apostila (2)
57 pág.

apostila (2)


DisciplinaEx Metologia Cientifica39 materiais198 seguidores
Pré-visualização18 páginas
de testes que 
se tornou o líder mundial na certificação de teste de sof-
tware, operando em mais de 70 países através de boards 
nacionais.
O BSTQB é responsável pela aplicação dos exames para 
as certificações de nível básico e avançado. As certifica-
ções não expiram e são válidas internacionalmente. 
A certificação CTFL - Certified Tester Foundation Level, 
certificação de nível fundamental, é destinada a qualquer 
pessoa envolvida em testes de software. Isto inclui as 
pessoas em papeis como Testadores, Analistas de Testes, 
Engenheiros de Testes, Consultores de Teste, Gerentes de 
Teste e Desenvolvedores de Software. Esta certificação 
também é adequada para quem quer um entendimento 
básico de teste de software, tais como Gerentes de Proje-
to, Gerentes de Qualidade, Gerentes de Desenvolvimento 
de Software, Analistas de Negócios, Diretores de TI e Ges-
tores. Os possuidores da certificação CTFL serão capazes 
de ascender para níveis mais elevados de qualificação de 
testes de software pelo ISTQB. Seu principal objetivo é ga-
rantir uma ampla compreensão dos fundamentos e con-
ceitos-chave em Teste de Software. O critério básico para 
fazer o exame CTFL é que o candidato tenha um interesse 
em teste de software. No entanto, o BSTQB recomenda 
que o candidato também tenha um mínimo conhecimen-
to em desenvolvimento de software ou teste de software 
e possua 6 meses de experiência em um sistema ou teste 
de aceite. 
 As outras certificações avançadas são CTAL - Cer-
tified Tester Advanced Level: TA-Test Analist, TM- Test 
Manager e TTA- Technical Test Analyst.
\u2003
Testes de Software
42
ISTQB excede as 200.000 certificações no mundo
Bruxelas, Bélgica, 27 de fevereiro de 2012
O International Software Testing Qualifications Board (ISTQB) tem o orgulho de anunciar que, em dezembro de 2011, emitiu mais de 
200.000 certificações em teste de software. De março de 2009 a dezembro de 2011, o número de certificações dobrou, tornando o 
ISTQB a certificação em teste mais amplamente adotada e a que mais cresce no mundo.
\u201cEste é um resultado surpreendente\u201d, diz o presidente do ISTQB Yaron Tsubery, \u201ce demonstra o valor que as pessoas veem na 
profissão testes e a dedicação de seus praticantes. Com a tecnologia desempenhando um papel cada vez maior em nossas vidas, é 
fundamental que os produtos de software e serviços sejam intensivamente e exaustivamente testados por profissionais qualificados.\u201d
\u201cAcho que o esquema foi tão bem sucedido porque oferece livremente nossos syllabus e glossário para o público, o que ajuda a pa-
dronizar a terminologia profissional. Nós também oferecemos certificações em uma escala de níveis, desde o foundation, passando 
pelo advanced indo para o experts, permitindo que os profissionais de teste possuam subsídios através de suas carreiras mantendo-
-os atualizados com as melhores práticas do mundo\u201d, diz o Vice-Presidente Chris Carter.
\u201cO caráter internacional do regime é outro ponto forte\u201d, diz Gualtiero Bazzana, presidente do Grupo de Trabalho de Marketing do 
ISTQB. \u201cEm todo o mundo, as pessoas têm acesso aos mesmos syllabus, traduzidos nas línguas locais, que podem aprender através 
de auto-estudo ou frequentando cursos ministrados por fornecedores de treinamento credenciados. No final eles validam seus 
conhecimentos através de exames administrados de forma independente pelos boards, sendo que as estruturas e regras relativas a 
esses exames são consistentes em todo o mundo.\u201d
De muitas maneiras, as certificações do ISTQB têm sido aceitas como o padrão de fato na certificação de teste de software. Além 
da certificação, o ISTQB também apoia pesquisas inovadoras em teste de software, executado eventos educacionais e conferências, 
reconhecendo as contribuições relevantes para a profissão, mantém um código de ética e compartilha conhecimento.
