A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
76 pág.
AULA_6___SISTEMA_NERVOSO.pdf

Pré-visualização | Página 1 de 2

SISTEMA NERVOSO 
Prof Bruna Panarra 
Controla e coordena as funções de todos os sistemas 
do organismo 
 
Interpreta estímulos e desencadeia respostas 
 
Controla atos voluntários e involuntários 
 
Função: 
Integração do ser com o meio ambiente 
SISTEMA NERVOSO 
 
SISTEMA NERVOSO 
TECIDO NERVOSO 
 
- NEURÔNIOS 
Unidade morfofuncional: 
Função: receber, processar e enviar informações 
 
- NEUROGLIAS OU CÉLULAS DA GLIA: 
Função: sustentação, revestimento e isolamento dos neurônios 
 
SISTEMA NERVOSO 
 
NEURÔNIOS 
 
SISTEMA NERVOSO 
NEURÔNIOS 
CLASSIFICAÇÃO MORFOLÓGICA: 
 
- UNIPOLAR (raros) 
 
- BIPOLAR 
 dois prolongamentos deixam o 
corpo celular 
 
- PSEUDO-UNIPOLAR 
 um prolongamento deixam o 
corpo celular 
 
- MULTIPOLAR 
 vários dendritos e um axônio 
 
 
SISTEMA NERVOSO 
NEURÔNIOS 
CLASSIFICAÇÃO MORFOLÓGICA: 
 
- UNIPOLAR (raros) 
 
- BIPOLAR 
 dois prolongamentos deixam o 
corpo celular 
 
- PSEUDO-UNIPOLAR 
 um prolongamento deixam o 
corpo celular 
 
- MULTIPOLAR 
 vários dendritos e um axônio 
 
 
SISTEMA NERVOSO 
NEURÔNIOS 
CLASSIFICAÇÃO FUNCIONAL: 
 
- AFERENTE OU SENSITIVO 
 Conduz a informação da periferia em 
direção ao SNC 
 
- EFERENTE OU MOTOR 
 Conduz informações do SNC à periferia 
ou órgão efetor (músculo ou glândula) 
 
- INTERNEURÔNIO OU DE ASSOCIAÇÃO 
 Fazem a conexão entre um neurônio e 
outro, sendo encontrado no SNC. 
 
 
 
NEUROGLIAS 
- ASTRÓCITOS 
 nutritiva, sustentação, 
isolamento e função neuronal 
 
- OLIGODENDRÓCITO 
 isolamento do axônio no 
SNC 
 
- MICROGLIA 
 fagocítica (defesa) 
 
- CÉLULA EPENDIMÁRIA 
 revestimento e formação 
líquor 
 
- SUBSTÂNCIA CINZENTA 
– RICAS NOS NÚCLEOS 
DAS CÉLULAS 
NERVOSAS 
 
 
 
- SUBSTÂNCIA BRANCA – 
RICA EM FIBRAS 
NERVOSAS MIELÍNICAS 
 
SISTEMA NERVOSO 
CLASSIFICAÇÃO FUNCIONAL: 
SISTEMA NERVOSO SOMÁTICO 
 
SISTEMA NERVOSO AUTÔNOMO 
 
- AFERENTE – traz informações relacionadas ao corpo 
 
- EFERENTE – dá ordens de contração/movimentos (músculos 
esqueléticos estriados) 
- AFERENTE – sensibilidade visceral 
 
- EFERENTE – controle das vísceras (músculos lisos e cardíacos) 
SISTEMA NERVOSO VISCERAL 
 
- Simpático 
- Parassimpático 
SISTEMA NERVOSO 
CLASSIFICAÇÃO ANATÔMICA: 
 
SISTEMA NERVOSO CENTRAL 
 Porção de recepção de estímulos, de comando e desencadeadora de respostas 
SISTEMA NERVOSO PERIFÉRICO 
 Vias que conduzem os estímulos ao SNC ou que levam aos órgãos efetuadores 
as ordens emanadas da porção central. 
SISTEMA NERVOSO 
CLASSIFICAÇÃO ANATÔMICA: 
 
SISTEMA NERVOSO CENTRAL 
 Porção de recepção de estímulos, de comando e desencadeadora de respostas 
SISTEMA NERVOSO 
CLASSIFICAÇÃO ANATÔMICA: 
 SISTEMA NERVOSO PERIFÉRICO 
 Vias que conduzem os estímulos ao SNC ou que levam aos órgãos efetuadores 
as ordens emanadas da porção central. 
SISTEMA NERVOSO CENTRAL 
 
- ENCÉFALO 
- MEDULA ESPINAL 
Protegidos pelo crânio e coluna vertebral, 
respectivamente. 
Reforçada pela presença de lâminas de 
tecido conjuntivo, chamadas de 
MENINGES 
SISTEMA NERVOSO CENTRAL 
 MENINGES 
 
 
Espaços 
 
– Espaço epidural: entre dura-máter e periósteo 
 
– Espaço subdural: entre dura-máter e aracnóide 
 
– Espaço subaracnóideo: entre aracnóide e pia-máter 
 
Líquido cerebroespinal ou líquor 
- Dura Mater 
- Aracnóide 
- Pia Mater 
SISTEMA NERVOSO CENTRAL 
 
