AV1 ASPECTOS ANTROPOLÓGICOS E SOCIOLÓGICOS DA EDUCAÇÃO
3 pág.

AV1 ASPECTOS ANTROPOLÓGICOS E SOCIOLÓGICOS DA EDUCAÇÃO


DisciplinaPedagogia89.701 materiais585.254 seguidores
Pré-visualização2 páginas
Fechar
	Avaliação: ASPECTOS ANTROPOLÓGICOS E SOCIOLÓGICOS DA EDUCAÇÃO
	Tipo de Avaliação: AV 
	Professor:
	MAURO LEAO GOMES
	Turma: 9012/AD
	
	
	 1a Questão (Ref.: 201707896288)
	sem. N/A: Cultura
	Pontos: 0,5  / 1,0 
	Desde a antiguidade, tem-se tentado explicar as diferenças de comportamento entre os homens, a partir das diversidades genéticas ou geográficas. As características biológicas NÃO são determinantes das diferenças culturais: por exemplo, se uma criança brasileira for criada na Alemanha, ela crescerá como uma alemã. Podemos citar, ainda, o fato de que muitas atividades que são atribuídas às mulheres numa cultura, são responsabilidade dos homens em outra. De acordo com os estudos realizados, procure definir o que é CULTURA, e suas principais características. 
		
	
Resposta: Cultura é uma mescla de conhecimentos passado de geração para geração dentro de uma sociedade/grupo, ao qual o homem vive; o homem é um ser de ideologias mutavéis, independentemente da sua localização geográfica, genética e dos seus conhecimentos obtidos através do seu grupo social, tem a capacidade de agregar ideologias e práticas de outros pontos de vistas ou até mesmo criar novos conceitos.
	
Gabarito: A proposta é que o estudante sistematize o conceito de cultura. Trabalhar a ideia de cultura através de seu significado antropológico de um conjunto de regras que nos diz como o mundo pode e deve ser classificado. Dentre suas características estão fato de ter uma lógica própria, ser dinâmica e poder ser coercitiva. É possível defini-la utilizando com referencial os seguintes autores: Edward Tylor: é todo complexo de conhecimentos, crenças, arte,leis,moral, costumes e quaisquer outras capacidades e hábitos adquiridos pelos individuos Levi-Strauss: é um sistema sinbolico de uma criação que se acumula na mente humana Clifford Geertz: conjunto de mecanismos de controle, planos, receitas,regras, instruções para governar o comportamento humano Roberto DaMatta: é um mapa, um receituario, um codigo através do qual as pessoas de um dado grupo pensam, classificam e modificam o mundo e a si mesmas. 
	 2a Questão (Ref.: 201707925636)
	sem. N/A: KARL MARX
	Pontos: 0,0  / 1,0 
	O conceito de Alienação em Marx, está relacionado ao processo de produção capitalista. Por exemplo, no filme "Tempos Modernos", Charlie Chaplin, evidencia de forma brilhante, a condição do trabalhador no modelo de produção Taylorista/Fordista. Partindo da concepção Marxista, explique o conceito de Alienação. 
		
	
Resposta: 
	
Gabarito: O trabalho na sociedade capitalista é considerado como algo sobre o qual o próprio trabalhador não possui controle, nesse processo ele se aliena, perde a concepção de totalidade, não se vê no processo de trabalho. Há uma fragmentação entre elaboração e execução. Relação entre Trabalho intelectual x trabalho Manual, onde o saber é fragmentado. O trabalhador é coisificado.
	 3a Questão (Ref.: 201707913312)
	sem. N/A: INCURSÃO PELA ANTROPOLOGIA
	Pontos: 1,0  / 1,0 
	Indique a opção que caracteriza a visão etnocêntrica:
		
	
	Alimentar a premissa de aceitação da cultura do outro.
	
	Valorizar o contexto cultural de outras sociedades.
	
	Elevação cultural da cultura dita exótica ou diferente.
	
	Sentimentos de desprezo e rejeição ou reações de medo em relação à cultura do outro.
	
	
	 4a Questão (Ref.: 201707863451)
	sem. N/A: A Sociologia como Ciência Social
	Pontos: 1,0  / 1,0 
	Houve um período da história da Europa que foi marcado por transformações em muitas áreas da vida humana, que assinalam mudanças, do final da Idade Média para a Idade Moderna, que propiciaram o desenvolvimento do comércio, da navegação, contatos com outros povos, crescimento urbano, etc. É o momento classificado por muitos estudiosos como a ruptura com o mundo medieval ou ainda, de transição do feudalismo para o capitalismo. Que termo é utilizado para definir esse período?
		
