A escola perdeu sua função social no Brasil forum
234 pág.

A escola perdeu sua função social no Brasil forum


DisciplinaFundamentos914 materiais3.117 seguidores
Pré-visualização49 páginas
Esperança em Tempos de Desen-
canto. Petrópolis: Vozes, 2001. 
 
GENTILI, Pablo; FRIGOTTO, Gaudêncio. A Cidadania Negada. São Paulo: Cortez 
[Buenos Aires, Argentina] Clacso, 2002. 
 
 
GENTILLI, Pablo; SILVA, Tomaz Tadeu da, Neoliberalismo, Qualidade Total e 
Educação. Petrópolis: Vozes, 2002. 
 
GRAMSCI, Antonio. Cadernos do Cárcere. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 
2001. Vol 1 e 2. 
 
____. Os Intelectuais e a Organização da Cultura. São Paulo: Círculo do Livro, S/D. 
 
GUARESCHI, Pedrinho. Sociologia Crítica: Alternativas de mudança. Porto Alegre: 
EDIPUCRS, 1999. 
 
____. Pedrinho. Psicologia Social Crítica. Porto Alegre: EDIPUCRS, 2004. 
 
GUIMARÃES, Antonio Monteiro. Dicionário do Pensamento Marxista. Rio de Janeiro: 
Jorge Zahar Editor, 1988. 
 
GUTIÉRREZ, Luiz Ignacio Gomes. El Desarrollo de la Educación en Cuba. Havana: 
2001. 
 
IMC, PROJETO EDUCATIVO 1998-2003. Congregação das Irmãs do Imaculado 
Coração de Maria. 
 
KOLLING, Edgar J.; Ir. Nery; MOLINA, Mônica C. Por Uma Educação Básica do 
Campo. Brasília: Ed. Universidade de Brasília, 1999. 
 
KUENZER, Acácia Zeneida. Exclusão includente e inclusão excludente: a nova 
forma de dualidade esrutural que objetiva as novas relações entre educação e 
trabalho. In. LOMBARDI, José Claudinei; SAVIANI, Dermerval; SANFELICE, José 
Luis (orgs.). Capitalismo, Trabalho e Educação. São Paulo: Ed. Autores Associados, 
2002. 
 
LOMBARDI, José Claudinei; SAVIANI, Dermeval; SANFELICE, José Luiz (orgs.). 
Capitalismo, Trabalho e Educação. São Paulo: Autores Associados, 2002. 
 
LOUREIRO, Amilcar Bruno Soares; CAMPOS, Sílvia Horst. Guia Para Elaboração e 
Apresentação de Trabalhos Científicos. Porto Alegre: EDIPUCRS, 2000. 
 
LÖWY, Michael. Ideologias e Ciências Sociais. São Paulo: Cortez, 1988. 
 
____, O Pensamento de Guevara. São Paulo: Expressão Popular, 1999. 
 
 
LÜDKE, Menga; ANDRÉ, Marli E. A. Pesquisa em Educação \u2013 Abordagens 
Qualitativas. São Paulo: EPU, 2001. 
 
MADEIRA, Felícia Reicher. Quem Mandou Nascer Mulher. Rio de Janeiro: Rosa dos 
Tempos, 1997. 
 
MARX, Karl. O Capital. São Paulo: Difel, 1982. Vol. 1 e 2. 
 
MARX, Karl; ENGELS Friedrich. A Ideologia Alemã. São Paulo: Moraes, 1984. 
 
MAYO, Peter. Gramsci, Freire e a Educação de Adultos. Porto Alegre: Artmed, 2004. 
 
MÉZÁROS, István. O Século XXI Socialismo ou Barbárie?, São Paulo: Editempo, 
2003. 
 
MOCHCOVITCH, Luna Galano. Gramsci e a Escola. São Paulo: Ática, 2001. 
 
MORIN, Edgar. Meus Demônios. Rio de Janeiro: Bertrand Brasil, 2000. 
 
____. A Cabeça Bem-Feita \u2013 Repensar a Reforma, Reformar o Pensamento. Rio de 
Janeiro: Bertrand Brasil, 2001. 
 
NOSELLA, Paolo. A Escola de Gramsci. Porto Alegre: Artes Médicas, 1992. 
 
PATTON, M. Q. Qualitative Evaluation. Beverly Hills: SAGE, 1980. 
 
PISTRAK, M. M. Fundamentos da Escola do Trabalho. São Paulo: Expressão 
Popular, 2000. 
 
RAMOS, Marise Nogueira. A Pedagogia das Competências. São Paulo: Cortez, 
2002. 
 