MENINGES 
 
SISTEMA NERVOSO CENTRAL 
 
MENINGES 
 
SISTEMA NERVOSO CENTRAL 
 
MENINGES 
 
SISTEMA NERVOSO CENTRAL 
 SNC origina-se do tubo neural: 
 
SISTEMA NERVOSO CENTRAL 
 
SNC origina-se do tubo neural: 
 
SISTEMA NERVOSO 
SISTEMA NERVOSO CENTRAL 
 - ENCÉFALO 
SISTEMA NERVOSO 
SISTEMA NERVOSO CENTRAL 
 - ENCÉFALO 
No cérebro: massa de substância 
branca revestida externamente 
por uma fina camada de 
substância cinza e tendo no 
centro massas de substância 
cinzenta constituindo os núcleos. 
SISTEMA NERVOSO 
SISTEMA NERVOSO CENTRAL 
 - ENCÉFALO 
Terceiro 
Ventrículo 
Quarto 
Ventrículo 
Ventrículos 
Laterias 
3º 
4º 
L 
Líquido contendo glicose, uréia, sais, 
pobre em proteínas 
 
Principais funções: 
– Proteção (amortecimento de 
choques) 
– Remoção de impurezas e 
substâncias tóxicas produzidas 
pelas células do encéfalo e 
medula espinhal 
Líquor 
 
3º 
4º 
L 
Produção do Líquor 
Produzido nos plexos corióides 
 
Circula no espaço subaracnoideo e pelos 
ventrículos do encéfalo 
 
Líquido claro e incolor circula por todo o 
SNC 
 
SISTEMA NERVOSO 
SISTEMA NERVOSO CENTRAL 
 
SISTEMA NERVOSO 
TELENCÉFALO 
A maior parte 
do encéfalo 
corresponde ao 
cérebro, 
constituído por 
duas massas, 
os hemisférios 
cerebrais. 
SISTEMA NERVOSO 
TELENCÉFALO 
 
Corpo caloso 
Foice do 
cérebro 
Os hemisférios cerebrais são 
unidos por uma ponte de 
fibras nervosas, denominada 
CORPO CALOSO, e separados 
por uma lâmina de dura-méter, 
a FOICE DO CÉREBRO 
 
SISTEMA NERVOSO 
TELENCÉFALO 
 O córtex cerebral, o nível 
externo do encéfalo, cobre o 
cérebro. Várias marcas são 
visíveis na superfície do córtex, 
como as circunvoluções 
cerebrais, também chamados de 
giros, sulcos (que separam os 
giros) e fissuras (fendas mais 
profundas) 
SISTEMA NERVOSO 
TELENCÉFALO 
 
SISTEMA NERVOSO 
TELENCÉFALO 
 Os hemisférios podem ser divididos em lobos, 
correspondendo cada um ao osso que do crânio com que 
guardam relações. 
SISTEMA NERVOSO 
TELENCÉFALO 
 Os hemisférios podem ser divididos em lobos, 
correspondendo cada um ao osso que do crânio com que 
guardam relações. 
SISTEMA NERVOSO 
TELENCÉFALO 
 LOBO FRONTAL 
SISTEMA NERVOSO 
TELENCÉFALO 
 LOBO TEMPORAL 
SISTEMA NERVOSO 
TELENCÉFALO 
 LOBO PARIETAL 
SISTEMA NERVOSO 
TELENCÉFALO 
 LOBO PARIETAL 
SISTEMA NERVOSO 
TELENCÉFALO 
 LOBO OCCIPITAL 
SISTEMA NERVOSO 
TELENCÉFALO 
 LOBO DA ÍNSULA 
SISTEMA NERVOSO 
TELENCÉFALO 
 
SISTEMA NERVOSO 
TELENCÉFALO 
 
SISTEMA NERVOSO 
TELENCÉFALO 
 
SISTEMA NERVOSO 
DIENCÉFALO 
 
SISTEMA NERVOSO 
DIENCÉFALO 
 
EPITÁLAMO 
TÁLAMO 
HIPOTÁLAMO 
 
SISTEMA NERVOSO 
DIENCÉFALO 
 TÁLAMO: 
Porta de entrada para o 
cérebro. Quando um 
impulso sai de qualquer 
parte do corpo (exceto 
olfatório), ele passa pelo 
tálamo. Em seguida, ele 
repassa o impulso para o 
local apropriado do córtex 
cerebral, que interpreta a 
mensagem. 
 
SISTEMA NERVOSO 
DIENCÉFALO 
 
HIPOTÁLAMO: 
Regula o sono, fome, sede, 
desejo sexual, temperatura 
corporal, pressão arterial e 
os níveis de fluidos, e 
mantém a homeostase, que 
monitora os sistemas do 
corpo. 
 
SISTEMA NERVOSO 
CEREBELO 
 
Coordenador dos 
movimentos da musculatura 
esquelética e na 
manutenção do equilíbrio 
 
Dançar 
Manutenção do tônus 
muscular 
 
SISTEMA NERVOSO 
CEREBELO 
 
TRONCO ENCEFÁLICO 
Origem de 10 dos 12 nervos cranianos 
Várias funções ligadas ao controle das atividades involuntárias e 
emoções 
 
MESENCÉFALO 
PONTE 
BULBO 
 
SISTEMA NERVOSO 
TRONCO ENCEFÁLICO 
 
MESENCÉFALO 
 
“Estação” para as 
informações que passam