Contabilidade   Unid I(1)
24 pág.

Contabilidade Unid I(1)


DisciplinaAdministrativo3.488 materiais9.701 seguidores
Pré-visualização7 páginas
têm em dinheiro, quanto têm a receber, o que têm a pagar, a quem devem etc. Eles 
precisam saber se estão ganhando ou perdendo dinheiro e, sobretudo, qual é o resultado econômico e o 
financeiro de suas atividades empresariais.
Externamente, organizações e indivíduos procuram ter uma avaliação acerca da empresa, ainda que 
não tenham acesso direto à sua rotina diária. Vejamos alguns usuários e sua relação com a contabilidade:
\u2022	 Usuários	internos:
\u2014 Gestores financeiros: analisam, por meio da contabilidade, a posição financeira expressa por 
dinheiro e direitos a receber, bem como as obrigações a serem saldadas com esses recursos.
 Analisam também a lucratividade da entidade e a relação entre o desempenho econômico, 
expresso em resultado positivo ou negativo, e o desempenho financeiro, ou seja, a geração de 
recursos financeiros para pagar as obrigações assumidas.
\u2014 Gestores de produção: analisam a relação entre despesas e receitas, bem como os níveis de 
estoques.
21
AD
M
-C
CT
B 
\u2014
 R
ev
isã
o:
 A
nd
re
ia
 -
 D
ia
gr
am
aç
ão
: F
ab
io
 -
 1
0/
07
/2
01
4
Contabilidade
\u2014 Auditores internos: analisam a veracidade ou a precisão da contabilidade, buscam indicações 
de desvios de recursos ou práticas duvidosas e auxiliam os gestores financeiros, de produção e 
de outros setores a obter números confiáveis, a partir dos quais se podem tomar decisões.
\u2014 Gestores em geral: qualquer um que precise entender e analisar a história da empresa expressa 
em unidades monetárias.
\u2014 Administradores: aqueles que, ao administrar a empresa, precisam de um \u201cmapa\u201d e de uma 
\u201cbússola\u201d, da mesma maneira que um navegador necessita dessas ferramentas para orientar-se 
e decidir-se por um caminho a tomar.
\u2014 Sócios: querem saber de seus haveres, do lucro a que fazem jus e do real desempenho da 
empresa. Usam a contabilidade para cobrar resultados dos administradores.
\u2022	 Usuários	externos:
\u2014 Fornecedores: utilizam, dentre outros recursos, a contabilidade, para avaliar se o cliente terá 
capacidade de pagar pelos produtos comprados a prazo.
\u2014 Banqueiros comerciais: essencialmente, concedem crédito na forma de empréstimos, desconto de 
títulos e outras operações, em que emprestam o capital necessário à condução das atividades da entidade. 
A partir da contabilidade, procuram analisar a capacidade de devolução dos recursos emprestados.
\u2014 Banqueiros de investimento: são agentes especializados em fornecer recursos de investimento 
a longo prazo, de maneira que as empresas possam investir a longo prazo em crescimento e 
desenvolvimento. Usam a contabilidade para avaliar as perspectivas de crescimento e retorno 
sobre o investimento, e demonstram aos investidores externos, com base em projeções feitas a 
partir dos números da contabilidade da empresa, o potencial de lucro e o risco do investimento.
\u2014 Auditores externos: analisam as demonstrações contábeis de maneira que ateste sua 
correção. Se os números estiverem corretos, autoridades tributárias, banqueiros comerciais ou 
de investimentos e investidores poderão, mais seguramente, avaliar as empresas.
Há ainda grupos de interesse diversos, como o governo, que usa largamente as informações contábeis 
para fins de arrecadação e fiscalização de impostos, e para a formação de políticas econômicas, a partir 
dos dados que as demonstrações financeiras oferecem.
Os sindicatos de trabalhadores ou patronais podem vir a utilizar os relatórios para determinar a 
produtividade do setor, um fator preponderante para decidir se salários devem ser reajustados, por exemplo.
Podemos citar muitos outros interessados, como funcionários, órgãos de classes, pessoas e diversas 
instituições, como a CVM (Comissão de Valores Mobiliários), o CRC (Conselho Regional de Contabilidade), 
empresas concorrentes, jornalistas em busca de informações para suas matérias e muito mais.