REVISTA DA EDUCAÇÃO. Educação Libertadora. Brasília: AEC do Brasil, 1988. 
 
SÍNTESE DE ENCONTRO DE COORDENADORES DA PASTORAL DA 
EDUCAÇÃO DAS DIOCESES E PROVÍNCIAS, Porto Alegre, 2003/2004. 
 
 
SÍNTESES DE REUNIÕES \u2013 AEC-RS. Análise de Conjuntura, Porto Alegre, 
2003/2004. 
 
SOARES, Rosemery Dore. Gramsci, o Estado e a Escola. Ijuí: Editora Uninui, 2000. 
 
SOUZA, Ana Inês. Paulo Freire, Vida e Obra. São Paulo; Expressão popular, 2001. 
 
THOMPSON, John B. . O Escândalo Político. Petrópolis: Vozes, 2002. 
 
VASCONCELLOS, Celso. Construção do Conhecimento. São Paulo: Liberdad, 2000. 
 
VIEIRA, Luiz de et al. Movimentos Sociais e Estado: Limites e Possibilidades. Porto 
Alegre: CAMP, 2001. 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
7. APÊNDICES 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
A. Roteiro de Entrevistas 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
B. Relato dos Grupos no 
XXVIII Seminário de Educação 
AEC-RS / 16 e 17 de outubro de 2003 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
C. Professores e Alunos que 
participam das entrevistas 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Participam das entrevistas os alunos do terceiro ano do 
ensino médio do Colégio N. Sra da Glória: 
 
Alexandre Luz de Castro; 
Bruna Cardoso; 
Bruna Nascimento; 
Eduardo Pires Cristofoli; 
Fabricio Gasparetto; 
Felipe de Almeida Silva; 
Gustavo Gobbo; 
Juliana; 
Karine Carvalho da Silva; 
Letícia Vieira; 
Lucas Bertoi; 
Michele Cairo de Souza; 
Michele Lemos; 
Monize Magni Schaun; 
Raiane Coelho Lisboa; 
Rafael da Silva; 
Tiago dos Santos; 
Wagner. 
 
Os nomes que aparecem no trabalho são fictícios, visando a 
preservação da identidade dos participantes. As falas que constam na dissertação, 
também são proferidas por alunos do segundo ano do ensino médio. Não menciono 
seus nomes, pois as informações pertinentes foram registradas no caderno de 
campo, oriundas das observações que fiz nos seminários das aulas de sociologia. 
Levo em consideração, também, alguns dados, aparentemente 
desagregados, como falas de discentes de outros estabelecimentos de ensino. Ao 
indagar jovens a respeito de problemáticas, mantenho viva minha curiosidade, sem 
perder de vista o objeto de pesquisa. 
 
 
 
 
 
Participam das entrevistas os seguintes professores: 
 
Carlos Antônio Santos \u2013 Colégio Glória (Inglês); 
Dalva \u2013 Colégio São José (Matemática); 
Giane Limberger \u2013 Colégio Glória (Estudos Sociais); 
Gisele de Moraes Fernandes \u2013 Colégio Glória e Escola Paulo da Gama 
(Metodologia de Ensino); 
Lori Luft Veit \u2013 Colégio Glória (Setor Pedagógico); 
Maria Eunice da Silva \u2013 Colégio Rosário e Esc. Est. Mal Floriano Peixoto 
(Português); 
Nara \u2013 Colégio São José (Matemática); 
Rosângela Lisboa Coelho \u2013 Colégio Glória (Ensino Fundamental/1º ciclo); 
Solange Kunzler \u2013 Colégio Glória (Setor Pedagógico); 
Taurio E. Brand \u2013 Presidente AEC-RS; 
Terezinha Miletho \u2013 Colégio Glória (SOE); 
Wicentina Cirlei Lethi \u2013 Bom Conselho (SOE). 
 
Outras observações são realizadas na escola, cujo teor está 
expresso no texto da dissertação. As observações feitas nos encontros da AEC, 
também são significativas e contribuem para a análise dos dados. 
Obtive da Diretora do Colégio N. Sra da Glória, Irmã Anita 
Therezinha Dal Piva, autorização para a pesquisa e apresentação das conclusões, 
frutos das indagações realizadas no espaço escolar desta instituição. 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
D. Exemplos de trabalhos realizados 
por alunos nas aulas de 
sociologia 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
8. ANEXOS 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
A. Projeto de Lei de iniciativa 
Popular para combater a 
Corrupção eleitoral 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
B. Abaixo assinado \u2013 Projeto de Lei 
 de iniciativa popular 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
C. Carta enviada à escola pela 
 Comissão Brasileira Justiça e Paz