Aula 01.pdf
79 pág.

Aula 01.pdf


DisciplinaContabilidade Geral24.792 materiais392.605 seguidores
Pré-visualização17 páginas
178 da Lei nº 6.404/76. 
BALANÇO PATRIMONIAL 
ATIVO 
PASSIVO + PATRIMÔNIO 
LÍQUIDO 
 ATIVO CIRCULANTE 
 ATIVO NÃO CIRCULANTE 
\u2022 REALIZÁVEL A LONGO 
PRAZO 
\u2022 INVESTIMENTOS 
\u2022 IMOBILIZADO 
\u2022 INTANGÍVEL 
 
 
 PASSIVO CIRCULANTE 
 PASSIVO NÃO CIRCULANTE 
 
 
PATRIMÔNIO LÍQUIDO 
\u2022 CAPITAL SOCIAL 
\u2022 RESERVAS DE CAPITAL 
\u2022 AJUSTES DE AVALIAÇÃO 
PATRIMONIAL 
\u2022 RESERVAS DE LUCROS 
\u2022 (-) AÇÕES EM TESOURARIA 
\u2022 (-) PREJUÍZOS ACUMULADOS 
 
CURSO ON-LINE \u2013 CONTABILIDADE GERAL\u2013 TEORIA E EXERCÍCIOS 
AUDITOR FISCAL - ICMS - RJ 
PROFESSOR: OTÁVIO SOUZA 
 
Profº Otávio Souza       www.pontodosconcursos.com.br  página 34 de 79 
Gabarito: C 
 
23. (ESAF \u2013 AFC \u2013 CGU \u2013 2008 - adaptada) 
Com base nos critérios de avaliação de ativos e passivos, 
julgue os itens que se seguem e marque, com V para os 
verdadeiros e F para os falsos, a opção que corresponde à 
sequencia correta. 
I. Os elementos do ativo decorrentes de operações de 
longo prazo serão ajustados a valor presente, sendo os 
demais ajustados quando houver efeito relevante. 
II. A diminuição do valor dos elementos dos ativos 
imobilizado e intangível será registrada periodicamente 
nas contas de: Depreciação e Amortização. 
III. As obrigações, encargos e riscos classificados no 
passivo não circulante serão ajustados ao seu valor 
presente, sendo os demais ajustados quando houver 
efeito relevante. 
a) V, V, F 
b) V, F, V 
c) F, F, V 
d) V, F, F 
e) V, V, V 
COMENTÁRIOS: 
I. Verdadeira. Em conformidade com o art. 183, 
VIII da Lei nº 6.404/76. 
II. Verdadeira. Em conformidade com o art. 183, V 
e VII da Lei nº 6.404/76. 
III. Verdadeira. Em conformidade com o art. 184, 
III da Lei nº 6.404/76. 
Gabarito: E 
 
 
 
 
CURSO ON-LINE \u2013 CONTABILIDADE GERAL\u2013 TEORIA E EXERCÍCIOS 
AUDITOR FISCAL - ICMS - RJ 
PROFESSOR: OTÁVIO SOUZA 
 
Profº Otávio Souza       www.pontodosconcursos.com.br  página 35 de 79 
24. (ESAF \u2013 AFC \u2013 CGU \u2013 2008 - adaptada) 
Em relação a estrutura, conteúdo e classificação das contas 
patrimoniais, julgue os itens que se seguem e marque, com V 
para os verdadeiros e F para os falsos, a opção que 
corresponde à seqüência correta. 
I. No ativo, as contas serão dispostas em ordem decrescente 
de grau de liquidez dos elementos nelas registrados, nos 
seguintes grupos: ativo circulante; ativo não circulante, 
dividido em ativo realizável a longo prazo, investimentos, 
imobilizado e intangível. 
II. O patrimônio líquido pode ser dividido em capital social, 
reservas de capital, ajustes de avaliação patrimonial, reservas 
de lucros, ações em tesouraria e prejuízos acumulados. 
III. No ativo imobilizado, serão registrados os direitos que 
tenham por objeto bens corpóreos destinados à manutenção 
das atividades da companhia ou da empresa ou exercidos 
com essa finalidade, inclusive os decorrentes de operações 
que transfiram à companhia os benefícios, riscos e controle 
desses bens. 
IV. Serão classificadas como reservas de capital as contas que 
registrarem o produto da alienação de partes beneficiárias e 
bônus de subscrição, o prêmio recebido na emissão de 
debêntures, as doações e as subvenções para investimento. 
V. Serão classificadas como ajustes de avaliação patrimonial, 
enquanto não computadas no resultado do exercício em 
obediência ao regime de competência, as contrapartidas de 
aumentos ou diminuições de valor atribuído a elementos do 
ativo e do passivo, em decorrência da sua avaliação a valor 
justo. 
a) V,V,F,F,F 
b) V,V,V,F,V 
c) F,F,V,F,F 
d) V,F,F,V,V 
e) F,F,V,V,V 
 