\u201cNossa paixão por ajudar as organizações e os profissionais para oferecer software de alta qualidade e a crença de que o teste de 
software eficaz pode ajudar a tornar isso possível\u201d, diz Bazzana.
Gualtiero Bazzana - ISTQB Marketing Working Group Chair
Fonte: http://www.bstqb.org.br/?q=node/1064 
ALATS
A ALATS- Associação Latino Americana de Testes de Software (http://www.alats.org.br) é uma associação sem fins 
lucrativos, que busca divulgar as boas práticas em Teste de Software. Seu propósito é suportar a comunidade de testes, 
valorizando o desenvolvimento técnico e científico de novos métodos e processos, visando aumento na produtividade 
e a melhoria da qualidade dos produtos desenvolvidos. A organização busca uma maior integração entre as universi-
dades, empresas e profissionais de TI, facilitando o desenvolvimento e aplicação de técnicas para atender a atual de-
manda e necessidades do mercado de Testes de Software. Com as constantes mudanças que vivemos no mundo atual, 
devemos ser ágeis, produzirmos com baixo custo e sermos efetivos em nossos resultados.
Testes de Software
43
A ALATS tem como objetivos:
\u2022 Estimular, facilitar e coordenar parcerias entre 
profissionais, pesquisadores e empresas ligadas à 
testes de software;
\u2022 Incentivar, disponibilizar e trabalhar com inova-
ção na área de testes;
\u2022 Disponibilizar conteúdo online sobre as tendên-
cias e novidades da área de Testes de Software, di-
fundindo conhecimentos técnicos;
\u2022 Realizar eventos regionais, em locais onde há re-
presentação da ALATS, com abrangência em toda 
a América Latina, visando disseminar boas práticas 
e estimular a troca de experiências em Testes de 
Software;
\u2022 Realizar eventos internacionais, trazendo as auto-
ridades mundiais sobre o assunto;
\u2022 Desenvolver programas de certificação profissio-
nal, visando melhorar a capacitação dos profissio-
nais e auxiliar as empresas no estabelecimento de 
critérios para contratação;
\u2022 Atuar de forma mais efetiva na America Latina, 
visando o desenvolvimento e fortalecimento do se-
tor na região;
\u2022 Participar, apoiar, estimular e desenvolver proje-
tos que resultem em melhorias para a comunidade 
de Teste de Software.
A ALATS criou a CBTS - Certificação Brasileira de Tes-
te de Software para atender a uma exigência do mercado 
brasileiro na área de Qualidade de Software.
O objetivo da CBTS é estabelecer um padrão em con-
formidade com os requisitos para uma avaliação da qua-
lificação dos profissionais na área de Qualidade de Sof-
tware. De acordo com a ALATS, adquirir o certificado CBTS 
para o profissional da área é um grande diferencial, pois 
indica que o mesmo possui um excelente nível de compe-
tência profissional nos princípios e nas práticas de Quali-
dade de Software, dentre os demais profissionais de TI. 
Tornar-se um certificado CBTS, significa tornar-se membro 
de um grupo seleto de profissionais reconhecidos na área 
de área de Qualidade de Software. Receber este reconhe-
cimento de sua competência é conseguir uma ascensão 
potencialmente mais rápida em sua carreira e uma maior 
aceitação no mercado. O perfil dos candidatos ao exame 
do CBTS se estende aos profissionais que desejam obter 
um reconhecimento técnico para o mercado brasileiro na 
área de Qualidade de Software. Isto inclui desde Direto-
res de TI, Gerentes de Projetos, Gerentes de Qualidade, 
Gerentes de Desenvolvimento de Software, Analistas de 
Sistemas, bem como todos os profissionais já envolvidos 
diretamente na área de Qualidade de Software como os 
Testadores, Líderes de Teste, Gerentes de Teste, Auditores 
de Qualidade de Software, Arquitetos de Teste e Analistas 
de Teste.
Normas e Padrões em Testes e 
Qualidade de Software
Algumas normas e padrões estão sendo amplamente 
utilizadas pelas comunidades de testes de software. Mas 
por que uma norma é importante? Uma norma consoli-
da ideias e boas práticas já empregadas pelo mercado e/
ou pela comunidade