A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
23 pág.
#ECA AVALIANDO APRENDIZADO

Pré-visualização | Página 6 de 7

A competência é determinada pelo local da ação ou omissão
	
	
	a competência da justiça da infância e juventude é relativa
	
	 
	Ainda que diga respeito a aspectos que atrairiam a competência da Justiça Federal, a competência permanece sendo da Justiça da Infância e Juventude
	
	
	A competência é absoluta, sem qualquer exceção
	
	
	O MP possui legitimidade exclusiva para a propositura de tais ações
	
	
	
	
		4.
		Claudete tem quinze anos e praticou ato infracional na comarca da capital do Rio de Janeiro. Seus pais residem na comarca de Angra e seus avós, com quem ela reside, moram na comarca de Cabo Frio. Considerando as disposições do Estatuto da Criança e do Adolescente, no que tange à competência territorial da Justiça da Infância e da Juventude, é correto afirmar que Claudete será julgada na comarca:
		
	
	
	
	
	de Cabo Frio
	
	 
	do Rio de Janeiro
	
	
	de Angra
	
	 
	do Rio de Janeiro ou de Angra, quem conhecer primeiro do feito
	
	
	do Rio de Janeiro ou de Cabo Frio, de acordo com vontade expressa dos avós
	
		5.
		Ana tem quinze anos de idade e encontra grandes dificuldades para estudar, eis que na Comarca onde reside não foi construída escola. A jovem precisa viajar por três horas para frequentar a escola mais próxima. Neste caso, é correto afirmar que a hipótese desafia, por parte do Ministério Público, a propositura de :
		
	
	
	
	
	mandado de segurança
	
	 
	habeas corpus
	
	
	ação popular
	
	 
	Ação civil pública
	
	
	mandado de injunção
	
	
	
	
		6.
		Qual o juízo da Infância e da Juventude é competente para conhecer e julgar a prática infracional de adolescente.
		
	
	
	
	
	Juízo do local onde o adolescente estuda.
	
	 
	Juízo do domicílio da vítima ou lesado no ato infracional.
	
	
	Juízo do domicílio dos pais com quem ele reside.
	
	 
	Juízo do local da prática do ato infracional.
	
	
	Juízo da comarca mais próxima da entidade de atendimento em que ele está apreendido.
	
	
		1.
		Segundo o Estatuto da Criança e do Adolescente, conceitua-se ato infracional como:
		
	
	
	
	 
	Conduta descrita como crime ou contravenção penal.
	
	
	Infração administrativa praticada contra crianças e adolescentes.
	
	 
	Crimes cometidos contra a infância e juventude.
	
	
	Ações voltadas a proteção de jovens em situação de risco
	
	
	conduta descrita apenas como crime
	
	
	
	
		2.
		O artigo 103 do Estatuto conceitua o ato infracional como a conduta descrita:
		
	
	
	
	
	como crime, contravenção ou infração administrativa
	
	
	apenas como infração administrativa
	
	
	apenas como crime
	
	 
	apenas como contravenção
	
	 
	como crime ou contravenção
	
	
	
	
		3.
		No crime permanente (por exemplo, crime de seqüestro) a conduta se prolonga no tempo. Considere uma situação em que o agente, contando com 17 anos e 11 meses, sequestre uma pessoa e ao completar 18 anos, ele ainda não tenha liberado a vítima. Neste caso, ao ser apreendido a ele serão aplicadas as normas:
		
	
	
	
	
	do Estatuto da Criança e do Adolescente
	
	
	do Estatuto da Criança e do Adolescente e do Código Penal.
	
	 
	de proteção, por ser o agente inimputável.
	
	
	apenas da Constituição Federal
	
	 
	do Código Penal.
	