	
	Imperialismo
	
	Feudalismo
	
	Renascimento
	
	Teocentrismo
	
	Iluminismo
	 5a Questão (Ref.: 201707337306)
	sem. N/A: CULTURA
	Pontos: 1,0  / 1,0 
	O fato de o homem ver o mundo através de sua cultura tem como conseqüencia, a propensão para considerar o seu modo de vida como o mais correto e o mais natural. Essa tendência se denomina: 
		
	
	heterocentrismo
	
	egocentrismo
	
	etnocentrismo
	
	Eurocentrismo
	
	heliocentrismo
	 6a Questão (Ref.: 201707162942)
	3a sem.: SOCIOLOGIA DA EDUCAÇÃO
	Pontos: 1,0  / 1,0 
	A educação assistemática é a educação realizada sem qualquer plano, sem sistema, sem local ou hora determinada. É uma forma de educação que surge espontaneamente da própria necessidade da vida social. Não é só na escola que o indivíduo aprende. Com base nos dizeres acima, assinale a alternativa que NÃO pode ser considerada assistemática. 
		
	
	O professor de matemática ensina seus alunos a resolver contas com fração.
	
	Numa festa, um menino aprende a jogar dominó com amigos.
	
	O pai ensina o filho a trocar uma lâmpada.
	
	Meninos observam homens cortando a grama no quintal.
	
	As mulheres ensinam as meninas a escolher frutas e verduras na feira.
	
	 7a Questão (Ref.: 201707726915)
	8a sem.: O Pensamento Sociológico de Karl Marx
	Pontos: 1,0  / 1,0 
	Com a participação de seu amigo e colaborador Friedrich Engels, Marx tinha, como objeto de sua pesquisa, a sociedade capitalista do século XIX. Suas teses e princípios teóricos eram baseados no: 
		
	
	Materialismo Dialético
	
	Existencialismo 
	
	Violência Simbólica
	
	Pedagogia do Cultivo
	
	Positivismo
	8a Questão (Ref.: 201707986440)
	7a sem.: ALIENAÇÃO
	Pontos: 1,0  / 1,0 
	A ideia de alienação está relacionada com qual autor?
		
	
	Auguste Comte.
	
	Émile Durkheim.
	
	Karl Marx.
	
	Paulo Freire.
	
	Max Weber.
	 9a Questão (Ref.: 201707727855)
	sem. N/A: A Sociologia de Max Weber
	Pontos: 0,0  / 0,5 
	Weber não pensa que a ordem social tenha que se opor e se distinguir dos indivíduos como uma realidade exterior a eles, mas que as normas sociais se concretizam exatamente quando se manifestam em cada indivíduo sob a forma de motivação. Ele distingue quatro tipos de ações sociais que orientam o sujeito. São elas, EXCETO: 
		
	
	ação social afetiva
	
	ação social racional com relação a fins
	
	ação social religiosa e mítica
	
	ação social tradicional
	
	ação social racional com relação a valores 
	 10a Questão (Ref.: 201707731450)
	sem. N/A: As Contribuições de Bourdieu, Gramsci e Mannheim
	Pontos: 0,0  / 0,5 
	A escola não contribui, muitas vezes, para que os indivíduos deixem de ficar, na vida adulta, à margem da sociedade. Tais circunstâncias são explicadas por Bourdieu (1930-2002) e Passeron (1930-), pelo fato de que o(a):
		
	
	O destino é o mesmo de muitos estudantes, em função da determinação histórica pela qual fazem opção, pois a educação representa uma oportunidade de construir a própria história de maneira emancipada.
	
	A evasão escolar conduz a situações de exclusão social, sendo resultado de uma estrutura injusta, que empurra os mais jovens muito cedo para o mercado de trabalho, fazendo com que percam oportunidades de ascensão social.
	
	O sistema de ensino é uma instância reprodutora das estruturas sociais, e toda ação pedagógica é, objetivamente, uma violência simbólica, apresentada de maneira dissimulada, que impõe um arbítrio cultural de grupos e classes dominantes.
	
	A escola representa apenas uma parcela na formação do sujeito, sendo a autodeterminação e o autodidatismo os fatores que concorrem para a constituição das pessoas e de índices positivos de desenvolvimento humano.
	
	O poder está diluído entre o Estado e a sociedade civil, de modo que, quando esse poder