DENSITOMETRIA OSSEA RADIOLOGIA DO
10 pág.

DENSITOMETRIA OSSEA RADIOLOGIA DO


DisciplinaRadiologia Do( Densitometria Ossea)5 materiais199 seguidores
Pré-visualização5 páginas
Curso Superior de Tecnologia em Radiologia Artigo Original 
A IMPORTÂNCIA DA DENSITOMETRIA ÓSSEA NO DIAGNÓSTICO DA 
OSTEOPOROSE 
THE IMPORTANCE OF BONE DENSITOMETRY FOR THE DIAGNOSIS OF OSTEOPOROSIS 
 
Dayane Oliveira de Queiroz1, Tainara da Silva Oliveira1, Anderson Gonçalves Passos2 
1 Alunas do Curso Superior de Tecnologia em Radiologia 
2 Professor Especialista do Curso Superior de Tecnologia em Radiologia 
 
Resumo 
Introdução: O crescente desenvolvimento e o avanço tecnológico na área de imaginologia tem proporcionado uma imagem de qualidade 
cada vez melhor, facilitando ainda mais os vários tipos de diagnósticos. Uma destes ganhos está na visualização por meio da radiação 
ionizante da densidade óssea. Esta linha da radiologia e denominada de densitometria óssea, um vertente relativamente nova na área, 
se levando em consideração o início da utilização da radiação ionizante na área da saúde. Objetivo: O objetivo deste trabalho é descrever 
a importância da Densitometria no diagnóstico de osteoporose com os avanços dos equipamentos tendo como principal o DEXA. 
Materiais e Métodos: O estudo foi feito a partir de revisão bibliográfica, através de artigos científicos, sites da site da Scielo cartilhas de 
orientações para prevenção da osteoporose, avanços dos equipamentos de densitometria óssea, pesquisados em bases eletrônicas e 
apostilas abordando o assunto estudado. Apenas utilizamos estudos em língua portuguesa, publicados nos últimos 16 anos, buscando 
assim mostrar a importância da densitometria óssea para o diagnóstico da osteoporose Conclusão: O equipamento DEXA e uma 
ferramenta de grande qualidade na área da radiologia médica/densitometria óssea. Sua utilização no diagnóstico da osteoporose vem 
trazendo benefícios para os indivíduos que podem através do seu laudo médico começar um tratamento e poder evitar futuras fraturas. 
Palavras-Chave: Densitometria óssea, equipamentos, osteoporose, protocolos, diagnóstico 
 
Abstract 
Introduction: The recent development and technological advances in diagnostic imaging has provided a high quality image , facilitating 
the various types of diagnostics. One advantage is the visualization of boné density using ionizing radiation. This line is radiology and 
called bone densitometry, a relatively new method in radiology, considering the beginning of the use of ionizing radiation on health. 
Objective: The objective of this study is to describe the importance of densitometry in the diagnosis of osteoporosis with advances of 
equipment having as main DEXA. Materials and Methods: The study was done from literature review by scientific articles, Scielo site, 
booklets of guidelines for prevention of osteoporosis, advances in bone densitometry equipment, searched in electronic databases and 
booklets addressing the subject studied. We use works in Portuguese, published in the last 16 years, thus seeking to show the importance 
of bone densitometry for the diagnosis of osteoporosis Conclusion: The DEXA equipment and a high-quality tool in the field of medical 
radiology / bone densitometry. Its use in the diagnosis of osteoporosis has brought benefits for individuals who can through their medical 
report begin treatment and can prevent future fractures. 
Keywords: Bone densitometry, equipment, osteoporosis, protocols, diagnosis. 
 