 
CURSO ON-LINE \u2013 CONTABILIDADE GERAL\u2013 TEORIA E EXERCÍCIOS 
AUDITOR FISCAL - ICMS - RJ 
PROFESSOR: OTÁVIO SOUZA 
 
Profº Otávio Souza       www.pontodosconcursos.com.br  página 36 de 79 
 
COMENTÁRIOS: 
I. Verdadeira. Em conformidade com o art. 178, § 
1º, I e II da Lei nº 6.404/76. 
II. Verdadeira. Em conformidade com o art. 178, § 
2º, III da Lei nº 6.404/76. 
III. Verdadeira. Em conformidade com o art. 179, 
IV da Lei nº 6.404/76. 
IV. Falsa. São reservas de capital: 
1. Ágio na Emissão de Ações 
2. Produto da Alienação de Partes Beneficiárias 
3. Produto da Alienação de Bônus de Subscrição 
O prêmio recebido na emissão de debêntures, as 
doações e as subvenções para investimento não são mais 
reserva de capital, a partir da edição da Lei 11.638/2007. 
V. Verdadeira. Em conformidade com o art. 182, § 
3º da Lei nº 6.404/76. 
Gabarito: B 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 DESPESA 
 Do ponto de vista empresarial, despesa é o 
sacrifício patrimonial feito intencionalmente pelo empresário 
com o objetivo de gerar receita. Isso deve-se ao fato de as 
despesas não gerarem uma contrapartida, na forma de bens 
ou direitos, que se incorpore ao patrimônio. 
 O efeito da despesa sobre o patrimônio pode 
consistir na redução do ativo (despesa incorrida e paga) ou 
VARIAÇÃO DO PATRIMÔNIO: Despesa e Receita 
 
CURSO ON-LINE \u2013 CONTABILIDADE GERAL\u2013 TEORIA E EXERCÍCIOS 
AUDITOR FISCAL - ICMS - RJ 
PROFESSOR: OTÁVIO SOUZA 
 
Profº Otávio Souza       www.pontodosconcursos.com.br  página 37 de 79 
no aumento exigível (despesa incorrida e não paga). De uma 
forma ou de outra, a despesa reduz a situação líquida. 
 Vejamos algumas despesas: 
 
 Despesa de Aluguel 
 Se a empresa adquire um imóvel à vista, a 
operação não é registrada como despesa, pois o valor pago 
tem como contrapartida um bem, o imóvel, que se incorpora 
ao patrimônio. Nesta hipótese, há uma permuta. O 
patrimônio é aumentado pela entrada do imóvel e, 
simultaneamente, diminuído pela redução do caixa, em razão 
do pagamento: 
 
Imóvel Caixa 
 
Nesse caso temos o lançamento: 
D \u2013 Imóveis 
C \u2013 Caixa 
Se a compra for a prazo, o aumento do ativo, em 
razão do ingresso do imóvel no patrimônio, será compensado 
pelo aumento do passivo exigível: 
Imóvel 
 
 
 Contas a pagar 
 Lançamento: 
 D \u2013 Imóveis 
 C \u2013 Contas a pagar 
 
 Já o gasto com locação de um imóvel é despesa, 
porque reduz a situação líquida. O valor pago pelo aluguel 
não tem como contrapartida um bem ou direito que se 
PATRIMÔNIO 
PATRIMÔNIO 
CURSO ON-LINE \u2013 CONTABILIDADE GERAL\u2013 TEORIA E EXERCÍCIOS 
AUDITOR FISCAL - ICMS - RJ 
PROFESSOR: OTÁVIO SOUZA 
 
Profº Otávio Souza       www.pontodosconcursos.com.br  página 38 de 79 
incorpore ao patrimônio da empresa. Nesse caso, o fato é 
diminutivo. 
 
Caixa 
 
 Como não houve compensação para a redução do 
ativo (saída do caixa), ocorreu a diminuição da situação 
líquida, decorrente da despesa de aluguel. 
 Lançamento: 
 D \u2013 Despesa de aluguel 
 C \u2013 Caixa 
 
 Se o aluguel não for pago no período ao qual 
pertence, ainda haverá o registro da despesa, em 
atendimento ao princípio da competência, de acordo com o 
qual a despesa deve ser registrada no período em que ocorre, 
independentemente de ter sido paga. Nesse caso haverá 
aumento do passivo exigível. 
 
 
 Aluguéis a pagar 
 
Exemplificando, consideremos que o aluguel de 
dezembro do ano 1 só tenha sido pago em janeiro do 
ano 2. O lançamento efetuado no ano 1 seria: 
 D \u2013 Despesa de Aluguel 
 C \u2013 Aluguéis a pagar 
 A conta aluguéis a pagar é do passivo exigível e 
tem a função de registrar a dívida decorrente do não 
pagamento do aluguel. Essa obrigação existirá até que haja o 
pagamento. Já a conta Despesas de Aluguel tem a função de 
registrar a redução patrimonial provocada pelo aluguel. Seja 
o aluguel pago ou não, esta conta deve ser debitada no 
período em que a despesa ocorre. 
PATRIMÔNIO 
PATRIMÔNIO 
CURSO ON-LINE \u2013 CONTABILIDADE GERAL\u2013