LOGÍSTICA DE MERCADO – Parte I
5 pág.

LOGÍSTICA DE MERCADO – Parte I


DisciplinaLogística18.052 materiais69.980 seguidores
Pré-visualização2 páginas
LOGÍSTICA DE MERCADO \u2013 Parte I 
 
Conceitos de Marketing 
 
Marketing segundo uma definição social é um processo por meio do qual indivíduos e 
grupos obtêm aquilo que necessitam e desejam com a criação, a oferta e a livre negociação 
de produtos e serviços. Gerencialmente o marketing é definido como a arte de vender 
produtos e segundo Peter Druker, um dos maiores teóricos da administração, \u201co objetivo 
do Marketing é tornar a venda supérflua. Sua meta é conhecer e compreender tão bem o 
cliente que o produto ou serviço se adapte a ele e se venda por si só. O ideal é que o 
Marketing deixe o cliente pronto para comprar.\u201d 
 
A administração de Marketing é o processo de planejar e executar a concepção, a 
determinação do preço, a promoção e a distribuição de idéias, produtos e serviços para 
criar trocas que satisfaçam metas individuais e organizacionais. É a arte e a ciência de 
conhecer mercados-alvo e de captar, manter e fidelizar clientes por meio da criação, 
entrega e comunicação de valor superior para eles, ou seja, transformar as necessidades 
do consumidor em desejos e dessa forma, criar uma demanda de seus produtos e serviços 
de forma rentável para a organização. 
 
O Marketing satisfaz ao público em geral em suas necessidades desde as mais básicas 
(fisiológicas) até sua auto-realização e atende ao seu desejo de ter ou realizar alguma 
coisa. Utiliza o sistema de troca composto por três componentes: o público (necessidades 
e desejos) o produto (que atenda às expectativas) e a moeda (valor para a aquisição e 
poder de compra) de produtos e serviços. Tudo isso é comercializado em um mercado 
geográfico (espaço físico, região, cidade) e demográfico (pessoas, consumidores e suas 
qualidades e expectativas). 
 
Para isso é necessário uma pesquisa de marketing que é um estudo sobre problemas e 
oportunidades específicos, como pesquisa de mercado, teste de preferência de produto, 
previsão de vendas por região e avaliação da propaganda, é definida como a elaboração, 
a coleta, a análise e a edição sistemática de dados e descobertas relevantes. São realizadas 
de duas formas quantitativamente (números de pessoas, dados, estatística) e 
qualitativamente (qualidade, ou seja, enxergar, ter percepção, compreender o que está na 
mente do consumidor). Essas pesquisas são realizadas através de um sistema de 
informação \u2013 SIM, constituído de pessoas, equipamentos e procedimentos com o objetivo 
de coletar, classificar, analisar, avaliar e distribuir informações necessárias de maneira 
precisa e oportuna. 
 
A demanda de um produto ou serviço dependerá do potencial e do tamanho do mercado 
alvo, que irá direcionar o marketing a ser realizado pela organização. A demanda é que 
quantifica, levando em consideração os tipos de demandas: 
 
\u2022 Inexistentes \u2013 O cliente não tem interesse ou é indiferente ao produto. 
\u2022 Latente - O cliente é potencial, tem desejo em adquirir produtos, porém não há 
produtos no mercado que o satisfaçam. 
\u2022 Declinante \u2013 Produtos ou serviços em declínio 
\u2022 Irregular \u2013 Devido a fatores sazonais, diários e horários, que causam diferença 
significativa no uso do produto ou serviço. 
\u2022 Plena \u2013 Monitorar o mercado para manter pleno o nível da demanda. 
\u2022 Excessiva \u2013 Pode trazer problemas para a marca do produto, devido ao mesmo 
ser muito procurado. 
\u2022 Indesejada \u2013 Para persuadir ao cliente abandonar um produto que causa vicio, 
por exemplo, cigarro (campanhas antitabagismo). 
 
Composto de Marketing ou Mix de Marketing 
 
O composto de Marketing ou Mix de Marketing é o conjunto de ferramentas que a 
organização utiliza para alcançar seus objetivos de Marketing no mercado alvo, são 
variáveis controláveis que determinam e orientam o sucesso ou fracasso dos produtos ou 
serviços, de acordo com o estudo das demandas. 
 
