av1 e av2 praticas pedagogicas identidade docente
8 pág.

av1 e av2 praticas pedagogicas identidade docente


DisciplinaPortuguês63.108 materiais1.380.736 seguidores
Pré-visualização2 páginas
Av1 praticas pedagógicas identidade docente unopar2017
contrário, é uma característica humana. Não há ser humano que jamais tenha ensinado algo a alguém ou nunca tenha participado da educação de outra pessoa".
CARVALHO, José Sergio Fonseca de. Democratização do ensino e a polêmica conceitual. Educação e Pesquisa, São Paulo, v. 30, n.2, May/Aug, 2004, p. 1-14.
Frente ao exposto é correto afirmar que o ato de educar:
Alternativas:
a)
Compete apenas à escola.
b)
Deve se concretizar somente no ambiente familiar.
c)
Acontece em todas as instâncias com os quais o sujeito convive.
d)
Se concretiza apenas em ambientes institucionalizados.
e)
Não envolve o contato com gerações passadas.
2) 
Para os professores, seus conhecimentos estão profundamente ancorados em sua experiência de vida no trabalho. Isso não quer dizer que os professores não utilizem conhecimentos externos provenientes, por exemplo, de sua formação, da pesquisa, dos programas ou de outras fontes de conhecimento. Isso quer dizer, no entanto, que esses conhecimentos externos são reinterpretados em função das necessidades especí¿cas a seu trabalho". (TARDIF, 2013, p. 568).
TARDIF,Maurice.Aprofissionalizaçãodoensinopassadostrintaanos:doispassos para a frente, três para trás. Educ. Soc. vol.34, n.123, Campinas Apr./June, 2013.
A partir do anunciado por Tardif (2013), no que se refere aos conhecimentos docentes, é correto o que se afirma em:
I: Os conhecimentos dos professores parecem também profundamente marcados pelo contexto socioeducacional e institucional no qual hoje exercem sua pro¿ssão.
II: Os conhecimentos dos professores continuam constituindo atualmente um desa¿o central, não somente para a pesquisa, mas também, e talvez principalmente, para a própria pro¿ssão de docente.
III: Os conhecimentos dos professores não são determinados pelo contexto das interações com os alunos.
Alternativas:
a)Apenas em I \u2013 II
b)
Apenas em II \u2013 III
c)
Apenas em I \u2013 III
d)
I \u2013 II \u2013 III
e)
Apenas em III
3) 
Segundo Tardif (2013), a evolução do ensino escolar moderno passou por três idades que correspondem cada uma a um período histórico particular.
TARDIF,Maurice.Aprofissionalizaçãodoensinopassadostrintaanos:doispassos para a frente, três para trás. Educ. Soc, vol., n.123, Apr./June 2013.
Frente ao exposto, indique como verdadeiras (V) ou falsas (F) as informações abaixo, tomando por base o ensino na idade da profissão.
I: Surgiu na Europa nos séculos XVI e XVIII no contexto da reforma protestante e da contra-reforma católica.
II: Nesse contexto religioso, o ensino era considerado como uma vocação.
III: Surge no século XIX no quadro do processo de secularização e de desconfessionalização das sociedades ocidentais.
IV: Está vinculado às pressões econômicas e políticas para aumentar o desempenho dos professores e o rendimento dos sistemas de ensino.
Alternativas:
a)
V \u2013 V \u2013 F \u2013 F 
b)F \u2013 F \u2013 F \u2013 V 
c)
F \u2013 F \u2013 V \u2013 V
d)
V \u2013 V \u2013 V \u2013 F
e)
V - F \u2013 F \u2013 V
4) 
Assinale a alternativa cujas palavras darão sentido ao fragmento do texto de Tardif e Raymond (2000).
"Ao longo de sua história de vida ____________ e escolar, supõe-se que o futuro professor interioriza um certo número de conhecimentos, de competências, de crenças, de valores etc., os quais estruturam a sua ___________________ e as suas relações com os outros (especialmente com os alunos) e são reatualizados e reutilizados, de maneira não reflexiva, mas com grande convicção, na prática de seu _________. Desse ponto de vista, os saberes experienciais do professor de profissão, longe de serem baseados unicamente no trabalho em sala de aula, decorreriam, em grande parte, de preconcepções do ensino e da aprendizagem _________________ da história escolar." (TARDIF; RAYMOND, 2000, p. 218-219)
TARDIF,Maurice; RAYMOND Danielle.Saberes,tempo e aprendizagem do trabalho no magistério. Educação & Sociedade, ano XXI, n. 73, Dezembro/00, p. 209 a 244.
