A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
7 pág.
questoes sociologia

Pré-visualização | Página 1 de 2

A Sociologia se preocupa com o comportamento dos indivíduos na sociedade segundo regras sociais. Qual dessas áreas abaixo pode ser melhor pesquisada pela Sociologia?
e) Em que medida a criminalidade está associada à desigualdade social.
RESPOSTA CORRETA
Essa opção é correta porque é a Sociologia que pode associar um fato social (a desigualdade) às suas consequências, também sociais.
2) O conhecimento baseado em crenças culturais aceitas dentro de uma sociedade é chamado de: 
c) Senso comum.
RESPOSTA CORRETA
Este é o conhecimento que se baseia nas crenças culturais, mitos e costumes.
3) O Positivismo Científico deu origem à Sociologia como primeira ciência social. Qual das características abaixo não é típica dos princípios do positivismo:
 a) Contextualidade.
RESPOSTA CORRETA
Esta não é uma característica, pois o positivismo, por exaltar a razão, entende que ela é mais abstrata e está acima dos contextos.
4) Émile Durkheim desenvolveu uma teoria bastante original sobre a relação entre suicídio e fatores sociais. Sobre essa teoria, assinale a alternativa INCORRETA: 
b) Durkheim aceitava explicações sobre o suicídio que não fossem comprovadas, por exemplo, as crenças de que forças cósmicas ou tendências hereditárias provocavam tais mortes.
RESPOSTA CORRETA
Ao contrário, Durkheim manteve seu foco nos fatores sociais, tais como na coesão dos grupos religiosos, sociais e de trabalho.
Uma mulher americana de 50 anos, desempregada, viúva e sem muitos amigos se suicidou na época da Crise econômica de 1929. Qual das análises abaixo NÃO faz parte daquela feita pelas ciências sociais? 
c) De acordo com uma predisposição genética, as alterações de humor geradas na menopausa provocam depressão e podem levar ao suicídio.
RESPOSTA CORRETA
Essa resposta não é de ciência social, mas das possíveis causas biológicas do suicídio.
 A Revolução Industrial teve início na Inglaterra, porém, pouco tempo depois, atingiu os Estados Unidos e o restante da Europa Ocidental e implicou inúmeras transformações sociais, políticas, econômicas e culturais. Para muitos historiadores, o seu período de acontecimento foi: 
a) Entre os anos 1760 e 1840.
RESPOSTA CORRETA
Este é o período que se convencionou chamar de primeira Revolução Industrial
2) Até o momento da Revolução Industrial, o trabalho era artesanal e quase todo realizado à mão, daí o termo:
 b) Manufatura.
RESPOSTA CORRETA
O emprego de máquinas era ocasional e somente para algumas pequenas tarefas.
3) A partir da Revolução Industrial, há a utilização de: 
a) Máquinas para realizar o trabalho que, até então, era humano.
RESPOSTA CORRETA
Além disso, há o emprego do carvão e do vapor como insumos de energia para a produção em fábricas e indústrias, bem como em meios de transporte.
4) Em consequência à Revolução Industrial, as economias capitalistas experimentaram períodos de pujança econômica, assim como de crises agudas. A transição dos processos de produção, até então manufaturados, aprofundou o controle dos meios de produção por parte dos:
 c) Empresários capitalistas (patrões) em relação aos empregados capitalistas (trabalhadores).
RESPOSTA CORRETA
Os meios de produção e distribuição são privados e estão nas mãos das classes dominantes.
5) A Revolução Industrial apresentou diversos desdobramentos sociais a sociedades da época, entre os quais podemos citar: 
c) Pauperização dos trabalhadores, enriquecimento dos patrões e transformação radical das condições de vida dos trabalhadores.
RESPOSTA CORRETA
Os patrões, empresários capitalistas, passam a ser donos dos meios de produção e distribuição. O aumento da renda dos trabalhadores vem junto com uma jornada média de 80 horas semanais de trabalho.
1) A perspectiva sociológica segundo a qual a sociedade pode ser comparada ao funcionamento do corpo humano é: 
b) Funcionalismo.
RESPOSTA CORRETA
O funcionalismo diz respeito às diferentes funções dos indivíduos na sociedade, como em um organismo.
