EMPREGO DO ACENTO INDICADOR DA CRASE exercício II
1 pág.

EMPREGO DO ACENTO INDICADOR DA CRASE exercício II


DisciplinaPortuguês Instrumental I579 materiais2.659 seguidores
Pré-visualização1 página
EMPREGO DO ACENTO INDICADOR DA CRASE \u2013 EXERCÍCIOS
1- Reescreva as frases, substituindo as expressões (masculinas) grifadas por expressões femininas, empregando o acento indicador da crase.
a) Daremos um prêmio ao vencedor.
b) Este ritmo é semelhante ao dos cubanos.
c) Enviei cartas ao empresário. 
d) O hino cantado ontem era igual ao da parada dos estudantes. 
e) Haverá rapazes atendendo na recepção. Dirija-se ao de nossa empresa. 
2- Reescreva as frases, omitindo as palavras em destaque e empregando o acento indicador da crase. 
a) Vá à Rua Dr. Flores, onde se localiza esta firma. 
b) Pedimos um filé à moda de Camões.
c) Dirija-se à empresa Brastemp, para proceder ao início da pesquisa. 
d) Fomos à confeitaria Colombo, lindíssimo prédio antigo, situado no centro carioca. 
e) Antigamente, íamos à Avenida Rio Branco apreciar o carnaval. 
3- Sublinhe, dentro dos parênteses, a expressão adequada à norma culta da língua escrita.
Quando chegamos (a-à) reunião, passava das 21 horas. Não conseguimos, portanto, chegar (a-à) tempo de assistir (aquela-àquela) briga.
Não perguntes (a-à) ela nem (a-à) mim, mas (a-à) quem estava lá.
Aquela candidata (a-à) namorada do atleta, quando respondia (a-à) repórter, começou (a-à) gaguejar.
Quanto (as-às) crianças abandonadas, elas estão (a-à) procura da felicidade, mas só encontram (a-à) incompreensão e o desprezo da sociedade.
Esta advertência não se destina (aqueles-àqueles) alunos que vêm (as-às) aulas.
Estávamos (a-à) olhar para todos os lados, (a-à) espera do motorista. 
Publiquei (as-às) crônicas (as-às) quais (a-à) autora conferiu um estilo muito peculiar.
Estando (a-à) procura de estabilidade financeira, recorreu (a-à) uma fortuna que, (a-à) certa altura, ficou reduzida (a-à) metade. 
(A-À) capacidade e (a-à) pesquisa dos tecnocratas deve (a-à) nossa civilização os rumos do progresso.
(A-À) noite, Paulinho prefere mingau (a-à) sopa; logo, ele não se alimenta tanto quanto (a-à) sua irmã.
(As-Às) vezes, Mara faz (as-às) vezes de menina recatada e ingênua. 
 (A-À) lâmpada do poste, (a-à) cuja volta bailavam (as-às) borboletas, era vista (a-à) distância de cem metros.
Foi (a-à) terrra de seus antepassados e, (a-à) distância, ia saboreando um mundo de recordações.
(A-À) partir de setembro, não haverá mais resistência (as-às) nossas ideias, devendo (a-à) chefia submeter-se (as-às) reivindicações dos funcionários.
De segunda (a-à) quinta, das nove (as-às) dezessete horas, estaremos sempre lá, (a-à) postos, (a-à) disposição de vocês, para esclarecer (as-às) dúvidas.
4) Use o acento grave, quando se exigir:
a) Compro sempre ____ vista, nunca ___ prazo. 
b) Gostava de churrasco _____ Oswaldo Aranha. 
c) Queria tudo ______ claras. 
d) Vivia ______ espera de um milagre. 
e) Saiu _______ cinco horas ______ fim de ver um filme. 
f) Chegou _______ uma hora e saiu ______ oito. 
g) Estou aqui desde _______ três horas.
h) ______ medida que tomaste desagradou a todos. 
i) Sentia-se mais ______ vontade ______ medida que ia se aproximando a reta final. 
5- Atente para o trecho abaixo e assinale o item que apresenta a sequência correta em relação ao emprego, ou não, do acento indicador da crase. 
Muitas vezes os educadores erram, porque pretendem que ___ vida da criança não seja diferente da do jovem e ____ deste da do homem maduro. Aquilo que agrada _____ velhice geralmente não atrai _____ juventude. É preciso compreender ____ diferenças individuais e etárias para se dosar _____ educação. 
a) à - a - a - a - às - a
b) a - a - à - a - as - a
c) a - à - à - a - as - à 
d) à - à - à - a - as - a
e) a - a - a - à - às - á
Rosana
Rosana fez um comentário
5 é a letra e
0 aprovações
Carregar mais