22
Unidade I
AD
M
-C
CT
B 
\u2014
 R
ev
isã
o:
 A
nd
re
ia
 -
 D
ia
gr
am
aç
ão
: F
ab
io
 -
 1
0/
07
/2
01
4
 resumo
Estudamos nesta unidade o campo de atuação da contabilidade.
Iniciamos esse estudo trazendo um caso real e muito ousado de 
empreendedorismo, no qual surge espontaneamente a pergunta: \u201cEsse 
negócio dará certo?\u201d.
A forma de responder a uma pergunta como essa é com a utilização da 
contabilidade, uma ciência que estuda o patrimônio e desenvolveu uma 
metodologia própria que capta, registra, acumula, resume e analisa todos 
os fatos econômicos e financeiros que ocorrem em uma entidade.
Passamos, então, a estudar o uso da contabilidade não apenas para 
gerar informações, mas também para proporcionar controle. Com 
esses primeiros conhecimentos em mente, estudamos as aplicações da 
contabilidade, principalmente, na área de finanças empresariais, e as 
relações da contabilidade com a Economia, o Direito e alguns grupos de 
interesse na informação contábil, os chamados \u201cusuários\u201d. 
Com esse estudo, vimos quão amplo é o campo de atuação da 
contabilidade, que não é apenas uma forma matemática de \u201cfazer contas\u201d, 
mas também uma poderosa ferramenta de gestão, capaz de dar um subsídio 
sólido para administradores tomarem decisões, mesmo as mais difíceis e 
arriscadas.
Após esta unidade, é bem capaz que você esteja com um monte de 
dúvidas. Como exatamente a contabilidade faz isso? Puxa, até parece 
algo mágico! Mas... não há nada de magia! A contabilidade é baseada em 
metodologias e que exigem certo esforço para serem compreendidas. É isso 
que nós iremos estudar nas próximas unidades.
Por ora, a expectativa é a de que neste momento você tenha condições 
de responder à pergunta norteadora desta unidade, que é :\u201cO que é 
contabilidade?\u201d.
Se você ainda não estiver confortável para responder, nem que seja 
minimamente, a essa pergunta, não hesite em voltar e ler esta unidade 
mais uma ou quantas vezes for necessário. E não tenha ansiedade, estudar 
contabilidade é um caminhar, em que cada vez mais conhecimentos serão 
agregados a essa base conceitual que acabamos de estudar.
23
AD
M
-C
CT
B 
\u2014
 R
ev
isã
o:
 A
nd
re
ia
 -
 D
ia
gr
am
aç
ão
: F
ab
io
 -
 1
0/
07
/2
01
4
Contabilidade
Agora, estamos prontos para partir para a Unidade II deste livro-texto, 
na qual estudaremos o Balanço Patrimonial.
Vamos lá!
 exercícios
Questão 1 (Enade 2009). Para o exercício da profissão contábil, é necessário observar o Código de 
Ética, cujo objetivo é fixar a forma pela qual se devem conduzir os contabilistas.
Uma situação demonstrativa de um comportamento ético do contador é:
A) Assinar os balanços de uma empresa, elaborados por profissional não habilitado, sem orientar, 
sem supervisionar e sem fiscalizar sua preparação.
B) Emitir parecer favorável de auditoria a uma empresa, sem a realização de testes suficientes para 
fundamentar a sua opinião.
C) Propor honorários aviltantes para clientes de outros escritórios, a fim de aumentar a receita que 
recebe.
D) Publicar, no sítio do seu escritório de contabilidade, artigo técnico, sem citar a fonte consultada.
E) Renunciar às suas funções ao perceber a ocorrência de desconfiança por parte de seu cliente, sem 
prejudicá-lo.
Análise das alternativas
Resposta correta: alternativa E.
A) Alternativa incorreta. 
Justificativa: os atos indicados nessa alternativa revelam atitude bastante negativa e não profissional. 
Os demonstrativos podem apresentar uma série de impropriedades e, eventualmente, fraudes e dados 
irregulares.
B) Alternativa incorreta. 
Justificativa: trata-se de atitude que não vai ao encontro da boa conduta e do profissionalismo 
exigidos em um processo de auditoria.
24
Unidade I
AD
M
-C
CT
B 
\u2014
 R
ev
isã
o:
 A
nd
re
ia
 -
 D
ia
gr
am
aç