	
	
	
		4.
		Acerca do procedimento de apuração do ao infracional atribuído ao adolescente, em seu aspecto judicial, é correto afirmar que:
		
	
	
	
	 
	Comporta duas audiências: Apresentação e continuação
	
	 
	não pode resultar em medida socioeducativa
	
	
	inicia-se com queixa da vítima
	
	
	inicia-se com a denúncia formulada pelo MP
	
	
	Se dá perante à vara criminal
	
	
	
	
		5.
		No que tange ao procedimento de apuração do ato infracional atribuído ao adolescente, analise as assertivas abaixo: I - o procedimento é dividido nas fases: policial, ministerial e judicial II - No caso de ato infracional praticado com violência, será lavrado o auto de apreensão III - O Ministério Público poderá conceder remissão como forma de exclusão do processo
		
	
	
	
	
	Estão corretas as assertivas I e II
	
	 
	Todas as assertivas estão corretas
	
	 
	Estão corretas as assertivas I e III
	
	
	Estão corretas as assertivas II e III
	
	
	Todas as assertivas estão incorretas
	
	
	
	
		6.
		Na verdade, o ato infracional não é crime nem contravenção, mas sim um ato análogo a estes. Isto porque os menores de 18 anos de idade são inimputáveis segundo a CRFB, o Código Penal e o próprio ECA, que neste caso é a legislação especial que prevê medidas aplicáveis aos autores desses atos. E, devido à inimputabilidade desses menores, eles não preenchem o requisito de:
		
	
	
	
	
	infracionalidade
	
	 
	antijuridicidade
	
	 
	culpabilidade
	
	
	tipicidade
	
	
	ilicitude
	
	
	
	
		1.
		Após o estudo de todos os institutos do ECA, podemos afirmar que:
		
	
	
	
	 
	A competência dos delitos contra a infância e juventude são da Vara de fazenda pública da respectiva Comarca.
	
	
	A competência dos delitos contra a infância e juventude são da Vara Criminal da capital mais próxima.
	
	
	A competência dos delitos contra a infância e juventude são da Justiça da Infância e Juventude.
	
	 
	A previsão do artigo 227 do ECA (de que os crimes são de ação penal pública incondicionada) é desnecessária, pois a partir do momento em que a lei não traz outra modalidade de ação penal, incide a regra, sendo ela pública incondicionada, não havendo necessidade de tal disposição expressa.
	
	
	A competência é concorrente, portanto o processo pode ser ajuizado tanto na Vara Criminal quanto na Vara da Infância e Juventude.
	
	
	
		2.
		Analise as assertivas abaixo: I - O ECA prevê infrações de duas espécies: penais e administrativas. II - De acordo com o ECA, as previsões de crimes não afastam necessariamente as previsões da legislação penal. III - Os crimes previstos no ECA são de ação penal pública incondicionada Diante das alternativas acima, podemos afirmar que:
		
	
	
	
	 
	Todas as alternativas estão corretas.
	
	
	As alternativas II e III estão incorretas.
	
	
	Todas as alternativas estão incorretas.
	
	
	As alternativas I e II estão incorretas.
	
	
	Apenas a alternativa I é correta.
	
	
	
		3.
		Qual das alternativas abaixo possui uma afirmação verídica?
		
	
	
	
	
	No caso de infrações de natureza administrativa a pena estabelecida é de reclusão.
	
	
	As infrações administrativas previstas pelo ECA não são processadas e julgadas pela Justiça da Infância e da Juventude.
	
	 
	As infrações administrativas previstas pelo ECA são processadas e julgadas pela Justiça da Infância e da Juventude.
	
	
	Além da pena de multa, não são estabelecidas penas acessórias para algumas infrações
	
	
	Não se aplica às infrações administrativas a prescrição a que alude o art. 109 do Código Penal, mas sim, por analogia, as regras da prescrição de matéria de direito administrativo.
	
	
	
		4.
		Carlitos recebeu uma imagem de uma adolescente de dezesseis anos nua. Ao abrir a imagem e constatar a foto, salvou a imagem no seu computador, armazenando a mesma. Pode-se afirmar que:
		
	
	
	
	 
	Carlitos praticou crime previsto no Estatuto da criança e do adolescente
	
	 
	Carlitos praticou crime