São elas os 04 Ps do Marketing: 
\u2022 Produto \u2013 Variedade, qualidade, design, características, marca, embalagem, 
tamanhos, serviços, garantias, devoluções; 
\u2022 Preço - Preço de tabela, descontos, concessões, prazo de pagamento, condições 
de financiamento; 
\u2022 Praça \u2013 Canais, cobertura, variedades, locais, estoque, transporte; 
\u2022 Promoção \u2013 Propaganda, promoção de vendas, publicidade, força de vendas, 
relações públicas, marketing direto. 
\u2022 
Oportunidades e Tendências de Mercado 
 
Toda organização possui dois setores nos quais se podem encontrar diferentes 
oportunidades e ameaças geradas por tendências, são eles o Macroambiente e o 
Microambiente. Esses ambientes estão sujeitos a variáveis que podem ser incontroláveis 
ou semicontroláveis, encontradas no Macroambiente, e as controláveis no 
Microambiente, estas ultimas sofrem influências direta das forças do Macroambiente. 
 
È através do estudo dessas forças que a organização irá traçar estratégias para atuar no 
mercado. 
 
Macroambiente: 
 
Ambiente Demográfico: Este ambiente é de grande interesse para os profissionais de 
marketing porque envolve pessoas, e são as pessoas que constituem os mercados. É o 
estudo da população humana em termos de crescimento, localização, densidade, idade, 
sexo, raça, ocupação, níveis de instrução, aumento de lares não tradicionais, migrações 
entre outros dados estatísticos. 
Ambiente Econômico: Os mercados dependem do poder de compra dos consumidores. 
Neste ambiente se verificam os fatores que afetam o poder de compra e os hábitos de 
gasto do consumidor: distribuição de renda, poupança, endividamento, disponibilidade 
de crédito, inflação, índice de desemprego, além da demanda do produto relacionada à 
variação de preços, que pode causar uma desproporção na demanda de determinado 
produto (demanda elástica) ou não (demanda inelástica). 
 
Ambiente Natural: Inclui os recursos naturais que os profissionais de marketing usam 
como subsídios ou que são afetados pelas atividades de marketing Neste ambiente deve-
se observar a escassez de matéria prima, o custo elevado de energia, os níveis mais altos 
de poluição e a mudança no papel dos governos no que diz respeito à proteção ambiental. 
 
Ambiente Tecnológico: Talvez seja a força mais significativa. A aceleração do ritmo das 
mudanças tecnológica, as oportunidades ilimitadas para a inovação afetam diretamente 
os padrões e estilos de vida, além dos preços, pois a grande quantidade de variações altera 
o modo de promover e distribuir os produtos. A pesquisa e o desenvolvimento são muito 
necessários em uma empresa. Devem ser observados as variações dos orçamentos nos 
campos de pesquisa e desenvolvimento e a regulamentação mais rigorosa das mudanças 
tecnológicas. 
 
Ambiente Político/Legal: Este ambiente é constituído de leis, agências governamentais 
e grupos de pressão que influenciam e limitam várias organizações e indivíduos em uma 
dada sociedade. Os profissionais de marketing devem estar cientes das leis que 
regulamentas as práticas empresariais e até mesmo contratar lobistas, profissionais 
especializados em defender os interesses da organização perante a política, geralmente 
são jornalistas, advogados, relações públicas e mesmo ex-políticos. 
 
Ambiente Sociocultural: É constituído de instituições e outras forças que afetam os 
valores básicos, as percepções, as preferências e os comportamentos da sociedade. 
Compreende como as pessoas vêem a si mesmas, os outros, a organização, a sociedade, 
a natureza e o universo. Como os produtos preenchem valores culturais centrais e 
secundários e como voltar-se para necessidades de diferentes subculturas. 
 
Outro ambiente que pode levar destaque é o competitivo no qual é realizado o estudo das 
concorrências que podem ser: de marca (produto igual), genérica (produto semelhante, 
mas que executa a mesma função), de forma (mesmo produto porém comercializado em 
outro formato) e de desejo (produtos diferentes mas com preços equivalentes, onde a 
pessoa adquiri o produto de seu desejo). 
 
Para esse estudo é observado e analisado