Contato: tainaraoliveira.2011@gmail.com 
 
 
Introdução 
 
O crescente desenvolvimento e o avanço 
tecnológico na área de imaginologia tem 
proporcionado uma imagem de qualidade cada vez 
melhor, facilitando ainda mais os vários tipos de 
diagnósticos. Uma destes ganhos está na 
visualização por meio da radiação ionizante da 
densidade óssea. Estudo este que possibilita, com 
diagnóstico precoce, uma qualidade de vida com 
reposição mineral, evitando assim fragilidade óssea 
e possíveis fraturas por perda da densidade 
mineral. 
Esta linha da radiologia e denominada de 
densitometria óssea, uma vertente relativamente 
nova na área, se levando em consideração o início 
da utilização da radiação ionizante na área da 
saúde.1 
Em 1963 deu-se início ao primeiro 
equipamento de Densitometria óssea que Cameron 
& Sorenson em suas pesquisas, realizou uma 
técnica que é baseada em medir a atenuação de 
 
 
um determinado feixe de fótons que contém apenas 
um nível de energia que foi o Single Photon 
Absorptiometry (SPA). A limitação do método SPA 
devido a necessidade de rodear a região com 
material equivalente a tecido mole levou ao 
desenvolvimento da técnica de absormetria por 
fótons de dupla energia (DPA).2 
Tendo como o equipamento mais utilizado o 
Dexa (Absorciometria de RX de Energia Dupla) por 
ter uma melhor precisão, reduzindo a dose no 
paciente, utiliza-se uma fonte de RX Duo \u2013 
energética ou Bi- fotónica para aquisição de 
medições da coluna lombar, fémur proximal, 
antebraço distal ou corpo inteiro.1 
A osteoporose é uma doença osteo- 
metabólica que abrange a maior parte das 
mulheres após a menopausa. Segundo a 
Organização Mundial de Saúde um 1\3 das 
individuas do sexo feminino de raça branca acima 
dos 65 anos são mais propicia a desenvolverem 
osteoporose. Estima-se que 25% dos homens 
brancos possa ter uma fratura osteoporótica, mas 
as mulheres têm uma relevância maior que o 
homem, devido a sua densidade mineral óssea ser 
menor comparada a dos homens um principal fator 
e o motivo delas passarem pela menopausa, tendo 
em vista que a osteoporose pode ser primária ou 
secundária.3 
Fatores que contribuem para riscos e 
causas, que levam a osteoporose são quando se 
tem fraturas decorrente de história materna, a 
região mais propicia é o colo do fêmur, indivíduos 
do sexo feminino, idade, mulheres com deficiência 
estrogênica quando se tem menopausa antes dos 
45 anos, cirurgias de oferectomia bilateral, 
consumo de tabagismo, excesso de bebidas 
alcoólicas, quando se consume pouco cálcio, peso, 
indivíduos sedentários.4 
O objetivo deste trabalho é descrever a 
importância da Densitometria no diagnóstico de 
osteoporose com os avanços dos equipamentos 
tendo como principal o DEXA. Este trabalho 
acadêmico tem por finalidade demonstrar a 
qualidade de imagens geradas pelo equipamento 
DEXA no diagnóstico da osteoporose, este trabalho 
acadêmico tem a pretensão, depois de concluído, 
de ser mais um objeto de pesquisa sobre as 
benéficas da realização, de qualidade, da 
densitometria óssea 
 
Materiais e Métodos 
 
O estudo foi feito a partir de revisão 
bibliográfica, através de artigos científicos, site da 
SciELO cartilhas de orientações para prevenção da 
osteoporose, avanços dos equipamentos de 
densitometria óssea, pesquisados em bases 
eletrônicas e apostilas abordando o assunto 
estudado. Apenas utilizamos estudos em língua 
portuguesa, publicados nos últimos 16 anos, 
buscando assim mostrar a importância da 
densitometria óssea para o diagnóstico da 
osteoporose, tendo como finalidade passar 
orientações de como ter cuidado maior de 
prevenção antes e depois do diagnóstico, 
selecionando os melhores artigos fazendo uma 
leitura criteriosa para enfatizar os principais pontos. 
 
Discussão 
 
Densitometria 
 
A Densitometria óssea é um método de 
diagnóstico com imagens que irá determinar a 
densidade mineral óssea em região anatômica do 
paciente. É uma modalidade de diagnóstico por 
imagem que determina a densidade mineral óssea 
de uma ou mais regiões anatômicas do paciente, e 
permite o diagnóstico de determinadas doenças no 
osso que envolve alteração e auto- regulação de 
sais inorgânicos, cálcio e fosforo do corpo humano, 
um exemplo e a osteoporose.2 
Para fazer a medição de massa óssea e 
prever fraturas a densitometria óssea é a tecnologia 
disponibilizada é única. Através de medições 
determinaram que pode-se antecipar uma futura