A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
7 pág.
Estratégica de Leitura de Texto não verbal

Pré-visualização | Página 1 de 1

TRABALHO EM GRUPO - TG 
 
 
 
 
 
 
 
Aluno(s): 
Tatiana Rejane Leal Feitosa RA 1649250 
Marcos A. J. C. Souza RA 1652473 
 
 
 
 
 
 
 
 
POLO 
UNIP Alphaville 
2016 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
TRABALHO EM GRUPO - TG 
 
 
 
 
 
 
 
ESTUDOS DISCIPLINARES III 
Estratégia de Leitura de Texto Não Verbal 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
POLO 
UNIP Alphaville 
2016 
 
 
 
 
 
Considere a relação entre 
o “conteúdo e expressão” 
em um texto não verbal, em 
termos do percurso do olhar. 
Orientador: Cielo Festino 
 Entendemos as expressões de textos verbais e não verbais com uma relação entre um 
plano de expressão e um plano de conteúdo; em um plano de expressão manifestamos um 
sistema de significação verbal, não verbal ou sincrético; em um sistema verbal, temos a 
linguagem natural: textos orais ou escritos, e na linguagem não verbal: imagens visuais, 
auditivas, olfativas etc., e no sistema sincrético: temos o sistema semiótico plástico com 
sistema semiótico verbal, é quando ocorre uma relação complementar entre a palavra e 
imagem, ou seja vivemos cercados por todo tipo de linguagem sejam elas verbais, ou por 
imagens, sons, música, animações, charges, revistas etc. Sendo assim vemos a relação entre o 
conteúdo e expressão nos textos verbais e não verbais, como por exemplo; através da 
mensagem que uma propaganda num jornal é anunciada com uma figura ilustrativa não verbal 
e um texto explicativo verbal que complementa sua imagem, ou um quadro, que expressa essa 
linguagem não verbal mas que conseguimos interpretar através de sua imagem. Vivemos em 
uma geração que é regida por meios não verbais de comunicação e expressão. Um simples 
passeio de domingo nos corredores de um shopping somos inconscientemente bombardeados 
pela consciente expressão de um artista, de um músico ou de uma figura. Ter a consciência 
dessa realidade é ter uma visão ampliada de nosso cotidiano e indispensável ao ângulo 
acadêmico. 
 
A Torre de Babel 
Marten van Valckenborch the Eleder, 1595 
 
Análise de texto não verbal composição artística linear. Com base nisso apresento esta 
figura acima – “A Torre de Babel” 1 (1595) por Marten van Valckenborch the Eleder2, (1535 
in Leuven – 1612 in Frankfurt). Nessa obra de arte de Marten, ele faz um pintura em torno da 
história Bíblica relatada em Genesis 11:1-9, a “Torre de Babel” . Os estilo da pintura é linear 
e traz o sentido do objeto neste caso a Torre de Babel como absoluta e ao mesmo tempo o 
olhar é conduzido através da multiplicidade dos elementos em subordinação. A definição das 
imagens procuram a clareza e sí compõe a complexidade da imagem. Apesar do próprio 
significado do nome Babel ser ‘confusão’ a pintura denota clareza, através do uso de cores 
escuras no contraste a disposição das nuvens cinzentas ao fundo. Em plano de conteúdo a 
pintura retrata uma torre com entradas templárias por toda a circunferência da torre e sendo 
duplicada homogeneamente a medida que andares são formados. Como plano de expressão, 
Marten retrata as pessoas em como elementos subordinados e expõe a conduta social e 
política. Temos um mestre ou chefe sendo escoltado por sua comitiva militar e o trabalhador 
realizando suas respectivas responsabilidades na construção da torre. A confusão proposta 
pelo tema dá espaço para a interpretação crítica à conduta da Igreja Católica Romana no 
patamar sócio política do XVI. 
 
Charge As Olimpíadas no Rio de Janeiro 2016
Arionauro da Silva Santos ( Arionauro ), cartunista e ilustrador. 
 
 Na charge acima a imagem
3 
 e as palavras se complementam e o assunto é atual, real, 
tema que está sendo debatido neste momento na sociedade, o texto é visual, porque grande 
parte do seu entendimento se dá por meio da imagem. 
Plano de Expressão, estilo linear 
Fillipo Brunelleshi
 
 (1377-1446) 
 
 Neste quadro
4 
 criado pelo arquiteto florentino, temos a primeira imagem do sistema 
linear, foi pintado em 1415 por Fillipo Brunelleshi e descreve o Batistério de Florença, que 
expressa a ilusão de profundidade em um plano bidimensional. 
 
Plano de Expressão, estilo pictórico 
Johanness Vermeer 
 
 "Arte da Pintura" ou "A Alegoria da Pintura" ou "O Pintor no seu Estúdio" é uma 
famosa pintura a óleo sobre tela, do século XVII do pintor holandês Johannes Vermeer. 
 Neste quadro
5 
 de Johanness Vermeer, vemos o estilo pictórico que são Imagens com 
formas abertas, sem os limites das linhas do estilo linear, o pintor está de costas para o 
expectador, com sua modelo posando, a cortina semiaberta dá a impressão de que estamos 
espiando o pintor que está com o pincel na mão, o que é interessante, pois estamos buscando 
no quadro o olhar do pintor e o que ele quis dizer mas nunca poderemos ter certeza se a obra 
realmente foi o que o artista quis passar, a subjetividade da obra faz com que ela tenha leituras 
diferentes. 
 
“Tempestade de Neve: Um Barco a Vapor Saindo da Boca do Porto” (1843) 
Joseph Mallord William Turner (1775 – 1951) 
 
Análise de texto não verbal composição artística pictórico. Nesta imagem acima
6 
 
“Tempestade de Neve: Um Barco a Vapor Saindo da Boca do Porto” (1843) do pintor e 
romancista Inglês Joseph Mallord William Turner (1775 – 1951) traz um composição artística 
pictórica. Como plano de conteúdo o autor retrata um barco a vapor em meio a uma 
tempestade de neve. A história diz respeito que Joseph pediu para ser amarrado no mastro do 
barco durante a noite. Ele queria passar por essa experiência e assim precedeu, Joseph ficou 
ali por 4 horas. Através dessa experiência Joseph se rende á majestade da natureza. Como 
plano de expressão esta arte traz em seu desenho com base de manchas em contornos 
profundamente abertos expondo a profundidade do desenho. Os elementos como as nuvens, o 
vento, a tempestade e a neve criam a unidade expondo relativamente o pequeno barco a vapor. 
 
Bibliografia: 
1 
VALCKENBORCH, Martin Van the Elder. “The Tower of Babel”. 2016. Disponível em: 
Https://commons.wikimedia.org/wiki/File:Marten_van_Valckenborch_the_Elder_-
_The_Tower_of_Babel_-_Google_Art_Project.jpg. Acesso em: 24/09/2016. 
2 
VALCKENBORCH, Martin Van the Elder. Biograph. 2016. Disponível em: 
Http://www.wga.hu/bio_m/v/valckenb/marten1/biograph.html. Acesso em 24/09/2016. 
3 
SANTOS, Arionauro da Silva Santos. Disponível em: 
http://www.arionaurocartuns.com.br/2016/04/charge-olimpiadas-rio.html. Acesso em: 
24/09/2016. 
4 
BRUNELLESHI, Fillipo. Disponível em: http://www.amopintar.com/a-perspectiva-na-arte/. 
Acesso em: 24/09/2016. 
5 
VERMEER, Johannes. Disponível em: http://artemazeh.blogspot.com.br/2011/10/franz-hals-
rembrandt-vermeer-mestres.html. Acesso em: 24/09/2016. 
6 
 TURNER, Joseph Mallord William. "Snow Storm – Steam-Boat off a Harbour's Mouth". 
2016. Disponível em: www.tate.org.uk. Acesso em: 24/09/2016.

Crie agora seu perfil grátis para visualizar sem restrições.