LIVRO U1
181 pág.

LIVRO U1


DisciplinaMateriais Elétricos e Medidas30 materiais89 seguidores
Pré-visualização32 páginas
os medidores de energia elétrica:
I. A velocidade de giro do disco de alumínio é diretamente proporcional 
à energia consumida naquele instante.
II. A diferença entre o número de rotações registradas em um período de 
trinta dias consecutivos é a energia (em kWh) consumida pela unidade 
consumidora.
III. Uma das possibilidades decorrentes da utilização de smart meters é 
a leitura remota da energia consumida em uma determinada unidade 
consumidora por parte da concessionária.
É correto o que se afirma em:
a) I, apenas.
b) II, apenas.
c) I e III, apenas.
d) I, II e III.
e) II e III, apenas.
U4
177Princípios de medidas elétricas
Referências
AGULLEIRO, I.; LOZANO, M. M. Técnicas modernas para la medición de sistemas de 
puesta a tierra en zonas urbanas. Caracas: Universidad Simón Bolívar, 2005.
ALEXANDER, C. K., SADIKU, M. N. O. Fundamentos de circuitos eléctricos. Porto Alegre: 
AMGH, 2013.
ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS (ABNT). NBR 14039: Instalações 
elétricas de média tensão de 1,0 kV a 36,2 kV. Rio de Janeiro: ABNT, 2005.
______. NBR 5410: Instalações técnicas de baixa tensão. Rio de Janeiro: ABNT, 2004.
______. NBR 15749: Medição de resistência de aterramento e de potenciais na superfície 
do solo em sistemas de aterramento. Rio de Janeiro: ABNT, 2009.
______. NBR 7117: Medição de resistividade e determinação da estratificação do solo. 
Rio de Janeiro: ABNT, 2012.
BALBINOT, A.; BRUSAMARELLO, V. J. Instrumentação e fundamentos de medidas. Rio 
de Janeiro: Livros Técnicos e Científicos, 2010. v.1
BELL, D. A. Electronic instrumentation and measurements. New Jersey: Prentice Hall, 
1994.
CHAPMAN, S. J. Fundamentos de máquinas elétricas. São Paulo: AMGH, 2013.
CREDER, H. Instalações elétricas. São Paulo: LTC, 2016.
FRACARI, F.; SANTOS, I.; SANCHEZ, G. Smart Grid: uma nova forma de controle de 
Energia Elétrica. Revista de Empreendedorismo, Inovação e Tecnologia, v. 2, n. 1, 
p. 15-22, 2015. Disponível em: <https://seer.imed.edu.br/index.php/revistasi/article/
viewFile/917/741>. Acesso em: 16 jan. 2017.
KINDERMANN, G.; CAMPAGNOLO, J. M. Aterramento elétrico. Porto Alegre: Sagra DC 
Luzzatto, 1995.
MAMEDE FILHO, J. Instalações elétricas industriais. 8. ed. Rio de janeiro: LTC, 2010.
MEDEIROS, Solon. Fundamentos de medidas elétricas. 2. ed. Rio de Janeiro: Guanabara, 
1986.
MORENO, H.; COSTA, P. F. Aterramento elétrico. São Paulo: Procobre, 1999.
OLIVEIRA, R. D.; VIEIRA JÚNIOR, J. C. de M. Benefícios e desafios de redes inteligentes. 
Revista Eletrônica de Energia, v. 2, n. 1, 2012. Disponível em: <http://www.revistas.
unifacs.br/index.php/ree/article/view/1609>. Acesso em: 16 jan. 2017.
K
LS
M
ED
ID
A
S E M
ATERIA
IS ELÉTRICO
S
Medidas e 
materiais 
elétricos
	Página em branco
	Página em branco