2) O conceito de “anomia” na obra de Émile Durkheim pode ser definido como: 
a) Um problema social patológico de desintegração social e das normas sociais.
RESPOSTA CORRETA
Trata-se exatamente de uma transformação na estrutura da sociedade que provoca uma disfunção.
3) Max Weber tenta discutir o método sociológico e a neutralidade do cientista na distinção entre valores objetivos e valores subjetivos. Sobre isso, pode-se dizer que: 
c) A distinção entre valores objetivos e subjetivos é algo que se conquista pelo método científico.
RESPOSTA CORRETA
Para Weber, é assim que se pode distinguir um juízo de valor, do tipo “isso é bom”, do valor objetivo de uma sociedade. Ou seja, se o tema da desigualdade social é importante ainda hoje, isso significa que ele tem a ver com um valor objetivo do tempo, caso contrário ela nem apareceria como um problema social. O valor subjetivo é afirmar, a partir daí, que temos que acabar com a desigualdade.
4) Qual dos exemplos abaixo não pode ser entendido dentro de uma concepção conflituosa de sociedade? 
c) A invasão da Alemanha nazista na França.
RESPOSTA CORRETA
Nesse caso trata-se mais de uma teoria da civilização que de uma concepção conflituosa da sociedade. O conflito da teoria marxista tem a ver com essas relações de opressão diárias e constantes e não necessariamente com o conflito armado que se resolve, como é o caso de uma guerra.
5) Qual dos princípios abaixo não se encaixa nas perspectivas da sociedade funcionalista, interacionista ou do conflito social?
b) Mecanicismo.
RESPOSTA CORRETA
O mecanicismo não se encaixa em nenhuma das três perspectivas, pois parte da concepção de que os indivíduos são peças que, sem funcionar, fazem com que toda a máquina social pare conjuntamente. O funcionalismo de Durkheim, no entanto, trabalha com uma disfunção que permite a continuação das atividades do corpo, mas com algumas falhas.
1) Sabe-se que a Teologia da Libertação é um movimento religioso relativamente recente que marca um rompimento com o papel tradicional das Igrejas. Diante de seus conhecimentos construídos pode-se dizer que, efetivamente, a Teologia da Libertação é um(a): 
c) movimento interno da Igreja Católica na América Latina.
RESPOSTA CORRETA
Trata-se de um movimento da Igreja na América Latina que prega o engajamento político dos líderes religiosos em prol dos mais pobres e oprimidos.
2) Karl Marx ficou bastante conhecido pela seguinte expressão: “a religião é o ópio do povo”. Leia as afirmativas abaixo e MARQUE aquela que melhor explica o que Marx queria dizer: 
a) a religião é como uma droga que impede que as massas se voltem contra a opressão.
RESPOSTA CORRETA
A religião seria uma forma de acalmar e fazer com que o povo não enxergasse a opressão imposta a eles, o que os mantinha na relação de opressão sem resistência.
3) Todas as religiões têm certos elementos em comum, contudo esses elementos são retratos de maneiras distintas a cada crença. Esses modelos de comportamento, como outros, de comportamento social, são de grande interesse para os sociólogos (principalmente os interacionistas). Em conformidade com a perspectiva interacionista, a narrativa bíblica da vida de Jesus na religião cristã poderia ser vista, do ponto de vista do comportamento religioso, como um(a): 
a) crença.
RESPOSTA CORRETA
A crença tem a ver com os dogmas e afirmações sobre a fundação da religião, como no caso da narrativa da vida de Jesus.
4) A relação entre Estado e Religião pode ser definida como laica quando: 
d) o Estado não assume uma religião oficial.
RESPOSTA CORRETA
A laicidade significa que o Estado está separado da religião, não assumindo nenhuma como oficial, mas tolerando a existência de todas.
5) Qual é a relação entre a ética protestante e o espírito capitalista, para Weber? 
a) A ética protestante é muito adequada ao capitalismo
RESPOSTA CORRETA
A ética protestante encaixa muito bem no espírito do capitalismo, pois privilegia o trabalho material como forma de sucesso. Essa ética permitiu, segundo

Crie agora seu perfil grátis para visualizar sem restrições.