A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
5 pág.
Segundo vt da universo

Pré-visualização | Página 1 de 2

Questão 1
Quando Karl Marx identifica que a desigualdade de classes determina todas as demais desigualdades e resulta da opressão dos que possuem a propriedade dos meios de produção sobre os que não a possuem, ele esta abordando a questão da estratificação social nas sociedades:
Escolha uma:
a. socialistas;
b. comunistas;
c. feudais;
d. capitalistas;
e. primitivas.
Questão 2
Quando estudamos os vários níveis diferentes quanto ao acesso dos indivíduos a classes sociais, à riqueza, ao poder, ao prestígio e à cultura, estamos elaborando uma reflexão relativa à:
Escolha uma:
a. teoria da estratificação social;
b. teoria da comunicação social;
c. teoria da evolução das espécies;
d. teoria da relatividade;
e. teoria malthusiana.
Questão 3
Quando um número considerado e indefinido de indivíduos vivenciam necessidades, sejam elas discriminatórias ou preconceituosas, ou sofrem qualquer tipo de privação e se unem com objetivos reivindicatórios ou então, para alterar a ordem vigente, podemos considerar que se formou um processo denominado:
Escolha uma:
a. movimento social;
b. mobilidade social;
c. exposição social;
d. estrutura social;
e. ação social.
Questão 4
Leia com atenção o seguinte texto:
“[...] Bhima sorri. Ela adora esse ritual matinal. É tão bom não ter que ir ao bazar nos ônibus superlotados e caindo aos pedaços [...] Está ficando velha demais para lidar com a correria que ocorre inevitavelmente quando um dos ônibus vermelhos aparece no ponto. Na semana anterior [...] uma mulher franzina de 68 anos fraturou o pulso quando foi atirada ao chão pela multidão frenética que tentava embarcar no ônibus. 
- Tenho certeza de que fazem isso com os PARSES de propósito.” 
(UMRIGAR, Thrity, A distância entre nós, 2006, p. 97). 
Este parágrafo narra a passagem de um romance situado em Bombaim, Índia. Lendo-o, você observa que a sociedade na Índia era dividida em:
Escolha uma:
a. castas;
b. estamentos;
c. corporações;
d. clero;
e. classes.
Questão 5
Leia o texto: 
“Com a alfândega funcionando a contento, um consumidor brasileiro de uma grande cidade pode receber em casa no prazo de dois dias úteis um produto encomendado via internet na Europa. Os mercados do mundo estão hoje entrelaçados. Cerca de 80% dos produtos atravessam alguma fronteira nacional antes de ser consumidos ou empregados na fabricação de algum outro produto.(...)” 
FRANÇA, Ronaldo. Um Mundo onde o Tempo Voa. Revista Veja. 23 de Agosto de 2006. p. 10
O texto faz referência a um conjunto de ações características do atual modelo capitalista, em que o rompimento de fronteiras geográficas e históricas atende aos interesses econômicos das grandes empresas mundiais. Este fenômeno está associado ao que chamamos de:
Escolha uma:
a. nacionalização;
b. socialização;
c. normatização;
d. desregulamentação;
e. globalização.
Questão 6
Leia o texto: 
“Os chamados cristãos-novos surgiram com a conversão dos judeus portugueses ao Catolicismo, realizada através de um decreto do rei D. Manuel I, que proibiu a saída dos judeus de Portugal e impôs ao grupo, em 1497, o batismo forçado de forma violenta. Presentes no Brasil desde os primórdios da colonização, aqui eles encontravam melhores condições de vida do que no reino, onde a ameaça era constante depois da perseguição inquisitorial instituída em 1536.” 
LUSTOSA, Fernanda Mayer. Tolerância Religiosa. Revista Nossa História. Ano 3. No. 36. p. 54
A histórica perseguição aos judeus nos remete à intolerância em diferentes níveis em relação a este grupo. A sua conversão ao Catolicismo, ajustando-se aos padrões morais impostos por essa religião no período histórico mencionado pelo texto faz referência ao processo de:
Escolha uma:
a. adaptação;
b. alienação;
c. representação;
d. conflito;
e. consenso.
