Logo Passei Direto

A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
3 pág.
12PAD aula04 doc01

Pré-visualização | Página 1 de 1

1 
 
 
Número do Evento: 1 
Nome do Evento: Cliente Entrega Pedido 
Tipo do Evento = F, ou seja orientado a fluxo. Isso indica que um Fluxo chega ao 
sistema informando a ocorrência do evento 
Estímulo = Pedido - Fluxo de dados que chega ao sistema, informando a 
ocorrência do evento. 
Ações: Não está presente no diagrama de contexto, pois representa a função 
(processo) ativada em resposta ao evento. 
Respostas: (Pedido registrado) – Não entra no diagrama de contexto pois 
representa atualização de um depósito de dados (memória essencial). 
 
A figura 5 (DFD de Contexto X Evento) , abaixo, mostra os elementos (entidade 
externa e fluxo) do diagrama de contexto a partir do evento1. 
 
 
 
 
 
 
Figura 5: DFD de Contexto x Evento 
 
Número do Evento: 3 
Nome do Evento: Cliente Envia Pagamento 
Tipo do Evento = F, ou seja, orientado a fluxo. Isso indica que um Fluxo chega ao 
sistema informando a ocorrência do evento 
Estímulo = Pagamento - Fluxo de dados que chega ao sistema, informando a 
ocorrência do evento. 
Ações: Não faz parte do diagrama de contexto, pois representa a função 
(processo) ativada em resposta ao evento. 
Respostas: Recibo_Pagamento – Fluxo de dados que sai do sistema e chega ao 
Cliente (Entidade externa) 
 
A figura 6 (DFD de Contexto X Evento) , abaixo, mostra os elementos do DFD de 
Contexto já considerando os eventos 1 e 3. 
 
 
Cliente 
Pedido 
Sistema 
ABC 
 
 
2 
 
 
 
 
 
 
 
 
Figura 6: DFD de Contexto x Evento 
 
 
E assim fazemos para cada evento e vamos acrescentando a representação do 
mesmo ao diagrama de contexto, completando com entidades externas e fluxos de 
entrada (= estímulos) e fluxos de saída (= respostas). 
 
Ao final o Diagrama de Contexto, fica conforme apresentado na figura 7 
(Diagrama de Contexto do Sistema de Controle de Pedidos). 
 
Figura 7: Diagrama de Contexto do Sistema de Controle de Pedidos 
 
Observe que: 
 Os fluxos de entrada (das entidades externas para o sistema) são os 
estímulos (coluna da lista de eventos) 
 Os fluxos de saída (do sistema para as entidades externas) são as 
respostas do sistema ao evento 
Considerações sobre Diagrama de Contextos: 
 Não pode haver fluxo de dados partindo de uma entidade externa a outra, 
já que tal fluxo representaria algo fora do sistema, já que as entidades não 
estão contidas no sistema. 
 
Resumo para elaboração do Diagrama de Contexto. 
Cliente 
Pedido 
Sistema de 
Controle de 
Pedidos 
Pagamento 
Recibo_Pagamento 
 
 
3 
 
 Desenhar a bolha que representa o sistema, com o nome do sistema no 
interior; 
 Para cada evento, representar as entidades externas envolvidas, e os 
fluxos que entram e saem do sistema; 
 As entidades externas repetidas devem representadas apenas uma vez.