Resumo de Falência
18 pág.

Resumo de Falência


DisciplinaDireito Empresarial I21.491 materiais91.896 seguidores
Pré-visualização4 páginas
do crédito ou da garantia, o credor que se enriqueceu ilicitamente deverá restituir em dobro as quantias recebidas. Trata-se, com efeito, de mais uma modalidade de repetição de indébito por cobrança indevida, além das já existentes no art. 940 do Código Civil e no art. 42 do Código de Defesa do Consumidor.
Pagos todos os credores, o saldo, se houver, será entregue ao falido.
Fase pós-falencial \u2013 Encerramento da falência
Concluída a realização de todo o ativo e distribuído o produto entre os credores, o administrador judicial apresentará suas contas ao juiz, no prazo de trinta dias. O juiz decidirá, por sentença, se aprova ou não as contas apresentadas pelo administrador judicial. Dessa decisão cabe apelação.
Ultrapassado o prazo legal, e não havendo impugnação das contas e parecer do representante do parquet for favorável, o juiz as julgará.
Se qualquer impugnação for apresentada, ou se o Ministério Público emitir parecer contrário, o administrador judicial será ouvido novamente, após o que suas contas serão julgadas.
A sentença que rejeitar as contas do administrador judicial fixará suas responsabilidades, poderá determinar a indisponibilidade ou o sequestro de bens e servirá como título executivo para indenização da massa.
Julgadas as contas do administrador judicial, ele apresentará o relatório final da falência no prazo de dez dias, indicando o valor do ativo e o do produto de sua realização, o valor do passivo e o dos pagamentos feitos aos credores, e especificará justificadamente as responsabilidades com que continuará o falido. Apresentado o relatório final, o juiz encerrará a falência por sentença, que deverá ser publicada em edital, dela cabendo recurso de apelação.
Imediatamente após o trânsito em julgado da sentença de encerramento, os prazos prescricionais referentes às obrigações do falido que estavam suspensos em razão da sentença declaratória da falência, começam a fluir novamente.
Como já vimos, a sentença de encerramento finda o processo falimentar. Assim, após isto, pode o falido retornar à condição anterior à decretação, reabilitado para novamente exercer a atividade empresarial. Para isto, deverá postular judicialmente a extinção de todas as suas obrigações por sentença, da qual também cabe o recurso de apelação. É pressuposto imprescindível para sua reabilitação civil. Porém, somente será proferida a sentença de extinção das obrigações, se presentes uma das seguintes hipóteses:
a) pagamento de todos os créditos;
b) pagamento, depois de realizado todo o ativo, de mais de 50% dos créditos quirografários, sendo facultado ao falido, o depósito da quantia necessária para atingir essa porcentagem, se para tanto não bastou a integral liquidação do ativo;
c) o decurso do prazo cinco anos, contado do encerramento da falência, se o falido não tiver sido condenado por prática de crime falimentar;
d) o decurso do prazo de dez anos, contado do encerramento da falência, se o falido tiver sido condenado por prática de crime falimentar;
e) prescrição de todas as suas obrigações não pagas, em prazo anterior aos cinco ou dez anos, conforme tenha havido ou não crime falimentar.
No que tange ao item b, devemos mencionar que o legislador alterou o percentual da lei revogada, que era de 40% passando agora para 50%. Ademais, a atual lei corrigiu a imprecisão do Decreto-Lei 7661/1945, que determinava o pagamento de mais de 40 % do total dos créditos, enquanto que a nova lei exige o pagamento de mais de 50% somente dos credores quirografários.
Com a extinção das suas obrigações, o falido estará autorizado a novamente a exercer a atividade empresarial. Entretanto, se o falido foi condenado por crime falimentar, terá também que requerer sua reabilitação penal, que será tratada mais adiante.
Uma vez verificada a prescrição ou extinção das obrigações, o sócio de responsabilidade ilimitada também poderá requerer que seja declarada a extinção de suas obrigações na falência.
Extinção das obrigações do falido
Extinguem as obrigações do falido: o pagamento de todos os créditos; o pagamento, depois de realizado todo o ativo, de mais de 50% dos créditos quirografários, facultando-se ao falido o depósito da quantia necessária para atingir essa porcentagem, se para tanto, não bastaram a integral liquidação do ativo e o decurso do prazo de cinco anos, contados do encerramento da falência, se o falido não tiver sido condenado por prática de crime previsto na Lei de Recuperação e Falência.
Cumpridas as obrigações de acordo com as hipóteses mencionadas, o falido poderá requerer ao juízo da falência que suas obrigações sejam declaradas extintas por sentença, podendo opor-se a esse pedido qualquer credor. Da sentença que julga o pedido do falido sobre a extinção de suas obrigações, cabe apelação. Tal sentença, quando exarada antes do encerramento da falência, declarará extintas as obrigações do falido.
QUESTÕES PARA TREINO
01. (Procurador/PGE-AM/2010 \u2013 FCC) Podem ser objeto de pedido de restituição, nos termos da legislação falimentar, 
(A) os valores adiantados em razão de adiantamento de contrato de câmbio; o bem empenhado pelo falido; e o bem em posse do falido que seja objeto de arrendamento mercantil. 
(B) o bem alienado \ufb01duciariamente que esteja em posse do falido; a safra empenhada pelo falido, ainda não colhida; e o bem objeto de arrendamento mercantil em posse do falido. 
(C) a safra empenhada pelo falido, ainda não colhida; o bem objeto de arrendamento mercantil em posse do falido; e os valores adiantados em razão de adianta mento de contrato de câmbio. 
(D) o bem alienado \ufb01duciariamente que esteja em posse do falido; o bem objeto de arrendamento mercantil em posse do falido; e os valores adiantados em razão de adiantamento de contrato de câmbio. 
(E) o bem alienado \ufb01duciariamente que esteja em posse do falido; o bem empenhado pelo falido; e o bem objeto de arrendamento mercantil em posse do falido.
02. (IV Exame da OAB-2011) A sociedade empresária XYZ Computação Grá\ufb01ca S.A. teve sua falência decretada. Na correspondente sentença, foi autorizada a continuação provisória das atividades da falida com o administrador judicial, fato esse que perdurou por um período de 10 (dez) meses. Como são juridicamente quali\ufb01cados os titulares dos créditos trabalhistas relativos a serviços prestados durante esse interregno posterior à decretação da falência? 
(A) Credores concursais. 
(B) Credores concorrentes prioritários. 
(C) Credores reivindicantes. 
(D) Credores extraconcursais.
Bibliografia
SANCHEZ, Alessandro. (Método de estudo OAB) Direito empresarial / Alessandro Sanchez. \u2013 1. ed. \u2013 Rio de Janeiro: Forense; São Paulo: MÉTODO, 2017.
TEIXEIRA, Tarcísio. Direito Empresarial: doutrina, jurisprudência e prética. 5. Ed. São Paulo: Saraiva, 2016.