Questão 7
Thomas Marshall, escrevendo em 1949, defendia a existência de uma clara tendência na sociedade moderna em direção a uma igualdade social cada vez mais ampla, tendência esta que historicamente se desdobraria em diferentes gerações de direitos: a primeira geração seria constituída pelos direitos civis, ou seja, aqueles necessários ao exercício da liberdade individual, construídos, sobretudo ao longo do século XVIII; a segunda geração seria constituída pelos direitos políticos, que dizem respeito ao exercício do poder político, consolidados no século XIX; e a terceira geração de direitos, os direitos sociais, referentes ao bem-estar econômico e social, formulados já no século XX. 
Segundo Marshall, o conjunto dos direitos civis, políticos e sociais, que consiste na possibilidade dos indivíduos participarem igualmente como membros integrais de uma comunidade, constitui a base:
Escolha uma:
a. da cooperação entre os homens;
b. da cidadania;
c. de poder de Estado;
d. da mobilidade social;
e. da estrutura jurídica da sociedade.
Questão 8
"Panamá, 12 out (RV) - O arcebispo da Cidade do Panamá, Dom José Dimas Cedeno Delgado, disse que, se por um lado, os delitos devem ser punidos, por outro é necessário recordar que a condenação, por si só, não resolve o problema da delinqüência. 
'Deve haver a punição, é claro, mas somente esta não serve como remédio para a criminalidade' - afirmou o prelado. 
As declarações do arcebispo foram feitas no contexto do debate nacional, no Panamá, sobre a possibilidade de se adotar penas mais severas para infratores menores de idade. 
Dom Cedeno Delgado asseverou que impor penas mais severas aos jovens infratores não significa buscar a verdadeira raiz do problema que, freqüentemente, se encontra na situação de violência familiar e na realidade social violenta em que se movimentam." (http://www.oecumene.radiovaticana.org/bra/Articolo.asp?c=99025) 
Ao expor sobre a criminalidade e a punição dela decorrente, o arcebispo do Panamá evidencia que apenas a imposição de uma pena mais severa não seria suficiente para extinguir o delito. E apresenta alguns argumentos para defender o seu ponto de vista. Entende-se que eles se relacionam:
Escolha uma:
a. à ausência de direitos sociais, constituidores da cidadania plena, ao lado dos direitos civis e dos direitos políticos, conforme se verifica em Thomas Marshall;
b. aos fatos sociais porque estes não apresentam a exterioridade, a generalidade e a coercitividade - suas características fundamentais;
c. à ausência apenas de direitos políticos, de acordo com o que se depreende dos estudos de Thomas Marshall;
d. à cidadania por não haver nenhum vínculo com os direitos civis, direitos políticos e direitos sociais;
e. ao fato social, já que este se caracteriza somente pela generalidade, segundo a obra de Émile Durkheim.
Questão 9
"[...] a globalização perdia sua aura de algo espontâneo ou neutro: de "sinal dos novos tempos"[...] Nossas investigações deixavam claro que ela havia sido desencadeada a partir de decisões políticas muito concretas (por exemplo, a desregulamentação dos mercados financeiros). Demonstravam, além disso, que atendia aos interesses de alguns grupos sociais muito minoritários (ao promover uma reconcentração maciça de riquezas, em escala planetária). Revelavam que suas consequências estendiam-se por múltiplos aspectos da vida humana (multiplicando a velocidade do aquecimento da atmosfera terrestre ou do desaparecimento de idiomas." (http://dipio.uoi.com.br/2006-05,ai3i7) 
Como se nota claramente, o texto trata da globalização. Esta é vista:
Escolha uma:
a. positivamente, já que abrange a possibilidade da cidadania plena, levando-se em conta a população mundial;
b. negativamente, por ser fruto de articulações promovidas pelo capital internacional, ignorando os interesses das classes socialmente desfavorecidas;
c. de uma forma negativa porque as classes economicamente em desvantagem teriam maiores oportunidades de ascensão social;
d. positivamente, porque o capital internacional promoveria a justiça social;
e. negativamente, porque