EXERCICIOS AV1
35 pág.

EXERCICIOS AV1


DisciplinaFísica34.503 materiais716.289 seguidores
Pré-visualização6 páginas
proposição(ões) CORRETA(S).
(01) A intensidade da força do polegar sobre A é maior que a do indicador sobre B.
(02) A pressão exercida pela força do polegar sobre A é maior que a do indicador sobre B.
(04) A pressão exercida pela força do polegar sobre A é igual à do indicador sobre B.
(08) Pressão é sinônimo de força.
(16) A pressão exercida por uma força sobre uma superfície só depende da intensidade da força.
(32) A intensidade da força do polegar sobre A é igual à do indicador sobre B.
 
32-(UNICAMP-SP-09) A produção de fogo tem sido uma necessidade humana há milhares de anos. O homem primitivo provavelmente obtinha fogo através da produção de calor por atrito. Mais recentemente, faíscas elétricas geradoras de combustão são produzidas através do chamado efeito piezelétrico.
a) A obtenção de fogo por atrito depende do calor liberado pela ação da força de atrito entre duas superfícies, calor que aumenta a temperatura de um material até o ponto em que ocorre a combustão. Considere que uma superfície se desloca 2,0 cm em relação à outra, exercendo uma força normal de 3,0 N. Se o coeficiente de atrito cinético entre as superfícies vale \u3bc = 0,60, qual é o trabalho da força de atrito?
b) Num acendedor moderno, um cristal de quartzo é pressionado por uma ponta acionada por molas. Entre as duas faces do cristal surge então uma tensão elétrica, cuja dependência em função da pressão é dada pelo gráfico abaixo. Se a tensão necessária para a ignição é de 20 kV e a ponta atua numa área de 20,25 mm2, qual a força exercida pela ponta sobre o cristal?
 
33-(UNICAMP-SP-010)  Quando uma pessoa idosa passa a conviver com seus filhos e netos, o convívio de diferentes gerações no mesmo ambiente altera a rotina diária da família de diversas maneiras.
a) O acesso do idoso a todos os locais da casa deve ser facilitado para diminuir o risco de uma queda ou fratura
durante sua locomoção. Pesquisas recentes sugerem que uma estrutura óssea periférica de um indivíduo jovem
suporta uma pressão máxima P1=1,2.109N/m2, enquanto a de um indivíduo idoso suporta uma pressão
máxima P2=2,0.108N/m2.
 Considere que em um indivíduo jovem essa estrutura óssea suporta uma força máxima F1 = 24 N aplicada sob uma área A1 e que essa área sob a ação da força diminui com a idade, de forma que A2= 0,8.a1 para o indivíduo idoso. Calcule a força máxima que a estrutura óssea periférica do indivíduo idoso pode suportar.
b) Na brincadeira \u201cSerra, serra, serrador. Serra o papo do vovô. Serra, serra, serrador. Quantas tábuas já
serrou?\u201d, o avô realiza certo número de oscilações com seu neto conforme representado na figura abaixo. Em
uma oscilação completa (A-O-A) a cabeça do menino se desloca em uma trajetória circular do ponto A para o
ponto O e de volta para o ponto A. Considerando um caso em que o tempo total de duração da brincadeira é
t = 10 s e a velocidade escalar média da cabeça do menino em cada oscilação (A-O-A) vale v= 0,6 m/s , obtenha
o número total de oscilações (A-O-A) que o avô realizou com o neto durante a brincadeira. Use h = 50 cm e
\u3c0 = 3.
 
34- (UERJ-RJ-010)  A figura a seguir representa um fio AB de comprimento igual a 100 cm, formado de duas partes homogêneas sucessivas: uma de alumínio e outra, mais densa, de cobre.
Uma argola P que envolve o fio é deslocada de A para B.
Durante esse deslocamento, a massa de cada pedaço de comprimento AP é medida. Os resultados estão representados no gráfico a
seguir: A razão entre a densidade do alumínio e a densidade do cobre é aproximadamente igual a:
a) 0,1                                             b) 0,2                                                   c) 0,3                                                               d) 0,4 
 
