A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
14 pág.
SAUDE DA CRIANCA E DO ADOLECENTE E SAUDE DA MULHER

Pré-visualização | Página 1 de 1

ENF. ESP. TAILMA SILVA LINO 
O aparelho reprodutor feminino é constituído: 
 
 Genitais externos 
Que propiciam condições para a copulação por meio das suas 
estruturas. 
1. Monte de vênus 
2. Grandes e pequenos lábios 
3. Clitóris 
4. Meato uretral 
5. Vestíbulo 
 
 
Genitais internos 
Que promovem a reprodução mediante a união do 
ovulo e espermatozoide. 
 
1. Vagina 
2. Útero 
3. Tubas uterinas 
4. Ovários 
 
 
Monte de Vênus estrutura superior da região vulvar, é 
constituída de tecido gorduroso, coberto de pelos. 
Protege os tecidos circundantes contra tramas 
Órgãos duplos, ricos em tecidos 
adiposo. Seus limites são as 
comissuras anterior e posterior. 
Apresentam folículos pilosos e 
glândulas sebáceas 
Órgãos duplos, ricos em 
vasos sanguíneos, composta 
de tecido conjuntivo e 
denso. Delimitam o vestíbulo 
vaginal 
Órgão erétil e cilíndrico, homólogo ao 
corpo esponjoso do pênis. Localiza-se na 
borda da comissura anterior dos lábios 
pequenos. Constituído de corpo e 
glande. Principal função proporcionar 
prazer a mulher. 
Vestíbulo fenda entra os pequenos 
lábios que se estende do clitóris à 
região posterior do hímen. É 
constituído de meato uretral, 
introito vaginal e glândulas 
acessórias 
Glândulas de Bartholin 
situadas bilateralmente os 
grandes lábios tem função 
de produzir muco 
Períneo: estende-se da borda 
inferior da abertura vaginal até 
o ânus. 
VAGINA 
Órgão tubular, a vagina se estende-se do útero até a abertura para 
o vestíbulo (terminando com o hímen nas virgens). Circundado 
pela bexiga anteriormente e o reto posteriormente. Sua 
constituição é musculomenbranoso, e a mucosa contém rugas que 
promovem sua distensão sem que haja lacrações. Quando em 
repouso, normalmente ocorrem contrações com finalidade de 
auxiliar a limpeza, expelindo seus conteúdos. 
Funções: 
1. Copulação; 
2. Menstruação; 
3. De canal. 
 
 
ÚTERO 
Órgão muscular, oco, de estrutura piriforme, medindo cerca de 
8x5x3cm. Posiciona-se na parte central da pelve, em 
anteroversoflexão, entre a bexiga e o reto. Comunica-se 
superiormente com as tubas uterinas e com a vagina, através do 
canal cervical inferiormente. 
 
Sua sustentação se dá por ligamentos: 
Ligamento Redondos: são cordões fibromusculares 
Ligamento Largo: reveste externamente maior parte dos nervos e 
vasos que nutem o útero e os ovários 
Ligamento Uterossacros: contêm vasos sanguíneos e feixes 
nervosos. 
 
 
 
O útero divide-se em regiões: 
 Corpo: parte superior 
 Fundo: área entre as trompas 
 Istmo: área intermediária e 
estreita 
 Colo uterino: área inferior 
 
 
 Útero é composto por camadas: 
 Perimétrio: serosa, mais externa 
 Miométrio: muscular, espessa 
 Endométrio: interna 
 
 
 
 
COLO UTERINO 
Formado por tecido muscular e conjuntivo. Divide-se em 
ectocérvice (região externa do colo) , endocérvice (orifício externo 
até o orifício interno do colo) e junção escamocolunar JEC (linha 
entre os dois epitélios – escamoso e colunar). 
Funções: 
Proteger o embrião e a cavidade uterina contra bactérias; 
Permitir a passagem do espermatózoide para o útero; 
Durante o parto torna possível a 
passagem do feto. 
 
 
TROMPA DE FALÓPIO 
Estrutura bilateral, localiza-se nos bordos superiores do útero, 
estendendo-se lateralmente até os ovários. 
Divide-se em 3 porções: 
 Intersticial ou intramural: porção entra em contato direto com o 
útero 
 Istmo 
 Ampola: porção mais longa, em sua 
extremidade encontram-se as FIMBRIAS 
 (região do infundíbula). 
 
 
fimbrias se aproximam as superfície 
ovariana, predispondo á captação dos 
óvulos. A mucosa interna da ampola 
apresenta cílios, os quais juntamente 
com os movimentos peristálticos, 
impulsionam o óvulo até o útero. 
 
 
OVÁRIOS 
Órgão duplo que corresponde à glândula sexual feminina, em 
formato ovoide. Liga-se ao útero pelos ligamentos ovarianos. 
Divide-se em córtex e medula interna. Sua atividade é regulada 
pela hipófise. 
Função de produzir óvulos e hormônios (PROGESTERONA E 
ESTROGÊNIO. 
 
 
 
No ovário existem 2 milhões de oócitos ao nascimento, cerca de 
400.000 folículos ainda existem na puberdade, mas apenas 400 
são ovulados durante o período reprodutivo feminino. 
 
O ovário cultiva muitos folículos mensalmente, mas em geral, um 
amadurece e alcança a ovulação. 
CICLO OVARIANO – são 
eventos associados a um 
OÓCITO em desenvolvimento 
no interior do ovário 
HIPOTÁLAMO 
ADENO-HIPÓFISE 
LH 
INICIADOR DA FASE POR 
AÇÃO DO GnRH 
(hormônio liberados das 
gonadotrofinas 
estimula 
FSH 
liberar 
Ovário a produzir 5 a 
20 folículos imaturos. 
Aumenta os níveis de 
ESTROGÊNIO liberado 
pelas células 
foliculares e o 
amadurecimento e o 
contínuo crescimento 
dessas células 
Responsável pelo 
desenvolvimento final 
e subseqüente a 
ruptura do folículo 
maduro 
Oócito maduro 
FASE FOLICULAR 
(duração média de 
10 1 14 dais) 
Pico de LH estimula 
a liberação