Conforto Ambiental   Acústica (Projeto de Auditório)   Aula 1   19 09 2017 (1)
12 pág.

Conforto Ambiental Acústica (Projeto de Auditório) Aula 1 19 09 2017 (1)


DisciplinaAcústica Ambiental18 materiais213 seguidores
Pré-visualização1 página
CONFORTO AMBIENTAL - ACÚSTICA 
(PROJETO DE AUDITÓRIO) 
 -+ 
 
 
Professor: João Victor Lima 
Aula 1: Revisão de Conteúdo e 
Roteiro para a NP1 
19/09/2017 
PROPRIEDADES DO SOM 
\uf0d8 FREQUÊNCIA: número de ciclos por unidade de tempo 
 
\uf0d8 PROPAGAÇÃO: O som precisa de um meio para se propagar 
 
\uf0d8 VELOCIDADE DE PROPAGAÇÃO (m/s): diretamente proporcional à densidade do 
meio \u2192 ar = 344m/s. 
 
\uf0d8 COMPRIMENTO DE ONDA (\u3bb): velocidade de propagação (c) / frequência (f ) 
 
percepção humana infrassons ultrassons 
PROPRIEDADES DO SOM 
\uf0d8 PARTICULARIDADES DOS COMPRIMENTOS DE ONDA 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
\uf0d8 NÍVEL DE INTENSIDADE SONORA (dB): depende da capacidade de produção de 
som/ruído da fonte, e da proximidade do receptor a ela. 
 
 
PROPRIEDADES DO SOM 
\u2022 REFLEXÃO DO SOM: 
 
 
 
 
 
 
 
\u2022 ECO E REVERBERAÇÃO: 
x x 
Distinção entre as palavras Palavras embaralhadas 
PROPRIEDADES DO SOM 
\uf0d8 TEMPO DE REVERBERAÇÃO: 
 
\uf0a7 Depende de: 
\u2022 Paralelismo das paredes 
\u2022 Absorção das superfícies 
\u2022 Volume do recinto 
 
\uf0a7 Exigências 
\u2022 Voz humana \u2192 quanto mais curto, melhor 
\u2022 Música instrumental (não individual e sem voz humana) \u2192 pode ser valorizada 
por um tempo maior 
 
\uf0a7 Recomendações volumétricas: 
\u2022 Evitar o paralelismo 
\u2022 Evitar recintos profundos 
\u2022 Priorizar a largura do recinto 
\u2022 Retângulo real 
AUDITÓRIO: PROGRAMA DE NECESSIDADES COMUM 
\uf0d8 PÚBLICO (entrada independente): 
\uf0a7 Foyer 
\uf0a7 Bilheteria 
\uf0a7 Banheiros 
\uf0a7 Guarda-volumes 
\uf0a7 Café 
\uf0a7 Loja 
\uf0a7 Plateia 
 
\uf0d8 ADMINISTRATIVO: 
\uf0a7 Administração 
\uf0a7 Sala de reuniões 
\uf0a7 Copa 
\uf0a7 Banheiros 
\uf0a7 DML 
\uf0d8 TÉCNICO: 
\uf0a7 Sala de iluminação, projeção, e áudio 
\uf0a7 Sala de máquinas 
\uf0a7 Depósito de material cênico 
 
\uf0d8 ARTÍSTICO (entrada independente): 
\uf0a7 Palco 
\uf0a7 Coxias 
\uf0a7 Camarins 
\uf0a7 Banheiros 
\uf0a7 Copas 
\uf0a7 Sala de Ensaio 
 
 
AUDITÓRIO: ESPECIFICAÇÕES IMPORTANTES 
\uf0d8 PROFUNDIDADES DOS RECINTOS 
0,15m 
1,00m 
0,90m 
1,20m 
AUDITÓRIO: ESPECIFICAÇÕES IMPORTANTES 
\uf0d8 ESCALONAMENTO 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
\uf0d8 MEZANINO 
AUDITÓRIO: ESPECIFICAÇÕES IMPORTANTES 
\uf0d8 ANGULAÇÃO DAS PAREDES 
(máx: 62º) 
(máx: 62º) 
AUDITÓRIO: ESPECIFICAÇÕES IMPORTANTES 
\uf0d8 SAÍDAS DE EMERGÊNCIA (NBR 9077) 
ROTEIRO PARA A NP1 
\uf0d8 Elaborar o anteprojeto de um auditório de 400 lugares para o SESC projetado 
na disciplina Projeto de Edifício Multifuncional Complexo, contendo: 
 
\uf0a7 Programa de necessidades; 
\uf0a7 Organograma e fluxograma; 
\uf0a7 Implantação do auditório, posicionando-o em relação ao restante do SESC; 
\uf0a7 Planta baixa inicial, com locação dos assentos, cotas de dimensões, cotas de 
nível, e cotas de ângulos; 
\uf0a7 Corte longitudinal (representando o escalonamento dos assentos e mezanino, se 
houver). 
 
REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS 
ABNT \u2013 ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS. NBR 9077: Saídas de 
emergência em edifícios. Rio de Janeiro, 2001. 
 
CARVALHO, R. P. Acústica arquitetônica. Brasília: Thesaurus, 2006. 
 
 SOUZA, L. C. L.; ALMEIDA, M. G.; BRAGANÇA, L. Bê-á-bá da acústica arquitetônica: 
ouvindo a arquitetura. São Carlos: EdUFSCar, 2012.