Para realizar a titulação de 20 mL de NaOH de molaridade desconhecida, foram utilizados 50 mL de H2SO4 0,2 mol L-1.
 Qual a molaridade do hidróxido de sódio?
R = 1 mol L-1
H2SO4 + 2NaOH ---> Na2SO4 + 2H2O
ACIDO
m = n/V
0,2= n/0,05
n = 0,01mol
H2SO4 + 2NaOH
1mol 2mols
0,01mol x
x= 0,02mol
m = n/v
m = 0,02/0,02 = 1mol/L
9.Por lei, o vinagre (solução aquosa de ácido acético) pode conter, no máximo, 4% em massa de ácido acético (M = 0,67 mol L-1). 
Suponha que você queira verificar se o vinagre utilizado em sua casa atende as especificações legais. Para isso, você verifica que
 40 mL de vinagre são completamente neutralizados por 15 mL de uma solução aquosa de hidróxido de sódio 2,0 mol L-1. A que conclusão você chega?
R = 0,75 mol L-1
H3COOH + NaOH --->H3COONa + H2O
BASE
m = n/v
2=n/0,015
n = 0,03mol
1 mol --------1mol
x ------------0,03mols
x = 0,03 mol ácido acético
m = n/v
m= 0,03/0,04
m = 0,75 mol/L
10.Qual o volume de Mg(OH)2 0,4 molL-1 necessário para neutralizar 80 mL de HCl 1,5 molL-1?
R = 150 mL
Mg(OH)2 + 2HCl ---> MgCl2 + 2H2O
ACIDO
m = n/v
1,5=n/0,08
n = 0,12mol
Mg(OH)2 + 2HCl
1mol 2mols
x 0,12mol
x = 0,06mols
m = n/v
0,4=0,06/v
V = 0,15 L ou 150 mL
11.Um estudante verifica que 20 mL de KOH 0,3 molL-1 são necessários para neutralizar uma amostra de 30 mL de HCl.
 Determine a molaridade do HCl.
R = 0,2 mol L-1
KOH + HCl ---> HCl + H2O
BASE
M = n/v
0,3=n/0,02
n = 0,006mol
KOH + HCl
1mol 1mol
0,006 x
x = 0,006mol
ACIDO MOLARIDADE
M= n/v
M = 0,006/0,03 = 0,2mol/L
12.Que massa de carbonato de cálcio (CaCO3) é necessária para neutralizar 20 mL de H2SO4 de concentração 490 g/L?
R = 10 g
CaCO3 + H2SO4 ---> CaSO4 + H2O + CO2 (seta indicando para cima)
ACIDO
490g ----1000mL
x -------20mL
x= 9,8g
CaCO3 + H2SO4
100g---- 98g
x ----9,8g
x = 10g
13.Qual a massa de ácido fórmico (HCOOH), que, dissolvida em 500 mL de água, resulta em uma solução que é completamente
 neutralizada por 500 mL de uma solução de NaOH 1 molL-1?
R = 23 g
HCOOH + NaOH -->HCOONa +H2O
BASE
M= n/v --> 1=n/0,5 --> n= 0,5mols
HCOOH + NaOH
 46g 1mol
 x 0,5mol
x = 23g
14.Uma quantidade (1,4 g) de Iodo foi dissolvida em álcool; Em seguida, adicionou-se água até o volume de 250 mL. Dessa solução, retiraram-se 25 mL, 
que foram titulados com 5 mL de tiossulfato de sódio 0,2 molL-1. Qual é a porcentagem de pureza do iodo analisado? Dado: I2 + 2Na2S2O3 -->2NaI + Na2S4O6
R = 90,71%
I2 + 2Na2S2O3 --> 2NaI + Na2S4O6
M= n/v --> 0,2 = n/0,005
n = 0,001mol
I2 + 2Na2S2O3
1mol 2mol
x 0,001mol
x = 0,0005mol
0,0005mol -----25mL
x ------250mL
x = 0,005mol
n= m/MM
0,005= m/254
m = 1,27g
1,4g ---100%
1,27g ---x
x = 90,7%
15.Uma amostra de 0,3g de cloreto de cálcio (CaCl2) impuro foi dissolvida em água. A solução foi titulada, gastando-se 25 mL de oxalato de sódio (Na2C2O4)
 0,1 mol L-1. Qual é a porcentagem de pureza do cloreto de cálcio?
R = 92,5%
CaCl2 + Na2C2O4 ----> CaC2O4 + 2NaCl
Na2C2O4
M = n/v
0,1= n/0,025
n = 0,0025mol
CaCl2
1mol------1mol
x -------0,0025mol
x = 0,0025mol
n = m/MM
0,0025 = m/111
m = 0,28g
0,3g -----100%
0,28g -----x
x= 92,5%
16.Para determinar a porcentagem de prata em uma liga, um analista dissolve uma amostra de 0,8 g da liga em HNO3. Isso causa a dissolução da prata como íons
 Ag+. A solução é diluída com água e titulada com uma solução 0,15 mol L-1 de tiocianato de potássio (KSCN).
 É formado, então, um precipitado: Ag+ + SCN- --> AgSCN. E o analista descobre que são necessários 42 mL de solução de
 KSCN para a titulação. Qual é a porcentagem em massa de prata na liga?
R = 85,05%
Ag+ + SCN- -->AgSCN
M = n/v
0,15=n/0,042
n = 0,0063mol