Avaliando Aprendizado
6 pág.

Avaliando Aprendizado


DisciplinaDireito Internacional5.732 materiais45.570 seguidores
Pré-visualização3 páginas
1a Questão (Ref.: 199703386444)
	Pontos: 0,1  / 0,1
	A partir da criação da Organização das Nações Unidas (ONU), pode-se afirmar que o uso da força está proibido na ordem internacional. A Carta da ONU admite, entretanto, duas exceções a essa vedação, com base na
		
	
	existência de armas de destruição em massa e na violação sistemática dos direitos humanos
	 
	legítima defesa e nas ações do Conselho de Segurança para a manutenção da paz
	
	posse de armas nucleares e no não pagamento da dívida externa
	
	discriminação empreendida por motivos raciais e no apoio a atos terroristas
		
	
	
	 2a Questão (Ref.: 199702807036)
	Pontos: 0,1  / 0,1
	VI Exame de Ordem Unificado
O Pacto Internacional dos Direitos Econômicos, Sociais e Culturais e o Pacto Internacional dos Direitos Civis e Políticos preveem em seu texto mecanismos de proteção, efetivação e monitoramento dos Direitos Humanos consagrados em seus respectivos textos. É correto afirmar que, em ambos os pactos, encontra-se o seguinte mecanismo:
		
	
	sistemática de petições, que deverão ser elaboradas e protocoladas por um Estado-parte diferente daquele que está sendo acusado.
	
	envio de relatórios sobre medidas adotadas e progressos alcançados, que deverão ser elaborados e protocolados por um Estado-parte diferente daquele que está sendo analisado.
	
	acusação de regresso de proteção dos direitos, que poderá ser protocolada por qualquer Estado-parte, inclusive o próprio analisado.
	 
	envio de relatórios sobre medidas adotadas e progressos alcançados.
		
	
	
	 3a Questão (Ref.: 199703338477)
	Pontos: 0,1  / 0,1
	O MERCOSUL é um organismo internacional que visa à integração econômica de países que se localizam geograficamente no eixo conhecido como Cone Sul, nos termos do Tratado de Assunção (1991) e do Protocolo de Ouro Preto (1994). Sobre o sistema de solução de controvérias do MERCOSUL, assinale a afirmativa correta.
		
	
	Provisoriamente estabelecido no Protocolo de Brasília (1993), o sistema de solução de controvérsias do MERCOSUL encontra-se, atualmente, normatizado pelo Protocolo de Ouro Preto (1994), que estabeleceu a estrutura orgânica definitiva do definitiva do bloco.
	 
	O sistema de solução de controvérsias do MERCOSUL, atualmente normatizado nos termos do Protocolo de Olivos (2002), estabeleceu como instância final judicante o Tribunal Permanente de Revisão.
	
	O MERCOSUL não possui um sistema próprio de solução de controvérsias, adotando, nos termos do Tratado de Assunção, o sistema estabelecido no Anexo II do Tratado de Marrakesh para a Organização Mundial do Comércio.
	
	O sistema de soluções de controvérsias do MERCOSUL somente foi normatizado pelo Protocolo de Las Leñas (1996), que estabeleceu os procedimentos de cooperação e assistência jurisdicional em matéria civil, comercial, trabalhista e administrativa.
		
	
	
	 4a Questão (Ref.: 199702811053)
	Pontos: 0,1  / 0,1
	O Conselho de segurança da Organização das Nações Unidas:
		
	
	É composto de cinquenta e quarto membros das Nações Unidas, eleitos para um período de três anos, detendo como atribuição primeira a de realizar estudos e apresentar relatórios acerca de assuntos internacionais de caráter econômico, social, cultural, educacional, sanitário e conexos.
	
	É o principal órgão judicial da Organização das Nações Unidas e se encontra localizado em Haia, na Holanda.
	 
	Foi criado para ser o principal órgão das Nações Unidas, é composto por dez membros não permanentes e cinco membros permanentes.
	
	É composto por todos os membros da organização, cabendo a cada Estado-Membro apenas um voto e podendo ser representado por, no máximo, cinco representantes.
	
	É órgão administrativo, compreendendo um secretário geral, que o dirige e é auxiliado por pessoal escolhido mediante o mais amplo critério geográfico possível.
		