Alternativas:
a)
Individual \u2013 memória \u2013 trabalho - copiadas
b)Pessoal \u2013 personalidade \u2013 ofício \u2013 herdadas
c)
Grupal \u2013 vida \u2013 agir \u2013 memorizadas
d)
Normal \u2013 cabeça \u2013 projeto \u2013 surgidas
e)
Pessoal \u2013 cabeça - agir \u2013 memorizadas
5) 
O debate sobre a profissionalização docente não é recente, e nas últimas décadas se intensificou devido às iniciativas de reestruturação curricular das escolas normais e dos cursos de pedagogia, com as experiências de novos cursos de formação em nível superior e também com a produção acadêmica intensa sobre o assunto.
Sobre a formação de professores é corretor o que se afirma somente em:
I: Esse debate acentua-se com a aprovação da Lei de Diretrizes e Bases \u2013 Lei 9394/96 \u2013 que, superando a polêmica relativa ao nível de formação, elevou a formação do professor das séries iniciais ao nível superior, estabelecendo que ela se daria em Universidades e em Institutos Superiores de Educação, nas licenciaturas e em cursos normais superiores.
II: Com base na LDB 9394/96, a formação de docentes para atuar na Educação Básica far-se-á em nível superior, em curso de graduação plena, em universidades e institutos superiores de educação, admitida, como formação mínima para o exercício do magistério na educação infantil e nas quatro primeiras séries do ensino fundamental, a oferecida em nível médio, na modalidade Normal.
III: A partir da LDB 9394/96, os professores são considerados aptos para exercer o magistério somente aos trinta anos, porque existem outros professore mais preparados para a função.
Alternativas:
a)
I \u2013 III
b)
II \u2013 III
c)
III
d)
II
e)I \u2013 II
Av2 identidade docente unopar 2017
1) 
"A ______________________________________ foi uma preocupação constante em Paulo Freire, manifestada em suas numerosas obras. Em Professora sim, tia não: cartas a quem ousa ensinar, ele reafirma a necessária _______________________da docência contra a desvalorização dessa profissão. O sonho de mudança não se consolida nas sociedades sem a presença do _____________________ . É verdade, diz ele, "a educação não é a alavanca da transformação social, mas sem ela essa transformação não se dá. Nenhuma nação se afirma fora dessa louca paixão pelo conhecimento, sem que se aventure, plena de emoção, na reinvenção constante de si mesma, sem que se arrisque criadoramente."
A seguir, assinale a alternativa que contém as palavras que preencham as lacunas:
Alternativas:
a)Formação do professor \u2013 Profissionalização \u2013 Professor.
b)
Escola \u2013 Extinção \u2013 Ensino.
c)
Extinção \u2013 Escola \u2013 Professor.
d)
Sala de Aula \u2013 Profissionalização \u2013 Ensino.
e)
Educação \u2013 Extinção \u2013 Professor.
2) 
Os saberes docente são constituídos por um campo de conhecimento que vem sendo explorado por vários estudiosos, a fim de entenderem os saberes que são necessários para se tornar um bom professor na sociedade atual, visto que a mesma é marcada por constantes mudanças e transformações.
Comungando dessas ideias, Freitas e Pacífico (2015) fizeram um levantamento levando em consideração os estudos de Perrenoud, Freire, Tardif e Gauthier, sobre quais saberes estariam envolvidos na constituição de uma bom professor.
A seguir, assinale a alternativa que indica esses saberes:
Alternativas:
a)
Formação Inicial, Educação Básica e Ensino Superior.
b)
Educação Básica, Ensino Superior e Estágio.
c)
Educação Infantil, Ensino Fundamental e Ensino Médio.
d)
Formação Continuada, Educação Básica e Educação Infantil.
e)Formação Inicial, Prática e Formação Continuada.
3) 
Gadotti (2007) ao tecer considerações a respeito da qualidade do nosso ensino e da necessidade de formação do professor encontra em Paulo Freire respostas para algumas indagações sobre essas temáticas.
Nessa direção, assinale a alternativa que contempla as ideias de Paulo Freire sobre as temáticas destacadas e que foram levantadas pelo autor:
Alternativas:
a)
O mais importante não é o que o aluno sabe, mas o que o professor sabe, pois ao professor cabe o domínio do conhecimento.
b)
É importante defender a escola privada, pois a mesma é provida