A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
6 pág.
Artigo  Humanização do parto e assistência em enfermagem  ANA

Pré-visualização | Página 2 de 2

e emocional da parturiente, favorecendo a redução de riscos e complicações. Com isso é preciso o apoio do profissional de enfermagem, oferecendo-lhe conforto, segurança, uma assistência humana e de qualidade. Apoiando também os familiares e tornando o nascimento da criança num momento único e de muita alegria para todos.
Foram destacados os artigos ao decorrer do estudo aqueles que melhor enfatizaram o estudo do parto humanizado junto a assistência de enfermagem, obtendo assim resultados positivos e enriquecedores para a construção desse projeto.
CONCLUSÃO
É possível concluir diante do que foi exposto que a humanização do parto e a assistência de enfermagem beneficia a saúde e deve ser objeto de discussão nas políticas públicas, afinal existem várias pessoas que precisam ser mais informadas e ficarem cientes da qualidade do trabalho de humanização e da assistência ao parto realizado pelas enfermeiras.
Além disso, percebe-se que a assistência de enfermagem prestada a pacientes gestantes e que desejam ter o parto normal ajudam significadamente as gestantes terem uma melhor percepção da importância de optar por um parto tranquilo sem intervenções cirúrgicas.
REFERÊNCIA BIBLIOGRÁFICA
Brasil. Ministério da Saúde.Humanização do parto e do nascimento / Ministério da Saúde. Universidade Estadual do Ceará. – Brasília : Ministério da Saúde, 2014.465 p. : il. – (Cadernos HumanizaSUS ; v. 4) ISBN 978-85-334-2136-3. Acesso em 22 de novembro de 2016.
 MOURA FMJSP, CRIZOSTOMO CD, NERY IS, MENDONÇA RCM, ARAÚJO OD, ROCHA SS: A humanização e a assistência de enfermagem ao parto normal. 1 ed. Brasília- Df: Reben Revista Brasileira de Enfermagem, 2007. 4 p. Disponível em: <file:///D:/Users/a281-996/Downloads/aristotenes-silva-farias.pdf>. Acesso em: 16 nov. 2016.
SOUSA AMM, SOUZA KV, REZENDE EM, MARTINS EF, CAMPOS D, LANSKY S.: Práticas na assistência ao parto em maternidades com inserção de enfermeiras obstétricas. 1 ed. Belo Horizonte- Mg: Esc Anna Nery, 2016. 8 p. Disponível em: <file:///D:/Users/a281-996/Downloads/1414-8145-ean-20-02-0324.pdf>. Acesso em: 20 nov. 2016.
BRASIL. Humanização do parto e nascimento. 1 ed. Brasília- Df: Portal da Saúde, 2014. 1 p. Disponível em: <http://portalsaude.saude.gov.br/index.php/o-ministerio/principal/secretarias/sas/sas-noticias/13157-humanizacao-do-parto-e-nascimento-e-tema-do-novo-livro-do-ministerio-da-saude. Acesso em 10 de novembro de 2016.>. Acesso em: 20 nov. 2016.
K.M FERREIRA, L.V.M. VIANA, M.A.S.B. MESQUITA: Humanização do Parto Normal: Uma Revisão de Literatura. 1 ed. Teresina- Pi: Rev. Saúde em Foco, 2014. 1 p. 144-148Disponívelem:<http://portalsaude.saude.gov.br/index.php/o-ministerio/principal/secretarias/sas/sas-noticias/13157-humanizacao-do-parto-e-nascimento-e-tema-do-novo-livro-do-ministerio-da-saude. Acesso em 10 de novembro de 2016.>. Acesso em: 20 nov. 2016.
MARQUE, Flávia Carvalho; DIAS, Ieda Maria Vargas; AZEVEDO, Leila. A PERCEPÇÃO DA EQUIPE DE ENFERMAGEM SOBRE HUMANIZAÇÃO DO PARTO E NASCIMENTO: 2006. 47 f. TCC (Graduação) - Curso de Enfermagem, Esc Anna Nery Rev, Enfem.2006. Cap. 10.
JUSTIFICATIVA 
O interesse pelo tema surgiu da importância que se tem a PNH (Política Nacional de Humanização) e por ser um tema atual no qual essa política existe para subsidiar os princípios do SUS.
O estudo pode nos trazer uma percepção mais clara sobre o parto humanizado e sobre a assistência de enfermagem e a importância das práticas de atenção humanizada à mulher e ao recém-nascido.
OBJETIVO GERAL
Realizar uma revisão bibliográfica sobre humanização na assistência ao parto;
OBJETIVOS ESPECÍFICOS
Caracterizar a importância dos Enfermeiros na assistência ao parto humanizado;
Identificar as práticas de atenção humanizadas ao parto;
Conhecer a Política Nacional de Humanização;

Crie agora seu perfil grátis para visualizar sem restrições.