A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
7 pág.
AECresumo

Pré-visualização | Página 1 de 2

AEC resumo (estudar o questionario foto no celular)
Metodos de Pesquisa em Psicologia
Senso Comum: Conhecimento que vamos acumulando no nosso cotidiano (leigo).
É um dominio pequeno e superficial de uma determinada aréa.
Ciencia : Baseada na realidade cotidiana e pensamentos sobre ela / Linguagem precisa e rigorosa / Comprovado / processo cumulativo de conhecimento / objeto especifico/ tecnicas especificas.
Aspira a objetividade, pois suas conclusões devem ser passiveis de verificação e isentas de emoção, tornando-se válidas para todos.
 
Método na Psicologia
O Método Cientifico: Investigar / criar evidencias / tecer conclusoes.
Parte-se do do pressuposto que os psicólogos consideram a respeito dos comportamentos e processos mentais:​
Seguem padroes consistente / Que os eventos são explicaveis, assim, existe uma ou várias causas para fenomeno psicologico.
Ceticismo cientifico e cautela nas afirmações são importantes caract. que devem ter os pesquisadores.
Processos básicos do metodo cientifico
1- Formular uma questão p/ que ela possa ser testada empiricamente(hipotese): 
Através da hipótese – afirmação especulativa que descreve a relação entre duas ou mais variáveis;​
É necessário pensar nas variáveis da hipótese – fatores que podem variar ou mudar, e que sejam passíveis de verificação;​
Cada variável deve conter uma definição operacional, que define em termos de como ela deve ser medida
2- delineamento do estudo e coleta de dados: Qual o metodo será utlizado temos metodos: pesquisa qualititativa e pesquisa quantitativa
Cada um responde a questões específicas e fornece diferentes tipos de evidências.
3- analise de dados e conclusoes ( Significa dizer que os resultados confirmam a hipotese ).
Os dados devem ser tratados e analisados – não é uma simples reprodução do que se encontrou;​
Uso da estatística – o que significa dizer que as descobertas são estatisticamente significativas?​
4- relato dos resultados : Publicação dos resultados, informações detalhadas possiblitam a réplica, que aumenta a credibilidade cientifica. 
5- construindo teorias: São ferramentas para explicar e não afirmaçoes abslutas.
São um modelo, uma tentativa de explicação que leva em conta as divergências sobre um determinado assunto;​
Não é o mesmo que hipotese A teoria integra e reúne um grande número de resultados e observações;​ A teoria gera pressupostos e novas hipóteses​; Que, testados, confirmam ou não a teoria​
​São ferramentas para explicar, e não afirmações absolutas;​
Métodos qualitativos: Intervir numa situação insatisfatoria, mudar condicoes percebidas como transformaveisPesquisador e pesquisado tomam uma posição reativa na modificação às condições e circunstâncias indesejáveis;​
Pode ser: Observação participante, entrevista não diretiva, pesquisa ação e intervenção, estudo de caso.
Métodos quantitativos(quantidade): Usado para observar e descrever o comportamento, identificando fatores que podem estar relacionados a um fenomeno em particular. Pode ser: observação naturalista, pesquisa de opinião, métodos correlacionados, e o método experimental que é utilzado para demostrar uma relação de causa e efeito entre duas variaveis: uma mudança em uma variavel causa uma mudança em outra variavel/ deve haver uma distruibação aleatoria entre os grupos.
 Variavel dependente: o pesquisador mede a mudança produziada em um segundo fator que é a variavel dependente. Variavel indepente: fator manipulado que se supoe produzir mudanças.
A análise do comportamento compreende três áreas ampliadas do Behaviorismo: 
Behavorismo radical: filosofia
AEC: Ciencia básica - é a metodologia da ciencia do comportamento.Busca relações funcionais entre as variáveis, controlando condições experimentais. (causa e efeito). Comportamentos que podem ser gerados: Comportamento respondente: economia de energia interna, devido a dependência do meio sobre o organismo. Comportamento operante: dependência da reação do organismo para que haja mudança no ambiente
