A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
2 pág.
AV - Fundamentos de Direito Empresarial e Tributário

Pré-visualização | Página 1 de 1

Avaliação: CCJ0138_AV_201702026639 » FUNDAMENTOS DE DIREITO EMPRESARIAL E TRIBUTÁRIO 
Tipo de Avaliação: AV 
Professor: MARIA CRISTINA PAULINO FRASCARI DA SILVA Turma: 9018/AR 
Nota da Prova: 4,0 Nota de Partic.: 0 Av. Parcial 2 Data: 20/11/2017 21:09:53 
 
 1a Questão (Ref.: 201702826018) Pontos: 1,0 / 1,0 
A Constituição Federal estabelece a competência tributária, conceito que atribui a um determinado ente o poder de tributar. 
Tal poder foi dividido entre os entes federativos: ___________, _______________, ______________ e ______________. 
 
 
Resposta: União, Estados, Distrito Federal e Distritos 
 
Gabarito: União, Estados, Distrito Federal e Municípios. 
 
 2a Questão (Ref.: 201702824963) Pontos: 1,0 / 1,0 
Aponte como deve ser formado o nome da sociedade por quotas de responsabilidade limitada? 
Resposta: Razão Social + LTDA 
 
Gabarito: O nome deve ser formado por firma (ou razão social) ou por denominação. No caso de denominação, o nome deverá 
mencionar o ramo de atividade a que se dedica a empresa. Em qualquer hipótese, acrescentando se, ao final, a palavra 
"Limitada" ou "Ltda.". É de melhor técnica a denominação ("Lanches Alegria da Roça Ltda."), para que não seja necessário 
alterar se o nome, por ocasião da entrada ou saída de um sócio ("Miranda, Silva & Companhia Limitada"). 
 
 3a Questão (Ref.: 201702825433) Pontos: 1,0 / 1,0 
Complete corretamente: "O direito _____ constitui uma prerrogativa conferida e disciplinada pelo direito ______." 
 
 
Objetivo / Objetivo; 
 
Público / Subjetivo; 
 Subjetivo / Objetivo; 
 
Subjetivo / Subjetivo; 
 
Objetivo / Subjetivo; 
 
 4a Questão (Ref.: 201702825382) Pontos: 1,0 / 1,0 
Diante do estudo das atividades que permaneceram excluídas da nova conceituação de Empresário, responda: Quais são estas 
atividades? I. Científica II. Cultural e Artística III. Literária IV. Indústria e Comércio Estão corretos os itens: 
 
 
III e IV 
 
II, III e IV 
 
I, II e IV 
 
II e IV 
 I, II e III 
 
 5a Questão (Ref.: 201702825704) Pontos: 0,0 / 1,0 
Muito se tem discutido acerca da repartição da receita oriunda dos royalties do petróleo. A batalha política, legislativa e 
jurisprudencial tem em meta atender aos interesses e às reais necessidades financeiras de cada ente da federação 
interessado. O tema cuida em especial de previsão constitucional que assegura "nos termos da lei, aos Estados, ao Distrito 
Federal e aos Municípios, bem como a órgãos da Administração direta da União, participação no resultado da exploração de 
petróleo ou gás natural, de recursos hídricos para fins de geração de energia elétrica e de outros recursos minerais no 
respectivo território, plataforma continental, mar territorial ou zona econômica exclusiva, ou compensação financeira por essa 
exploração"(art. 20, §1º da CRFB/88). Tais recursos são importantes para o ente federativo e fazem parte de seu orçamento 
como: 
 
 
faturamento público 
 
despesa pública ordinária 
 
crédito público suplementar 
 receita pública originária 
 receita pública derivada 
 
 6a Questão (Ref.: 201702825934) Pontos: 0,0 / 1,0 
Os tributos de acordo com a Legislação Tributária vigente são: 
 
 
Contribuição Previdenciária e Preço Público. 
 Taxas e Contribuições Sociais. 
 
Taxas e Tarifas. 
 
Sinônimo de Impostos. 
 Impostos, Taxas e Contribuições de Melhorias 
 
 7a Questão (Ref.: 201702826040) Pontos: 0,0 / 1,0 
Dentre os impostos que são recolhidos em nosso país, quais são os impostos sujeitos ao princípio da não cumulatividade: 
 
 
O ISS e o IPTU 
 O IPI e o IOF 
 
O ICMS, o IPI e o IOF 
 
O IPI, o ICMS e o IPTU 
 O IPI e o ICMS 
 
 8a Questão (Ref.: 201702826148) Pontos: 0,0 / 1,0 
De acordo com o que estudamos acerca do fato gerador, indique a opção correta: 
 
 Quando não há fato gerador não haverá obrigação tributária e sempre está determinado em lei. 
 Quando não há fato gerador haverá obrigação tributária e sempre está determinado em lei. 
 
Quando não há fato gerador não haverá obrigação tributária e em alguns casos está determinado em lei. 
 
Quando não há fato gerador não haverá obrigação tributária e em alguns está determinado em decreto. 
 
Quando não há fato gerador não haverá obrigação tributária e sempre está determinado em decreto. 
 
 9a Questão (Ref.: 201702826137) Pontos: 0,0 / 0,5 
Designa-se "Crédito Tributário" a prestação em moeda ou outro valor nela se possa exprimir, que o sujeito ativo da obrigação 
tributária (União, Estados, Distrito Federal e Municípios) tem o direito de exigir do sujeito passivo direto ou indireto 
(contribuinte, responsável ou terceiro).Nos termos do C.T.N. considera-se constituído o crédito tributário: 
 
 com o recolhimento antecipado do tributo. 
 
com a ocorrência do fato gerador da obrigação tributária. 
 
independentemente de homologação com o lançamento do crédito efetuado pelo contribuinte. 
 
com a notificação, por escrito ao contribuinte, da ocorrência do fato gerador. 
 com o lançamento do crédito efetuado pela autoridade administrativa. 
 
 10a Questão (Ref.: 201702825640) Pontos: 0,0 / 0,5 
Quais os dois órgãos importantes na Recuperação Judicial? 
 
Administrador Judicial é uma execução coletiva movida contra um devedor, empresário ou sociedade 
empresária, atingindo o seu patrimônio para uma venda forçada, partilhando o resultado, proporcionalmente, 
entre os credores e o Comitê de Credores idôneo, preferencialmente advogado, economista, administrador de 
empresas ou contador ou pessoa jurídica especializada 
 
Administrador Judicial quem exerce profissionalmente atividade econômica organizada para a produção ou a 
circulação de bens ou de serviços e o Comitê de Credores idôneo, preferencialmente advogado, economista, 
administrador de empresas ou contador ou pessoa jurídica especializada 
 Administrador Judicial, Profissional idôneo, preferencialmente advogado, economista, administrador de 
empresas ou contador ou pessoa jurídica especializada e o Comitê de Credores Órgão facultativo na falência e 
na recuperação judicial. Sua existência somente se justifica nas empresas com grande complexidade 
organizacional. 
 
Administrador Judicial - Órgão facultativo na falência e na recuperação judicial. Sua existência somente se 
justifica nas empresas com grande complexidade organizacional e o Comitê de Credores idôneo, 
preferencialmente advogado, economista, administrador de empresas ou contador ou pessoa jurídica 
especializada 
 Administradores Judiciais serão convocados pelo juiz pelas hipóteses previstas em lei ou quando achar 
necessário e o Comitê de Credores idôneo, preferencialmente advogado, economista, administrador de 
empresas ou contador ou pessoa jurídica especializada