A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
5 pág.
EXERCICIOS02

Pré-visualização | Página 1 de 2

1 
LISTA DE EXERCÍCIOS 
PROF: ÂNGELO CARDOSO PEREIRA 
 
1) Uma curva de possibilidade de produção com a concavidade voltada para origem 
implica: 
(a) Custos crescentes de transformação de um produto em outro. 
(b) Custos decrescentes de transformação de um produto em outro. 
(c) Custos constantes de transformação de um produto em outro. 
(d) Rendimentos crescentes de escala. 
(e) Rendimentos constantes de escala. 
 
2) Em relação a curva de possibilidade de produção, é correto afirmar que: 
(a) Trata-se de um conceito dinâmico, pois mostra como a sociedade pode aumentar 
a produção de bens e serviços à medida que aumentem a disponibilidade de fato-
res de produção e/ou o conhecimento tecnológico. 
(b) Se ela é côncava em relação à origem, isto implica que o custo de transformação 
de um produto em outro (custo de oportunidade) é decrescente. 
(c) Se a produção da sociedade é representada por um ponto dentro da curva, isto 
significa que está se utilizando todos os fatores de produção disponíveis com a 
máxima eficiência possível. 
(d) Ela mostra que mesmo uma sociedade muito desenvolvida tem que efetuar esco-
lhas em relação à produção de bens e serviços. 
(e) É possível aumentar-se simultaneamente a produção de vários bens e serviços na 
sociedade, mesmo que os fatores de produção da mesma estejam sendo plena-
mente utilizados com a melhor tecnologia disponível. 
 
3) Assinale a afirmação falsa: 
(a) Um modelo simplificado da economia classifica as unidades econômicas em fa-
mílias e empresas, que interagem em dois tipos de mercado: mercado de bens e 
consumo e serviços e mercados de fatores de produção. 
(b) Os serviços dos fatores de produção fluem das famílias para as empresas, en-
quanto o fluxo contrário, de moeda, destina-se ao pagamento de salários, alu-
guéis, dividendos e juros. 
(c) Os mercados desempenham cinco funções principais: 1- estabelecem valores ou 
preço; 2- organizam a produção; 3- distribuem a produção; 4- racionam os bens, 
limitando o consumo a produção; e 5- prognosticam o futuro, indicando como 
manter e expandir a capacidade produtiva. 
(d) A curva de possibilidade de produção dos bens X e Y mostra a quantidade mí-
nima de X que deve ser produzida, para um dado nível de produção de Y, utili-
zando-se plenamente os recursos existentes. 
(e) A inclinação da curva de possibilidade de produção dos bens X e Y mostra 
quantas unidades do bem X podem ser produzidas a mais, mediante uma redução 
na produção do bem Y. 
 2 
 
 
4) Considere F (falsa) ou V (verdadeira) cada uma das proposições abaixo sobre o 
modelo de equilíbrio de mercado, de oferta/demanda. A seguir, assinale a alternativa 
correta. 
( ) Na curva de oferta, coeteris paribus, quando mais se elevam os preços de um 
produto, menores serão as quantidades, por período de tempo, que os produtores estarão 
dispostos a produzir, embora nem sempre estejam aptos no curto prazo; 
( ) O preço de equilíbrio é, efetivamente, o único preço que harmoniza os interesses 
conflitantes dos produtores e dos consumidores; 
( ) Os preços e as quantidades demandadas, coeteris paribus, variam na mesma 
direção: quanto mais altos aqueles forem, maiores estas serão; 
( ) Uma curva típica de oferta evidencia, coeteris paribus, que as quantidades ofer-
tadas crescem a medida que os preços aumentam. 
(a) F, V, F, V, F. 
(b) V, F, V, F, V. 
(c) F, V, F, F, V. 
(d) V, F, V, V, F. 
(e) V, F, F, F, V. 
 
5) Numa economia em concorrência prefeita, as curvas de oferta e procura de determi-
nado produto são PS = 0,4x + 4 e Pd = 16 – 0,2x onde PS, Pd e x representam, respec-
tivamente, os preços de oferta e demanda e a quantidade. O Governo tabela o preço 
de venda em 10. Em conseqüência, a demanda excederá a oferta em: 
(a) 15 unidades; 
(b) 30 unidades; 
(c) 10 unidades; 
(d) 25 unidades; 
(e) 05 unidades. 
 