35-(ENEM-MEC-010) O pó de café jogado no lixo caseiro e, principalmente, as grandes quantidades descartadas em bares e restaurantes poderão transformar em uma nova opção de matéria prima para a produção de biodiesel, segundo estudo da Universidade de Nevada (EUA). No mundo, são cerca de 8 bilhões de quilogramas de pó de café jogados no lixo por ano. O
estudo mostra que o café descartado tem 15% de óleo, o qual pode ser convertido em biodiesel pelo processo tradicional. Além de reduzir significativamente emissões prejudiciais, após a extração do óleo, o pó de café é ideal como produto fertilizante para jardim.
Revista Ciência e Tecnologia no Brasil, nº 155, jan. 2009.
Considere o processo descrito e a densidade do biodiesel igual a 900 kg/m3. A partir da quantidade de pó de café jogada no lixo por ano, a produção de biodiesel seria equivalente a
a) 1,08 bilhão de litros.                   b) 1,20 bilhão de litros.                      c) 1,33 bilhão de litros.                 d) 8,00 bilhões de litros. 
e) 8,80 bilhões de litros. 
 
36-(CPS-SP-010) Um paralelepípedo homogêneo de madeira, de altura igual a 20 cm e área da base igual a 6,25 cm2, apresenta
100 g de massa. Lembre-se da densidade da água: d água =1 g/cm3
Podemos afirmar que o paralelepípedo, quando colocado na água, flutuará, pois sua densidade é
a) menor que a da água e vale 0,4 g/cm3.                                     b) menor que a da água e vale 0,6 g/cm3. 
c) menor que a da água e vale 0,8 g/cm3.                                    d) igual à da água e vale 1,0 g/cm3. 
e) maior que a da água e vale 1,2 g/cm3. 
 
37-(UERJ-RJ)  Dois vasos cilíndricos idênticos, 1 e 2, com bases de área A igual a 10 m2, são colocados um contra o outro, fazendo-se, então, vácuo no interior deles. Dois corpos de massa M estão presos aos vasos por cabos inextensíveis, de acordo com
o esquema. Despreze o atrito nas roldanas e as massas dos cabos e das roldanas. Determine o valor mínimo de M capaz de fazer com que os vasos sejam separados. Patm=105Nm2.
 
38-(UFRJ-RJ-010)  Uma ventosa comercial é constituída por uma câmara rígida que fica totalmente vedada em contato com uma placa, mantendo o ar em seu interior a uma pressão Pint = 0,95x105 N/m2. A placa está suspensa na horizontal pela ventosa e ambas estão no ambiente à pressão atmosférica usual, Patm = 1,00x105 N/m2, como indicado nas figuras a seguir. A área de contato A entre o ar dentro da câmara e a placa é de 0,10 m2. A parede da câmara tem espessura desprezível, o peso da placa é 40N e o
 
sistema está em repouso.
a) Calcule o módulo da força vertical de contato entre a placa e as paredes da câmara da ventosa.
b) Calcule o peso máximo que a placa poderia ter para que a ventosa ainda conseguisse sustentá-la.
 
39-(PUC-MG-010)  Quando tomamos refrigerante, utilizando canudinho, o refrigerante chega até nós, porque o ato de puxarmos o
 ar pela boca:
a) reduz a aceleração da gravidade no interior do tubo.                                    b) aumenta a pressão no interior do tubo. 
c) aumenta a pressão fora do canudinho.                                                           d) reduz a pressão no interior do canudinho. 
 
40-(UFG-GO-010)  Analisando o diagrama de fases da água, conclui-se que é possível liquefazer o gelo por aumento de pressão. A 1,0 atm e \u2013 4oC, por exemplo, essa pressão é da ordem de 140 atm. Esse processo é apresentado, através de um modelo simplificado, em livros didáticos do ensino médio, quando se considera, por exemplo, que um patinador desliza no gelo com base apenas nesse fenômeno.
Desse modo, considere um patinador sobre o gelo usando um patim conforme a especificação da figura a seguir e admita que a
espessura do metal em contato com o gelo é de 1,0 mm.
Com base nas informações acima, calcule a massa, em kg, que o patinador deve ter, de modo a liquefazer o gelo por pressão, e confirme se o modelo é, ou não, adequado. Dados: g = 10 m/s2 e  1 atm = 105 N/m2.
a) 11, não.                             b) 40, sim.                             c) 80, sim.                            d) 140, não.                                 e) 280, não. 
 
41-(PUC-RJ-011)  Um avião utilizado na ponte aérea entre Rio e São Paulo é capaz de voar horizontalmente com uma carga