Apol 3   Pesquisa Operacional e  Produção de Bens e Serviços
4 pág.

Apol 3 Pesquisa Operacional e Produção de Bens e Serviços

Pré-visualização1 página
Questão 1/5 - Produção de Bens e Serviços
A Cadeia de Suprimentos é um grande processo onde empresas de distintos segmentos (fornecedores de matérias primas, de serviços, de transporte, transformadores, montadores de kits, entre outros) desenvolvem suas operações com o mesmo objetivo: atender a empresa focal (empresa cliente - dona da cadeia de suprimentos).
A partir desse conceito simplificado sobre Cadeia de Suprimentos, analise as sentenças a seguir que versam sobre a importância do controle das informações: 
I. O fluxo de informações na Cadeia de Suprimentos requer coordenação por parte da empresa focal e cooperação dos demais elos.
II. A correta gestão da Cadeia de Suprimentos exige fluxo de informações rápido e assertivo e para isso, utilizam-se ferramentas tecnológicas.
III. A troca de informações entre os elos da Cadeia de Suprimentos é uma atividade dispensável se cada um fizer sua parte.
IV. A qualidade do fluxo de informações na Cadeia de Suprimentos pode ser mensurada pela quantidade de problemas que os elos enfrentam.
Assinale a alternativa com a sequência correta:
Nota: 20.0
	
	A
	V, V, F, V.
Você acertou!
A alternativa que apresenta a resposta correta é a (a). As sentenças I, II e IV são verdadeiras porque o processo de Cadeia de Suprimentos une empresas diferentes em busca do mesmo objetivo, dessa forma a empresa focal precisa organizar, coordenar e controlar o fluxo de informações para garantir que todos tenham o mesmo volume e qualidade das informações. Em uma Cadeia de Suprimentos a informação é o principal recurso estratégico para que os processos não falhem, e para que o fluxo atenda essa premissa é preciso investir em tecnologia da informação e da comunicação. A sentença III é falsa porque a troca de informações jamais é imprescindível para o sucesso de uma Cadeia de Suprimentos. Rota 4 - Tema 5.
 
	
	B
	F, V, F, V.
	
	C
	V, V, V, F.
	
	D
	F, F, F, V.
	
	E
	V, F, V, F.
Questão 2/5 - Produção de Bens e Serviços
O controle dos estoques é um dos desafios diários das organizações, tanto para as indústrias, quanto para os varejistas. O fato é que se a empresa decide gerenciar e controlar todos os estoques de todos os produtos da mesma forma, o processo se torna oneroso e lento, então para auxiliar nesse processo as empresas utilizam a classificação ABC. 
A partir do enunciado, analise as sentenças a seguir: 
I \u2013 Os itens de classe C são itens de alto valor agregado e por isso necessitam de controle mais rígido.
II \u2013 A classificação ABC é utilizada para organizar os itens por ordem de importância para o processo produtivo. 
III \u2013 Utilizar a classificação ABC auxilia o gestor de estoques a identificar os itens críticos dos itens básicos.
IV \u2013 Os itens da classe A representam baixo valor de investimento e sua falta é percebida no momento do uso. 
V \u2013 Os itens da classe B possuem quantidades e valores intermediários no modelo de classificação ABC.
É correto o que se afirma em
Nota: 20.0
	
	A
	I, apenas.
	
	B
	IV, apenas.
	
	C
	I e IV apenas.
	
	D
	II e III apenas.
	
	E
	II, III e V apenas.
Você acertou!
A alternativa que apresenta a resposta correta é a (e). As sentenças II e III estão corretas porque a classificação ABC é uma ferramenta de apoio ao gestor de estoques porque o auxilia a priorizar o tratamento dos itens críticos. Já a sentença V   está correta porque os itens classificados como B apresentam criticidade e custos intermediários para a empresa.  As sentenças I e IV estão incorretas porque os itens da classe não são os mais críticos não necessitam do mesmo tratamento que os itens da classe A, que por sua vez são os mais importantes e caros e sua falta pode causar grandes transtornos para a empresa. Rota 4 - Tema 4.
Questão 3/5 - Pesquisa Operacional
É a informação "preço sombra". Esse preço é o valor de aumento no custo marginal de cada unidade. Lembre-se de que em um processo de produção o custo marginal corresponde ao acréscimo feito no n+1, ou seja, no produto fabricado após uma produção inicial de n produtos.
A definição descrita acima se refere a:
Nota: 20.0
	
	A
	Shadow prices.
Você acertou!
Gabarito: Cap. 7 - pag. 127
	
	B
	Variáveis básicas.
	
	C
	Variáveis não básicas.
	
	D
	Função objetivo.
	
	E
	Análise de sensibilidade.
Questão 4/5 - Pesquisa Operacional
Para analisarmos o que acontece com um problema de programação linear (PL), quando mudanças são feitas na função objetivo, iremos utilizar um parâmetro \u3b1\u3b1 em cada coeficiente da função objetivo, separadamente, para determinar o intervalo dos possíveis valores de \u3b1\u3b1, tais que as condições de otimalidade sejam satisfeitas. Duas abordagens simples, mas distintas, serão empregadas para os seguintes casos:
Nota: 20.0
	
	A
	variáveis básicas e não básicas.
Você acertou!
Gabarito: Cap. 7 - pg 130
	
	B
	variáveis flutuantes e não flutuantes.
	
	C
	variáveis constantes e não constantes.
	
	D
	variáveis singulares e não singulares.
Questão 5/5 - Pesquisa Operacional
Usamos a análise de  com a finalidade de verificar se algumas alterações introduzidas em determinados coeficientes de um problema (restrições ou recursos) de otimização - max (z) ou min (z) - alteram ou influenciam a solução ótima. O objetivo é saber em qual momento as variáveis analisadas se sensibilizam com algumas modificações que fazemos para levantar a hipóteses de certeza de confiabilidade nos valores apresentados pelo modelo.
Analise a descrição acima e marque a alternativa que à completa.
Nota: 20.0
	
	A
	Análise de Sensibilidade.
Você acertou!
Gabarito: Cap. 7 - pg. 126
	
	B
	Análise de Prices.
	
	C
	Coeficiente de restrição.
	
	D
	Função objetivo.
	
	E
	Solução ótima.