A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
1 pág.
ADMINISTRAÇÃO TEORIA PROCESSOS E PRATICA

Pré-visualização|Página 1 de 1

Adm ini stração - T eo ri a, Pro cesso e Pr áti ca
I d alb eto Ch i aven ato
O livro de Id alberto Chia venato, “Adm inis traç ão Teoria, Proc ess o e Pratica”,
transm ite c onceitos , m etodologias e prátic as que são aplic adas na adm inis traç ão e
s ão úteis pratic amente para todos os modelos de em presas. O autor ac redita no
c onceito que tudo nec es s itamos para viver é inven tado, c riado, pro jetado e produz ido
dentro de org aniz ações , prom ovendo o desenvol vimento hum ano, tecno gico, s ocial,
governamental e econôm ico.
O objetivo d o li vro é e xplicar os fundam entos da adm inis traç ão e c ontextu aliz a os
s ignificados de Adm inis traç ão, Empres a e Administrador. Es pecialmente nes s a 5°
ediç ão o autor ress alta quais dev em s er as s uas c ompencias e habilida des .
Compencias : Conhec imento, Habilid ades, Julgamento e At itude. Que s ignific am
respec tivam ente: Saber, Saber fazer, Saber analisar e Saber f az er ac ontec er.
Habilidades : c nicas , hum anas e c onceituais , que s ignific am: s aber utiliz ar os
s is tem as, m étodos , equipam entos entre outros ; s aber lidar c om pess oas ; e saber lidar
c om ideias e c onc eitos abs tratos.
Logo as foi c itado ha im portânc ia de c onhec er o c ontexto em que as empres as
operam s endo o s eu am biente, as tecnolog ias util izadas e as estratégias empres ariais.
O planejam ento é um dos as s untos m ais citados de extrem a im portânc ia, pois s e trata
de um dos princ ipais itens da administração nos três níveis da em presa (Estratégic o,
tic o e O perac ional) englobando tod os os as pec tos oper ac ionais , pois s em ess a
ferramenta s eria quas e im poss ível obter s uc es s o no longo praz o das atividades
em pres ariais.
Um bom planejamento na op inião de Chi avenat o é : determ inar ob jetiv os , analisar o
am biente interno e extern o, formular altern ativas para poss íveis problem as futuros,
elaborar um projeto, im plantar, executar e aval iar os res ultados.
Mas não bas ta s om ente planejar. A organ iz ação, a direção e o c ontrole das ações
em pres ariais devem finaliz ar o planejam ento e enc errar o c ic lo da adm inis traç ão, que
reinicia no vamente um nov o planejam ento, observando para a adé quar p ara p xim a
exec uç ão.O desenho organiz ac ional, o des enho departam ental, a m odelagem do
trabalho, d ireç ão, gerência, s uperv is ão e os c ontroles es tragicos , tic os e
operac ionais .