6) Assinale a afirmação que seja compatível com um deslocamento para a direita da 
curva de oferta de um bem específico: 
(a) Alterações da preferência do consumidor por determinadas marcas, por influên-
cia de propaganda; 
(b) Alterações de renda dos consumidores de preços de bens concorrentes ou de dis-
tribuição de renda no mercado consumidor; 
(c) Aumentos de produtividade do trabalho e redução de impostos indiretos das fir-
mas produtoras do bem específico; 
(d) Desvalorização da taxa de câmbio e elevação do salário real dos empregados das 
empresas produtoras do bem específico; 
(e) Aumento das taxas de juros reais e de aluguéis industriais. 
 
7) A demanda de um bem normal X é expressa pela equação Q = a – bP, onde Q é a 
quantidade demandada do bem, P é o preço do bem e a e b são parâmetros. 
 3 
Aumentando a renda dos consumidores: 
(a) a e b aumentam de valor; 
(b) a e b diminuem de valor; 
(c) a mantém-se constante e b aumenta de valor; 
(d) a aumenta de valor e b mantém-se constante; 
(e) a e b mantém-se constantes. 
 
 
8) Sr. Almeida afirma que comprará ingresso para todos os jogos de seu time. A elasti-
cidade-preço da procura por ingressos do Sr. Almeida é: 
(a) Maior que 1. 
(b) Igual a 1. 
(c) Menor que 1. 
(d) Indeterminada. 
(e) Nenhuma das anteriores. 
 
9) A curva de procura por um determinado bem é expressa pela função Q = 
3
1000
P
 . 
Pode-se afirmar que: 
(a) Se o preço de mercado aumentar, os consumidores gastarão menos renda na 
aquisição desse produto. 
(b) Se o preço de mercado diminuir, os consumidores gastarão menos renda na 
aquisição desse produto. 
(c) Se o preço de mercado aumentar, os consumidores gastarão mais renda na aqui-
sição desse produto. 
(d) Se o preço de mercado diminuir, os consumidores gastarão o mesmo volume de 
renda na aquisição desse produto. 
(e) O dispêndio total dos consumidores na aquisição do produto aumenta na mesma 
proporção do aumento do preço de mercado. 
 
 4 
10) Se a curva de demanda do bem X é expressa pela função linear Q = 2000 – 5P, po-
de-se afirmar que: 
(a) A elasticidade-preço da procura é constante em toda a extensão da reta. 
(b) A elasticidade-preço correspondente ao preço de 300 é igual a 
3
1
. 
(c) Se o preço de mercado do bem X aumentar de 300 para 310, a receita total dos 
produtores também aumentará. 
(d) Sem os dados relativos à função correspondente à oferta do bem X, não se pode 
determinar a elasticidade-preço da procura. 
(e) A receita total dos produtores é máxima quando o preço de mercado do bem X 
for 200. 
 
11) Numa pesquisa sobre orçamentos familiares em determinada região, observou-se 
que: 
I - Sempre que a renda do consumidor aumenta, o consumo do bem X aumenta 
mais que proporcionalmente; 
II - Sempre que o preço do bem X aumenta, a demanda do bem Y aumenta também 
e em proporção menor que o aumento do preço de X; 
III - Sempre que o preço do bem Z diminui, a demanda de X aumenta em proporção 
maior que a queda do preço de Z; 
IV - Sempre que o preço de X diminui, há um aumento de sua quantidade demandada 
em proporção menor que a queda do preço. 
Então pode-se afirmar que: 
(a) X e Z são complementares e a demanda X é inelástica em relação ao preço de Z. 
(b) A demanda de X é inelástica em relação a seu preço. 
(c) A demanda de X é inelástica em relação à renda do consumidor. 
(d) X e Y são complementares e a demanda de Y é inelástica em relação ao preço de 
X. 
(e) Nenhuma das respostas está correta. 
 
12) Num mercado em concorrência perfeita, o Governo estabelece um imposto específi-
co sobre determinado produto. A incidência do imposto se dará, simultaneamente, 
sobre produtores e consumidores: 
(a) Se as curvas de oferta e demanda forem absolutamente inelásticas. 
(b) Se a curva de demanda for absolutamente inelástica e a de oferta