	
	
	 5a Questão (Ref.: 199702809255)
	Pontos: 0,1  / 0,1
	VII Exame de Ordem Unificado
Joana, funcionária de um hospital, decide adotar um recémnascido. Porém seu pedido de licença\u2010maternidade é negado, por falta de previsão legal. Inconformada Joana ingressa na Justiça Trabalhista, onde recebe decisões favoráveis à luz dos princípios constitucionais, inclusive do Tribunal Superior do Trabalho. Porém, em última análise do caso, o Supremo Tribunal Federal decide pela denegação do pedido de licença maternidade, operando\u2010se o trânsito em julgado da decisão. Segundo o Sistema Interamericano de Direitos Humanos, qual será a alternativa correta:
		
	
	Como a proteção da família não está garantida pelo Pacto de São José da Costa Rica, Joana terá sua petição inadmitida pela falta de cumprimento do requisito previsto na Convenção Americana de Direitos Humanos.
	
	Como a questão já transitou em julgado no Poder Judiciário do país acusado, Joana terá sua petição inadmitida pela falta de cumprimento do requisito previsto na Convenção Americana de Direitos Humanos.
	 
	Joana poderá ter sua petição admitida pela Comissão Interamericana de Direitos Humanos, que poderá continuar a analisar o mérito do assunto mesmo que o Brasil tenha alterado a legislação sobre o tema após a decisão do caso de Joana pelo STF, passando a beneficiar mães adotivas, em face da impossibilidade de retroatividade da norma para atingir coisa julgada.
	
	Joana não poderá ter sua petição admitida, em razão de ser requisito indispensável que estivesse representada por um Estado\u2010membro da Organização dos Estados Americanos, para apresentar à Comissão Interamericana de Direitos Humanos a petição que contém denúncia ou queixa de violação da Convenção Americana de Direitos Humanos por um outro Estado\u2010parte do qual é nacional.
	 1a Questão (Ref.: 199703196612)
	Pontos: 0,1  / 0,1
	XII EXAME DE ORDEM UNIFICADO Um agente diplomático comete um crime de homicídio no Estado acreditado. A respeito desse caso, assinale a afirmativa correta.
		
	
	Poderá ser julgado pelo Estado acreditado desde que o agente renuncie a imunidade de jurisdição.
	
	Será julgado no Estado acreditado, pois deve cumprir as leis desse Estado.
	
	Em nenhuma circunstância pode ser julgado pelo Estado acreditado.
	 
	Poderá ser julgado pelo Estado acreditado, desde que o Estado acreditante renuncie expressamente à imunidade de jurisdição.
		
	
	
	 2a Questão (Ref.: 199702810831)
	Pontos: 0,1  / 0,1
	(CESPE/ CÂMARA FEDERAL/ ÁREA 18/ 2002) Julgue os itens abaixo, relativos aos tratados internacionais.
		
	 
	No Brasil, segundo jurisprudência do Supremo Tribunal Federal, os tratados internacionais e as leis internas infraconstitucionais estão no mesmo nível hierárquico
	 
	Em regra, os tratados internacionais começam a vigorar no ordenamento jurídico interno brasileiro com o início da vigência dos decretos que os promulgarem.
	 
	Considerando que o consentimento mútuo constitui condição de validade dos tratados internacionais, terá plena validade o tratado que, no momento de sua conclusão, conflite com norma imperativa de direito internacional geral, de conformidade com o que estabelece a Convenção de Viena sobre o Direito dos Tratados.
	 
	Não é juridicamente possível a exclusão, do âmbito de aplicação territorial de tratado internacional, de parte do território de um ou de ambos os Estados pactuantes.
	 
	Tendo em vista que o poder competente para realizar a ratificação é definido livremente pelo direito interno de cada Estado, no Brasil a ratificação é de competência do Congresso Nacional, que a realiza por meio de decreto legislativo.
		
	
	
	 3a Questão (Ref.: 199702810903)
	Pontos: 0,1  / 0,1
	(CESPE - 2013 - TRF - 5ª REGIÃO - Juiz Federal): Conforme previsão no direito brasileiro, será passível de deportação o estrangeiro que: