A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
214 pág.
Estatística experimental( Apostila)

Pré-visualização | Página 37 de 50

b 
 2mˆ = 31,4 b 
 4mˆ = 21,6 c 
 
6.3. 
 a) Fcal = 5,87 Ftab5% (4,12) = 3,26 
 
b) Tukey c) Duncan 
 ∆ = 13,12 D5= 9,77 D4 = 9,68 D3 = 9,39 D2 = 8,96 
Cap 11 – Respostas dos Exercícios 
 
 134
 5mˆ = 155,12 a a 
 1mˆ = 142,8 a b b 
 4mˆ = 140,01 b b 
3mˆ = 138,74 b b 
2mˆ = 138,02 b b 
 
d) Yˆ = -29,42 R H0 S = 25,73 
 
e) Não se aplica o teste t, pois os contrastes não são ortogonais. 
 
6.4. 
 a) Fcal = 7,67 Ftab5% (4,12) = 3,26 R.: Sim. 
b) 
Tukey ∆ = 4,99 
 
5mˆ = 11,4 a 
 2mˆ = 6,3 b 
 4mˆ = 6,0 b 
 3mˆ = 5,5 b 
 1mˆ = 3,0 b 
 R.: Levedura tipo 5 
 
 Duncan 
 D5 = 3,72 D4= 3,68 D3= 3,57 D2= 3,41 
5mˆ = 11,4 a 
 2mˆ = 6,3 b 
 4mˆ = 6,0 b 
 3mˆ = 5,5 b 
 1mˆ = 3,0 b 
 R.: Leveduras tipo 1,2,3e 4. 
6.5. 
a) Repetição: cada tipo de pneu foi submetido a três repetições. 
Casualização; os tipos de pneus foram submetidos a sorteios dentro das 
respectivas sub-áreas. Controle Local: a área total foi submetido a várias 
subdivisões, visando proporcionar maior precisão ao experimento. 
b) DBC: as sub-áreas formadas atuam como blocos no experimento. 
c) Fcal = 20,9 Ftab5% (3,6) = 4,76 
d) Duncan 
 D4 = 1,75 D3= 1,72 D2 = 1,67 
4mˆ = 33 a 
 3mˆ = 31,3 b 
 2mˆ = 29,3 c 
 1mˆ = 28 c 
 
6.6. 
EST 220 – Estatística Experimental 
 
 135 
 a) V(c) = 0 
 b) C1 Não é contraste, logo não aplica teste de média 
C2 = -30 S = 30,4 N RH0 
 c) Não se aplica o teste t, pois os contrastes não são ortogonais. 
 d) C= m1 + m2 – 2m3 
 
6.7. 
 a) 5 vezes, pois o número de graus de liberdade para blocos é igual a 4. 
 b) Testa-se se há diferença significativa entre a durabilidade dos 4 
microaspersores. Sendo F tabelado a 5% igual a 3,49 e enunciando as 
hipóteses: 
Ho: m1 = m2 = m3 = m4 vs Ha: Não Ho, verifica-se que o Fcal é significativo, 
portanto existe pelo menos um contraste entre as médias de durabilidade dos 
microaspersores estatisticamente diferente de zero. 
 c) Deveríamos aplicar um teste de médias; Tukey ou Duncan, por 
exemplo. 
 d) Ex.: Scheffé C = 36 + 40 + 60 – 3x40 = 16 S = 35,45 NRH0 
 
6.8. 
 a) Fcal = 37,7 Ftab5% (4,12) = 3,26 
 b) Duncan D5= 3,77 D4 = 3,74 D3 = 3,62 D2 = 3,45 
 Cmˆ = 25 a 
 Bmˆ = 24,75 a 
 Emˆ = 16,25 b 
 Dmˆ = 12 c 
 Amˆ = 10,2 c 
 
c) tcal = 3,99 ttab5% (12) = 2,18 RHo 
 
6.9. 
 Fcal = 4,20 Ftab1% (4,12) = 5,41 Não Rejeita-se Ho 
 
6.10. 
 6.10.1. Delineamento em Blocos Casualizados. Porque o melhorista ao 
instalar o experimento subdividiu a área total (heterogênea) em sub-áreas 
(homogêneas) entre si. Pode-se dizer também que o pesquisador utillizou os 
três princípios básicos da experimentação (repetição, casualização e controle 
local). 
 6.10.2. Fcal = 2,02 Ftab5% (4,12) = 3,26 Não Rejeita-se Ho, 
consequentemente, não é necessário proceder ao teste de Duncan. 
 
6.11. 
 6.11.1. (c) 
 6.11.2. (h) 
 6.11.3. (c) 
 6.11.4. (c) 
 6.11.5. (d) 
 
6.12. 
Cap 11 – Respostas dos Exercícios 
 
 136
6.12.1. Fcal = 177,99 Ftab1%(3,18) = 5,09 Rejeita-se Ho. 
6.12.2. ∆ = 3,84 O tratamento 4 apresentou a menor média (21,57) 
portanto é o desejado. 
 
 
 
6.13. 
 6.13.1. (c). Porque o teste de Scheffé pode ser aplicado a qualquer 
contraste sem nenhuma restrição e o teste t a contrastes estabelecidos “a 
priori” e ortogonais. Porém, os mesmos apresentam sensibilidades diferentes 
em detectar diferenças significativas. 
 6.13.2. (c). Porque o teste t pode ser aplicado para avaliar contrastes 
estabelecidos “a priori” e ortogonais e o teste de Tukey a todos os possíveis 
contrastes que envolvem duas médias. Porém os mesmos apresentam 
sensibilidades diferentes em detectar diferenças significativas. 
 6.13.3. Sim. S = 3,9. 4,1Yˆ −= . Não se rejeita Ho. 
 
6.14. 
 6.14.1. Y = mi – mj para i ≠ j = 1, 2, 3 e 4. 
 Número máximo de contrastes = 6. 
 6.14.2. Não, pois a diferença entre 1mˆ e 2mˆ é igual a 21 a qual é 
superior ao valor do ∆. 
 6.14.3. O que obteve ∆1 = 5, pois o ∆ é função do QMResíduo, o qual é 
um “indicativo” da precisão experimental. 
 6.14.4. 
 
b79mˆ
ba88mˆ
ba92mˆ
a100mˆ
2
3
4
1
=
=
=
=
 
 6.14.5. O teste recomendado é o teste de Scheffé, pois existem 
contrastes envolvendo duas ou mais médias e os contrastes não formarem um 
grupo de contrastes ortogonais. 
 
Capítulo 7 
7.1. 
a) Fcal = 12,09 Ftab5% (4,12) = 3,26 
b) Tukey ∆ = 107,54 
 Cmˆ = 604,8 a 
 Amˆ = 492,6 b 
 Bmˆ = 440,8 b 
 Dmˆ = 413,4 b 
 Emˆ = 401 b 
 A Variedade Co 297 deve ser recomendada. 
 
7.2. 
EST 220 – Estatística Experimental 
 
 137 
 a) Fcal = 8,198 Ftab5% (4,12) = 3,26 
 b.1) Duncan D5= 8,55 D4 = 8,47 D3 = 8,22 D2 = 7,84 
 2mˆ = 60 a 
 5mˆ = 52,5 a b 
 1mˆ = 50 b 
 3mˆ = 47,5 b c 
 4mˆ = 40 c 
Conclusão: os tratamentos 2 e 5 devem ser recomendados 
b.2) Conclusão: os tatamentos 3 e 4 devem ser recomendados 
 
 
7.3. 
 Fcal = 17,84 Ftab5% (4,12) = 3,26 
 Tukey ∆ = 107,54 
 1mˆ = 604,8 a 
 2mˆ = 509,8 a b 
 3mˆ = 469,8 b c 
 4mˆ = 394 c d 
 5mˆ = 346,8 d 
 
7.4. 
 a) Fcal = 9,01 Ftab5% (4,12) = 3,26 
 b) C = 4md – ma –mb – mc – me 
 c) Scheffé 
 Yˆ = 33,66 S = 54,05 
 Teste t tcal = 2,249 ttab5% (12) = 2,18 
 
7.5. 
 Fcal = 31,73 Ftab1% (6,30) =3,47 Rejeita-se Ho. Existe efeito 
significativo de forrageiras com relação a produção de matéira seca. 
 
7.6. 
7.6.1. cada litro de leite 7.6.4. Delineamento em Quadrado Latino 
7.6.2. os tipos de bacilos 7.6.5. (a) 
7.6.3. 2 vezes 7.6.6. (g) 
 
Capítulo 8 
 
8.1. Ftab = 5,32 FcalcAxB = 21,81 RHo 
 
8.2. Ftab5% (1,16) = 4,49 FcalcAxB = 4,95 RHo 
 
8.3. 
a) Sim Ftab(1;20) = 8,10 FcalcAxB = 0,51 NRHo 
b) FcalcA = 86,05 RHo 
Cap 11 – Respostas dos Exercícios 
 
 138
 1Rmˆ = 49,67 a 
2Rmˆ = 42,08 b 
c) FcalcB = 15,80 Rho 
1Amˆ = 47,50 a 
2Amˆ = 44,25 b 
 
8.4. 
a) Não. VxF: Ftab = 3,49 Fcalc = 27,23 → RHo 
b) F/V1: Fcalc = 17,07 Ftab (2;20) = 3,49 
 Teste Tukey ∆ = 2,29 
F2/V1mˆ = 8 a 
 F1/V1mˆ = 4 b 
 F3/V1mˆ = 3 b 
 
c) V2/F3: mˆ = 8 Ftab (1;20) = 4,35 → RHo 
 
8.5. 
a) Sim. VxE: Fcalc = 0,75 Ftab = 4,49 
 b) Ambas fornecem a mesma produção. V: Fcalc = 1,70 Ftab = 4,49 
c) O espaçamento 2 ( 2mˆ = 7,7). E: Fcalc = 6,79 Ftab = 4,49 
 
8.6. 
a) Não FcalcRaçãoxRaça = 7,17 FtabRaçãoxRaça = 3,68 
b) F Ração/Raça1 = 3,13 
 F Ração/Raça2 = 6,13 
 F Ração/Raça3 = 10,13 
 Ftab(1;15) = 4,54 
 
8.7. Questão teórica 
 
8.8 
a) 5 valores - Cada valor corresponde a um total de tratamento, 
repetidos 5 vezes. 
b) 3, 7, 4, 28, 39 
c) Meio de Cultura e tipo de Fungo, respectivamente. 
d) Não. Fcalc = 4,92 Ftab = 4,57 
e) Qualquer um Fcalc = 0,16 Ftab = 7,64 
 
 
 
8.9. 
a) Estudar os fatores isoladamente. 
b) Efetuar o desdobramento dos fatores 
 
 
8.10. 
FA*B = 3,62* 
FA/B1 = 30,06 FA/B2 = 36,82* FA/B3 = 51,75* 
EST 220 – Estatística Experimental 
 
 139 
FB/A1 = 18,72* FB/A2 = 72,64* FB/A3 = 32,778 FB/A4 = 42,56 
∆B/A1 = 2,98

Crie agora seu perfil grátis para visualizar sem restrições.