Projeto técnico saúde do homem
11 pág.

Projeto técnico saúde do homem


DisciplinaProjeto de Trabalho22 materiais53 seguidores
Pré-visualização2 páginas
PORTARIA Nº 2.773, DE 19 DE NOVEMBRO DE 2013.
Instrutivo de preenchimento 
Projetos de fortalecimento e/ou aperfeiçoamento de iniciativas prioritárias da 
Política Nacional de Atenção Integral à Saúde do Homem (PNAISH) no âmbito da Rede SUS
 PROJETO MUNICIPAL DA SAÚDE DO HOMEM
	CARACTERIZAÇÃO DO PROJETO
	Município: Feliz Deserto, Estado: Alagoas, Código do IBGE: 270270
Nome do Secretário Municipal de Saúde: Iran Castro Simões
Coordenador da Atenção Básica e Saúde do Homem: 
Marleide Ribeiro de Lira
	JUSTIFICATIVA
	
O município de Feliz Deserto fica localizado entre Coruripe e Piaçabuçu, no litoral sul de Alagoas, distante 114,5 km da capital e de acordo com estimativa do IBGE sua população é de 4.345 habitantes e um IDH de 0,609, com uma média de renda per-cápta de 240,72. 74,24% dessa população estão sediadas na zona urbana do município e estão distribuídos da seguinte forma 2.131 homens e 2.214 mulheres. 
Da população estimada no município, 1.049 são de homens na faixa etária de 20 a 59 anos, fase reprodutiva, desse total de homens prevalece uma taxa de 34,1% de analfabetismo, a principal atividade econômica é agricultura, setor público (Prefeitura Municipal) e o côco, em menor escala, o corte da cana de açúcar, o artesanato, pesca e pecuária, predominando o subemprego. Com relação à situação de saneamento básico 89,7% da população é ligada a rede de água, 93,7% clorada, demais a fontes diversas, 91,7% coleta de lixo, 94,9% fossas sépticas e 97,3% ligada à rede de energia.
Com relação a morbidade, de acordo com as informações do Sistema de Informação da Atenção Básica \u2013 SIAB, consta no banco de dados 2012, 161 hipertensos cadastrados e acompanhados pela rede de serviço, desses 50% de homens na faixa de 40 a 59 anos, com relação da diabettis con Com relação às AIH\u2019s CID-10 em 2011 o município internou 120 pessoas de ambos os sexos, desses 35% homens na faixa etária de 20 a 59 anos, em 2012 até o mês de setembro, foram internados 206 pessoas, dessas 42% do sexo masculino na faixa etária de 20 a 59 anos.
Vale salientar que os agravos que aparecem de maior prevalência nessa clientela são CO2 neoplasias, A49 infecção bacteriana, K41 hérnias, K70 doenças alcoólicas, k80 coletíase, L98 outras afecções, N39 outros transtornos no trato urinário.
 O município tem uma cobertura de 100% de atenção básica, com duas Equipes de Saúde da Família e duas Equipes de Saúde Bucal, sendo que a equipe da zona urbana é detentora do PMAQ, conta também, com duas especialidades médica (ortopedia e obstetrícia), um serviço de fisioterapia e ultrassonografia que atende as necessidades de toda clientela; com relação aos demais procedimentos da média e alta complexidade são referendados para as referências do sistema de saúde que foram pactuadas para os municípios de Maceió, Penedo e Coruripe/AL.
Atualmente o município conta com uma Equipe de Saúde da Família \u201cMais Médico\u201d.
 Diante do exposto, para atender as necessidades da população masculina da faixa etária de 20 a 59 anos se faz necessário a implantação da Política de Saúde do Homem no município.
	ATIVIDADES PRIORITÁRIAS 
	 Diretriz: Acesso e acolhimento do público masculino nos serviços de saúde;
Priorizar a atenção básica no processo de implantação, respeitando as diretrizes e o perfil epidemiológico local, visando atenção integral a saúde do homem na faixa etária de 20 a 59 anos; 
Realizar ações de Promoção da saúde e prevenção primária;
Viabilizar o acesso e vínculo do usuário;
Capacitar os Técnicos sensibilizados e aptos ao cuidado integral a saúde do homem na respectiva faixa-etária;
Organização de serviços e fluxos de atendimentos do cidadão;
Monitoramento e avaliação das ações a serem realizadas.
c) Período de execução: Fevereiro/2014 a fevereiro/2015.
d) Valor estimado a ser gasto: 40.000,00 (quarenta mil reais).
	PLANILHA PROGRAMÁTICA 
Objetivo Geral: Promover a melhoria das condições de saúde da população masculina de 20 a 59 anos, contribuindo para a redução da morbimortalidade através do enfrentamento racional dos fatores de risco e mediante a facilitação do acesso as ações e serviços integrais da saúde
	Objetivos
	Ações
	Recursos
	
