Anamnese e Fatores de risco
15 pág.

Anamnese e Fatores de risco


DisciplinaAdministração Odontologica I5 materiais28 seguidores
Pré-visualização1 página
f l a v i o n a d e r @ m e . c o m
Prof. Flávio Nader Gross de Araújo 
Mestre em Cirurgia TBMF 
Especialista em Patologia Bucal 
Co-coordenador da especialização em Implantodontia ABO Taguatinga 
Speaker Tissue Care Club
 Flávio Nader Gross de Araújo 
c~íçêÉë=ÇÉ=êáëÅç=Éã=fãéä~åíçÇçåíá~
\u201cUm paciente de risco é aquele no qual 
a aplicação rigorosa do protocolo 
padrão não oferece os resultados 
esperados"
osseointegração
técnicas reconstrutivas 
macro e micro design 
CAD-CAM 
estética
time line da implantodontia
Sucesso!!?
Sucesso?
Sucesso?
Sucesso!
Realidade!!!
Estabilidade
Flávio Nader Gross de Araújo
Aprovado Cautela Perigo
Saúde geral
Infarto antigo Angina doença coronariana
Infarto Recente 
Valvulopatias 
Ins. Card. Grave
Ins. Renal 
Diabetes 
Anemia 
HIV positivo
Imunodeficiencia 
Câncer desenvolvido 
Hemofilia 
Transplante
Osteoporose
Osteomalácia 
Osteogênese Imperfeita 
Doença de Paget 
Uso de Bifosfonados
+ de 18 anos
Idoso 
Gravidez 
Alcoolismo 
Tabagismo severo
- de 16 anos
Fatores de risco
Aprovado Cautela Perigo
Demanda estética
Fenótipo Gengival Espesso Moderado Fino
Linha do sorriso Baixo Alto
Formato dos dentes Quadrado Triangular
Dente adjacente Dente Rebordo Edentulo Implante
Etiologia do Edentulismo
Cárie sim
Trauma sim
Doença Periodontal sim
Trauma Oclusal sim sim
Fatores de risco
Fatores de risco gerais \u2022 Cardiopatia arteriosclerótica
\u2022 Estresse emocional ou exercícios físicos
\u2022 Dor subesternal mal localizada, que pode irradiar-se para o 
braço esquerdo e mandíbula
Demanda transitória de oxigênio , de parte do miocärdio, superior ao 
suprimento de oxigênio fornecido às artérias coronárias 
Angina Pectoris
\u2022 ETIOLOGIA: 
Aterosclerose, vasculites das coronárias e traumatismo
\u2022 SINTOMAS
Dor subesternal que pode irradiar-se para o braço esquerdo ou 
mandíbula e estar associado com falta de ar, palpitações e 
náuseas
Infarto do Miocárdio
É a morte celular de parte do miocárdio, devido a isquemia 
prolongada da região \u2022 Tempo decorrido do infarto
\u2022 Presença de outras patologias cardiovasculares
\u2022 Presença de outros fatores de risco
\u2022 Verificar uso de medicação
\u2022 Consultar o médico
Infarto do Miocárdio
\u2022 ATÉ 6 MESES PÓS INFARTO 
ADIAR PROCEDIMENTOS INVASIVOS
\u2022 6 MESES A 1 ANO 
PROCEDIMENTOS PALIATIVOS, REDUÇÃO DE ANSIEDADE, 
LIMITAÇÃO DE ADRENALINA
\u2022 APÓS 1 ANO 
REDUÇÃO DE ANSIEDADE, LIMITAÇÃO DE ADRENALINA
Infarto do Miocárdio
\u2022 ANOREXIA, FRAQUEZA, PRURIDO, NÁUSEA E 
LETARGIA
\u2022 DISPNÉIA, HIPERTENSÃO E EDEMA 
PERIFÉRICO
Distúrbios Renais
\u2022 CONSULTAR O MÉDICO
\u2022 DETERMINAR OS SINTOMAS
\u2022 SINAIS VITAIS
\u2022 HEMOGRAMA
\u2022 COAGULOGRAMA
\u2022 URÉIA, CREATININA, ELETRÓLITOS
\u2022 TIPO DE DIÁLISE
Distúrbios Renais
\u2022 ADIAR TRATAMENTO PARA O DIA POSTERIOR A DIÁLISE 
\u2022 CONTRA-INDICAÇÃO DE ASPIRINA E AINES 
\u2022 AVALIAR SUPLEMENTO DE ESTERÓIDES E PROFILAXIA 
ANTIBIÓTICA 
\u2022 AVALIAR ANEMIA, HIPERTENSÃO OU NÚMERO DE 
PLAQUETAS
Distúrbios Renais
\u2022 PREVALÊNCIA DE 1,7% ENTRE OS 25 E 44 ANOS E DE 7,9% 
APÓS OS 65 ANOS
\u2022 POLIDIPSIA, POLIÚRIA, POLIFAGIA E PERDA DE PESO
\u2022 GLICEMIA EM JEJUM ACIMA DE 120mg/dl
\u2022 COMPLICAÇÕES METABÓLICAS, VASCULARES, NEUROLÓGICAS 
E RISCO DE INFECÇÃO
Diabetes Mellitus
\u2022 tipo I - infância e adolescência
- ataque do sistema imune às células do pâncreas.
- doses diárias de insulina.
\u2022 tipo II - Tardio
- resistência à insulina - falência das células beta do pâncreas
- adultos, obesidade, medicamentos.
Diabetes Mellitus
Fatores de risco Específicos
Problema Periodontal
- Adequação do meio bucal 
- Saúde periodontal
Tjan & Miller, 1984 
454 casos
11% 69% 20%80%
Linha do Sorriso
Estabilidade tecidual
Fenótipo gengival
Mucosa queratinizadaTecido conjuntivo
Fenótipo gengival
Posição tridimensional do implante: 
vestíbulo-palatina
Posição tridimensional do implante: 
vestíbulo-palatina
Posição para coroa cimentada
Posição para coroa cimentadaPosição para prótese parafusada
Sobrecontorno palatino e falta de espaço protéticoPosição mista:
-Possibilidade de cimentar ou parafusar a coroa
-Em carga imediata, melhor comportamento da 
coroa parafusada
-Uso do componente para provisório e 
posterior seleção do componente definitivo
-Espessura adequada para revestimento 
estético da coroa
Parafunção!!
Flávio Nader Gross de Araújo
f l a v i o n a d e r @ m e . c o m
Prof. Flávio Nader Gross de Araújo 
Mestre em Cirurgia TBMF 
Especialista em Patologia Bucal 
Co-coordenador da especialização em Implantodontia ABO Taguatinga 
Speaker Tissue Care Club