Analise Aplicada do comportamento : Ciencia aplicada.
ASSIM... A análise do comportamento não se restringe à análise experimental do comportamento.​
O objeto de interesse são as complexas interações entre organismo X ambiente (humano ou anima);
A Análise Experimental do Comportamento busca relações funcionais entre variáveis, controlando condições experimentais, manipulando variáveis independentes, e observando as mudanças causadas no comportamento (variáveis dependentes)”
Utiliza-se de relações funcionais e contingências como intrumentos para o estudo das interações organismo-ambiente. Desta forma, busca relações funcionais entre as variáveis, controlando condições experimentais, manipulando variáveis independentes (mudanças no ambiente) e observando o efeito em variáveis dependentes (mudanças no comportamento)..​
Analise funcional: relação da triplice contingencia.
Condicionamento Pavloviano
·	Pavlov (1849 – 1936) – Era um fisiologista russo, estudava salivação em cães. Interessava-se por reflexos biologicamente estabelecidos.​
·	Cães respondiam com: treinador, passos, horário, visão da comida. Depois ele fez um teste com uma sineta.​
Emparelhamento: Um estimulo incondicionado que gera uma resposta incondicionada, se emparelhado com o estimulo neutro, este vai se tornar um estimulo condicionado que gerará uma resposta condicionada.
Resposta condicionada e respostas incondiconada são diferetes, isto porque a RC é mais fraca.
·	C.Pavloviano é biologicamente adaptativo. Porque evitamos riscos, descobrimos a causa, temos mais chances de sobreviver.​
Estímulos preditivos – estímulos do meio que podem se tornar estímulos condicionados​
MEDIAÇÃO: SN Autônomo​
·	Mantém o sistema biológico interno – RESPOSTAS INVOLUTÁRIAS​
Determinantes da força do condicionamento: Frequencia dos emparelhamento, tipo de emparelhamento, intensidade do estimulo condicionado, grau de predição do estímulo condicionado, foco da atenção, curtos intervalos, com preparação biologica. 
EC e EI carregam componentes emocionais agradaveis ou desagradaveis. Emocoes precedem o estimulo incondicionado.
·	Mantém o sistema biológico interno – RESPOSTAS INVOLUTÁRIAS​
Generalização respondente: Após um condicionamento, estimulos que se assemelham fisicamente ao Ec podem passar a eliciar RC.
Gradiente de generalização: é a variação da magnitude da resposta em função das semelhanças fisicas.
Extinção Pavloviana: Acontece quando não há mais a associação entre Ec e Ei. Quando deixsa de apresentar o Ei.
Recuperação expontanea: Extingue o condicionamento e não tem novo emparelhamento.
Recondicionamento intermetente: Extingue, mas depois volta e fica mais resistente a extinção. Tem novo emparelhamento.
A esquiva impede ou retarda a extinção.
Contracondicionamento: É um novo condicionamento e oposto ao antigo.
DS: emparelhamento com relaxamento.
Condicionamento de ordem superior: Acontece quando um Ec é criado a partir de um outro Ec, e não de um Ei.
·	Usa-se o conhecimento do Cond. Pavloviano para tornar o produto mais atrativo: o produto é o estímulo neutro, emparelhados com objetos, pessoas ou situações que as ​pessoas gostam.​
·	Após vários emparelhamentos,​o produto elicia respostas ​prazerosas.​
Principais ferramentas do laboratório de psicologia experimental 
Excel: Ferramenta que ajuda a computar e a analisar dados. É importante identificar seus principais comandos, que podem auxiliar a apresentar determinadas informações, tais como:Média;Moda;Desvio padrão;Teste gráficos etc. 
SniffyPro: Programa que veio substituir os experimentos realizados com ratos na caixa de Skinner. Chegaram à conclusão de que não era necessário submeter animais a situações de estresse nem a privações de comida e bebida apenas para explicar e não para trazer resultados inovadores. 
Objetivos: Avaliar a relação entre teoria e prática sobre os conteúdos ministrados nas