Organizar, implantar, qualificar e humanizar a atenção integral à saúde do homem
	 
Elaboração do projeto e apresentação ao CMS e BIPARTITE.
Elaboração do Plano Municipal da PNAISH de acordo com as diretrizes nacional;
Apresentação do Plano de Trabalho ao CMS, para apreciação/homologação;
Realizar oficina de trabalho para construção do Plano de trabalho e incorporação das ações no Plano Municipal 2014-2017.
 Realização de um seminário envolvendo os profissionais da saúde e áreas afins para o lançamento do Programa Municipal;
	
3.422,00
	
Capacitar os técnica dos profissionais de saúde e/ou outros atores envolvidos de entidades governamental, para o atendimento humanizado ao homem na faixa etária de 20 a 59 anos.
Viabilizar aporte logístico para a realização das ações da Política de Saúde do homem \u2013 20 a 59 anos, no município de Feliz Deserto.
Realizar oficinas sobre a temática Saúde do Homem, para 20 pessoas, envolvendo as Equipes de Saúde da Família e representantes dos demais setores da Prefeitura.
Viabilizar o acesso da população masculina, na faixa etária de 20 a 59 anos, aos serviços de saúde hierarquizados nos diferentes níveis de atenção e organizados em rede, possibilitando melhoria no grau de resolutividade dos problemas e acompanhamento do usuário pela equipe de saúde.
Promover articulação com as diversas áreas do governo com o setor privado e a Sociedade, compondo redes de compromisso e co-responsabilidade quanto à saúde e a qualidade de vida da população masculina;
Prestar Informações e orientação à população masculina, aos familiares e a comunidade sobre a promoção, prevenção e tratamento dos agravos e das enfermidades do homem
	Mobilização e seleção, com distribuição de convites aos participantes da capacitação
Contratação de um profissional com domínio no tema \u2013 Política de Saúde do Homem para ser o palestrante.
Organização de infra-estrutura.
Realização da capacitação.
Disponibilizar insumos básicos, equipamentos e materiais educativos sobre a Política de Saúde do Homem;
Contratação de um profissional nível superior para coordenar as ações do PNSH; 
Contratação de Serviço Laboratoriais para realizar exames preventivos na clientela.
Contratação de um profissional para realizar 01 oficina de trabalho sobre o tema que tenha experiência e conhecimento da Política Nacional da Saúde do Homem.
Viabilização do acesso e vínculo do usuário nas Unidades de Saúde.
Viabilização da garantia da referência e a contra referência do sistema, bem como, a realização dos exames preventivos, para os usuários
Realização de fóruns de debates sobre a Política de Saúde do Homem com as diversas instância da sociedade do município, tecendo redes e compromissos sociais, com vista a qualidade de vida do cidadão do município na faixa 
Realização de dois seminários de avaliação/monitoramento das ações realizadas na Política Municipal da Saúde do Homem e distribuir material educativo.
Realização de abordagem de acolhimento dentro das Unidades de Saúde, visando o vínculo do usuário ao serviço de saúde;
Realização de palestras educativas, com a demanda espontânea, esclarecendo a Política de Saúde e os agravos recorrentes na saúde do homem, distribuir material de informação.
Fazer divulgação através de carro de som.
	
5.654,00
18.000,00
4.581,00
5.378,00
630,00
2.335,00
DAS INSCRIÇÕES - CADASTRAMENTO DA PROPOSTA NO FORMSUS
	O projeto deverá ser enviado ao Ministério da Saúde até do dia 20/12/2013 através do site: http://formsus.datasus.gov.br/site/formulario.php?id_aplicacao=9250.